WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Blogosfera’

A Personalidade do ano

A Personalidade do ano

Jair Messias Bolsonaro foi apontado como Personalidade do Ano de 2021 pelos leitores da revista “Time”. Numa votação que contou com a participação de mais de 9 milhões de pessoas, Bolsonaro ultrapassou a marca dos 24% dos votos e foi escolhido como o líder que influenciou os acontecimentos mundiais no ano que ora se finda. O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ficou com 9% na pesquisa popular de caráter universal. Por sua vez, os profissionais da saúde que atuaram na linha de frente combatendo a pandemia formatada em Wuhan, na China, ficaram em 3º lugar com 6,3% dos votos.

A lista de candidatos indicados para a distinção incluía, entre outros, os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e o da China, Xi Xinping, e os primeiros-ministros da Índia, Narendra Modi, e da Nova Zelândia, Jacinda Ardern.

Abro parêntesis: a “Time”, editada em New York, é considerada uma das maiores revistas semanais do planeta. Além da edição americana, circula a “Time European”, a “Time Asiática”, a Canadense e a edição da América Latina. Com 26 milhões de leitores, 60% dos quais norte-americanos, a “Time” é hoje a revista noticiosa de maior circulação no mundo.

Fundada em 1923, ela está a caminho de completar um século. No entanto, foi só a partir de 1927 que a revista alavancou de vez, quando o seu lendário editor-chefe, Henry Luce, inventou a nomeação da “Person of The Year”, tornando-a uma publicação obrigatória.

Só para ilustrar, entre as “personalidades do ano” eleitas pela revista citam-se, entre outras, figuras como Albert Einstein, Churchill, Stalin, Hitler, De Gaulle, Mikhail Gorbachov, John Kennedy e Bill Clinton. No Brasil, além de Getúlio Vargas, foram distinguidos, por exemplo, Oswaldo Aranha e Juscelino Kubitschek.

O atual editor-chefe da “Time”, Edward Felsenthal, notório globalista de primeira linha, teve de se curvar ante a escolha dos milhões de votantes. Mas é provável que o “petit comitê” editorial da revista pense diferente dos votantes. Assim, ao noticiar a vitória de Bolsonaro, o site da revista tergiversa e adianta que o presidente brasileiro é um “líder polêmico”, que enfrenta “desaprovação crescente” sobre a maneira como lida com a pandemia e a gestão econômica. Na mesma linha, “Time” discorre sobre as “investigações que o STF promove para apurar a conduta de Bolsonaro” com relação a fake news em torno do uso da vacina contra o covid-19. “Time”, todavia, não menciona que o Supremo, politizado no seu ativismo judicial, encaminha 1 processo de investigação contra Bolsonaro por semana, cerca de 4 processos por mês, totalizando, até agora, mais de 120 ações judiciais.

(De fato, como é perceptível, a sistemática abertura de inquéritos investigativos contra Bolsonaro, faz parte da virulenta estratégia política /ideológica traçada pela oposição das esquerdas que objetiva não apenas impedi-lo de governar, mas, sobretudo, inviabilizar sua reeleição no pleito que se aproxima).

Mesmo assim, em que pese o intenso bombardeio oposisionista, o governo Bolsonaro segue em frente. Recentemente, enfrentando todo tipo de dificuldade, conseguiu aprovar a indicação do evangélico André Mendonça para integrar o adverso STF; além de ter validado no Congresso o Marco Regulatório do Saneamento. Ademais, obteve a aprovação da problemática PEC dos precatórios que possibilitou ao ministro Paulo Guedes ampliar para R$ 415,00 o Auxílio Brasil destinado a população carente. Melhor: conseguiu, por maioria esmagadora, a aprovação da almejada prisão em 2ª Instância na CCJ do Congresso. Na mesma linha, obteve no STF a suspensão do julgamento sobre a demissão dos não vacinados – e, melhor ainda, garantiu a presença de especialista do Exército na verificação final dos testes de segurança das questionadas urnas eletrônicas.

Já no plano econômico, o País deve chegar ao equilíbrio orçamentário pela primeira vez em 8 anos. De certo modo, tudo graças a uma bem sucedida política de privatização que arrola rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, retirando das mãos sujas do Estado Patrimonialista o poder de parasitar no cangote da nação.

No Agronegócio, o Brasil consolida de vez sua condição de Celeiro do Mundo, com a exportação de toneladas de grãos que abastece de soja, milho, arroz, feijão, trigo, farelo de algodão etc. atingindo em 2021 um montante de R$ 110,900 bilhões, a consolidar um crescimento de 9,37% em 2021. Aqui, vale informar que o Brasil, na tarefa ingente de alimentar mais de 1 bilhão pessoas, ajuda a aplacