WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Complexo Intermodal’

DANDO NOME AOS BOIS NO COMPLEXO LOGÍSTICO PORTO SUL

Desde o início da formatação do Complexo Logístico, que viria a ser denominado popularmente PORTO SUL.

Duas instituições (ONGs) se posicionaram frontalmente conta o Projeto. A Ação Ilhéus, depois transformada (sic) em Instituto Nossa Ilhéus, comandada pela sua Presidenta Maria do Socorro Mendonça, e a Floresta Viva, pelo seu presidente Ruy Rocha.

Hoje eles fazem parte do Condema, e junto com alguns rotundos integrantes, não fazem mais abertas oposições ao empreendimento.

Aproveitando da aparente trégua, o staff da Prefeitura de Ilhéus, fazendo ‘cara de paisagem’, tenta pongar no empreendimento, que nem de perto ou de longe, passa pela esfera municipal.

Passeata Vem Porto Sul será realizada nesta sexta-feira

 

HUB LOGÍSTICO – COMPLEXO INTERMODAL COMPLETA MAIS UM CICLO. ===>>> 09-03-2016

Conforme foi planejado, o Hub Logístico, composto de Porto, Aeroporto, Rodovias e Ferrovia, uma PPP inicialmente, clique aqui. Começa a ser definitivamente desenhada a solução.

A visita do Governador Rui Costa à China, já era esperada e agendada  faz tempo. O que eles trataram e tratam, é a parceria privada esperada.

Outros capítulos virão…

complexo_porto_sul

JUNTOS E MISTURADOS, SEMPRE CONTRA ILHÉUS!

Esta historia mal arrumada da saída do pessoal que compunham a Associação Ação Ilhéus, para fundar o Instituto Nossa Ilhéus, nunca me desceu pela garganta, tenho muita quilometragem.

Todos eles continuam arrumadinhos por baixo dos panos, tanto Ação Ilhéus, Instituto Nossa Ilhéus, Rede Sul-Bahia Sustentável, Instituto Floresta Viva, e uma serie de ONGs ‘ambientalistas’ que florescem e vicejam em nossa região.

Hoje mesmo embarcaram, juntos, para Brasilia, Maria do Socorro Mendonça (INI) e Rui Rocha (IFV). Foram fazer o que?

Mais uma artimanha contra o Complexo Intermodal?ruieaministra

Nesta foto, Rui Rocha entrega à Ministra do Meio Ambiente, uma lista comprovadamente fajuta, emprenhada de entidades fantasmas ou que não autorizaram a sua inclusão. Uma vergonha.

Clique aqui, para saber mais detalhes dessa escabrosa artimanha.

A SOCIEDADE PRECISA VOLTAR A SE MOBILIZAR PELO COMPLEXO INTERMODAL E O PORTO SUL.

Veja álbum completo da caminhada, clicando aqui.

O COMPLEXO INTERMODAL, OS PREFEITURÁVEIS, E AS DEFINIÇÕES!

Nós do blog O Sarrafo, já sabemos claramente qual a posição dos Prefeituráveis em relação ao Complexo Intermodal, falta os eleitores que ainda estão menos informados, saberem quais são essas posições.

Jabes Ribeiro, desde o primeiro momento posicionou-se favoravelmente ao investimento.

Carmelita, até hoje está em cima do muro. E agora mais ainda, pois para falar de Complexo Intermodal, vai ter que falar no esforço e ações desenvolvidas pelo Governador Jaques Wagner, e isso ela está proibida de fazer.

Jorge Luiz era contra, não sei se agora vai mudar de opinião. 

Então caro internauta, quem falar de empregos sem passar por esse vetor de desenvolvimento, está mentindo, está querendo te enganar.

BAIXARAM A BOLA MUITO DEPRESSA.

As ONGs Instituto Floresta Viva e a Associação Ação Ilhéus, baixaram a bola muito depressa, saíram debaixo dos holofotes do embate direto contra o Complexo Intermodal.

Será que houve traquinagens financeiras em ambas?

Vamos investigar e publicar, doa a quem doer.

AUDIÊNCIA PÚBLICA PROJETO PORTO SUL

Como cidadão ilheense, listo a seguir alguns pontos que, no meu entendimento, acredito devam ser avaliados e levados em consideração por ocasião da Audiência Pública que será realizada no dia 29 de outubro, às 14 horas, no Centro de Convenções de Ilhéus:

01 – O Porto Sul é uma necessidade para a logística nacional e para o desenvolvimento do nosso país, e quer queiramos ou não, mais cedo ou mais tarde, mais prá lá ou mais prá cá, ele será construído;

02 – O Porto Sul provocará impactos ambientais e disto não há a menor dúvida;

03 – Partindo das premissas acima enunciadas, resta-nos conhecer bem o Projeto, suas vantagens e desvantagens, assim como os seus aspectos e impactos ambientais e procurar lutar para que sejam estabelecidas condicionantes e compensações ambientais e sociais que eliminem/minimizem os impactos adversos que ele inexoravelmente causará;

04 – Ficar “frontalmente contra” o Projeto Porto Sul ou dizer “amém” a tudo o que a BAMIN quer, são posições extremadas e simplórias que não levam a nada.

05 – O foco da BAMIN e de seus parceiros internacionais é construir e operar o Porto Sul no menor espaço de tempo e com os menores custos possíveis. O nosso foco, enquanto sociedade organizada, deve ser no sentido de que o Porto Sul gere o maior número de empregos e traga desenvolvimento para a nossa região, tudo isto provocando os menores danos ambientais e sociais possíveis.

06 – O papel dos Governos, municipal, estadual e federal deve ser o de mediar os conflitos entre aqueles que defendem o meio ambiente da nossa Região, e a BAMIN, sem assumir um dos lados, mas analisando com isenção tanto os aspectos econômico-financeiros do empreendimento, como os impactos ambientais e sociais que este importante Projeto poderá causar.

07 – Só assim poderemos pensar em ter desenvolvimento sustentável, definido no Relatório Nosso Futuro Comum (1987), Comissão Mundial para Meio Ambiente e Desenvolvimento, como: “a satisfação das necessidades do presente, sem comprometer a capacidade das futuras gerações de satisfazerem as suas próprias necessidades”.

08 – E para finalizar gostaríamos de evidenciar que na sua Política de Sustentabilidade a BAMIN, entre outros, declarou alguns princípios que temos que exigir que ela observe com rigor quando da construção e operação do Complexo Intermodal Porto Sul, são eles:

          – incentivar o desenvolvimento das comunidades vizinhas e prestadores de serviços de modo a promover o desenvolvimento econômico e social da região;

         – praticar a RESPONSABILIDADE SOCIAL com foco nas comunidades onde atua;

         – atender à legislação e normas aplicáveis ao meio ambiente, saúde e segurança.

 

Ilhéus – BA, 24 de outubro de 2011

Carlos da Silva Mascarenhas

Ilhéense, Economista e Auditor de Sistemas de Gestão Ambiental

O SARRAFO VAI PUBLICAR OS NOMES DE TODOS OS ‘MORADORES’ DE ILHÉUS, ENVOLVIDOS NESSA PATIFARIA.

Quarta, 12 de Outubro de 2011 – 07:44

Porto Sul: ataques contra projeto levantam suspeitas

 Fonte: Bahia Notícias.
Após a visita dos secretários da Casa Civil, Eva Chiavon, e da Indústria Naval e Portuária, Carlos Costa, a Ilhéus para apresentar o projeto do Porto Sul a políticos e empresários locais, cresceram as especulações de que pessoas e grupos que se posicionam contra o projeto sob a alegação de defesa do meio ambiente estariam, na verdade, agindo a serviço de outros interesses. O governador Jaques Wagner (PT) já deu a entender isso algumas vezes. Agora, segundo a coluna Tempo Presente, do jornal A tarde desta quarta-feira (12), a repercussão da notícia na imprensa nacional provaria que ele tem razão. A coluna levanta suspeitas sobre matérias veiculadas no Radar Online, da revista Veja, e no jornal O Estado de São Paulo, atribuídas a uma rede de ONGs intitulada “Sul da Bahia Justo e Sustentável”, que aponta os impactos negativos da proposta e promete protestos contra sua implantação. Curiosamente, segundo a coluna Tempo Presente, nada foi divulgado pela imprensa de Ilhéus, o que poderia sugerir que “quem está agindo em nome da preservação cá está lá no Sul, não o da Bahia, mas do País”, diz o texto. No site da rede de ONGs, é preciso registrar email, cadastrar senha e ainda construir um perfil para acessar os conteúdos.

PORTO SUL SERÁ APRESENTADO EM ILHÉUS.

Ilustração do Porto Sul

Na próxima segunda-feira (10), o Governo da Bahia promove, em Ilhéus, uma apresentação para a imprensa do projeto e Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) do Porto Sul. O evento começará às 9 horas, no Plenário da Câmara Municipal, e contará com as presenças da secretária da Casa Civil, Eva Chiavon, o secretário da Indústria Naval e Portuária, Carlos Costa, e o presidente da Bahia Mineração, José Francisco Viveiros.

Até agora, 18 reuniões para apresentação do projeto e do RIMA foram feitas com comunidades da região de abrangência do projeto. A audiência pública, convocada pelo IBAMA, será em 29 de outubro, em Ilhéus.

O Complexo Porto Sul é um empreendimento que vai integrar o sul da Bahia e o Brasil a um novo eixo de desenvolvimento sustentável, estimulando o turismo, gerando empregos, negócios e ativos ambientais para toda a região. Com a implantação do novo porto baiano, novas atividades estarão sendo desenvolvidas na região, a exemplo de melhorias na infra-estrutura da malha rodoviária e acessos ao Porto Sul.

A região também receberá investimentos em energia, água, saúde, saneamento básico, educação e cultura. Além disso, surgirão novas áreas de serviços ligadas à atividade portuária  e haverá multiplicação de atividades econômicas. As estimativas indicam que, com o funcionamento do Porto, a arrecadação de ICMS em Ilhéus saltará para R$ 50 milhões anuais, cinco vezes mais do que os R$ 10 milhões atuais.

Na construção serão gerados 2 mil empregos diretos e indiretos. No total, a operação significará 27 mil postos de trabalho diretos e indiretos nas regiões do entorno do Porto Sul. O empreendimento tem investimentos do governo estadual, União, através do PAC e da iniciativa privada, na ordem de R$ 2,6 bilhões.

BABANDO DE RAIVA.

Dunga, babando de raiva e frustração.

Qualquer noticiazinha que aparece, e é menos favorável ao desenvolvimento de Ilhéus, os seus inimigos ficam babando de raiva e frustração, e fazem o maior foguetório.

Que coisa pequena!

O COMPLEXO INTERMODAL E O PORTO SUL, VEM AÍ.

Para aqueles que não acreditam, ou os que são deliberadamente contra, movimentações de bastidores podem dar uma idéia mais precisa.

A  Natura – Ind. de Cosméticos, antes uma ferrenha opositora, hoje está fora deste contexto e já procura se aproximar da Prefeitura Municipal de Ilhéus.

Os empresários enxergam antes dos lúdicos.

VICE DA BAMIN PARTICIPA DE AUDIÊNCIA NA ASSEMBLÉIA.

Comissão do Porto Sul na Assembléia Legislativa da Bahia.

O vice-presidente executivo da Bahia Mineração, Clovis Torres, voltou à Assembléia Legislativa para informar os deputados sobre o andamento do projeto Pedra de Ferro, que produzirá 19,5 milhões de toneladas por ano na cidade de Caetité, sudoeste da Bahia, e exportará essa produção por um terminal privativo em Ilhéus, sul do Estado.

Torres participou de audiência na Comissão Especial do Complexo Intermodal Porto Sul, que é presidida pela deputada Ivana Bastos (PMDB). A sessão contou também com as presenças dos parlamentares Ângela Sousa (PSC), Augusto Castro (PSDB), Maria Del Carmen (PT) e do líder do governo,  Zé Neto (PT).

Torres abordou os investimentos de US$ 1,8 bilhão na implantação da mina e da unidade de beneficiamento de minério de ferro em Caetité, assim como do terminal marítimo em Ilhéus.  Também comentou sobre a iniciativa de capacitar mão-de-obra na região, com o programa Mina de Talentos. A ideia, segundo o vice-presidente, é formar trabalhadores para que pelo menos 60% do pessoal que atuará no  Pedra de Ferro seja residente nas próprias regiões onde o empreendimento será implantado.

“É uma empresa que chega com um novo conceito, com responsabilidade social e ambiental, e que certamente contribuirá de modo significativo para o desenvolvimento de nosso Estado”, declarou durante a audiência a deputada Ângela. A presidente da Comissão, Ivana Braga, citou a estrutura de captação de água industrial instalada pela Bahia Mineração na região de Malhada.  “O projeto foi aproveitado pela Codevasf para  implementar um sistema de suprimento de água para a população daquela região, que sofre com a escassez desse recurso”, observou a peemedebista.

O projeto Porto Sul, do qual a Bamin é a empresa-âncora, também foi saudado pelo líder Zé Neto como uma importante ação do Governo da Bahia. “É um projeto estratégico para o nosso Estado e que, se não fosse a parceria com a Bamin, não poderia ser viabilizado”, enfatizou.

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia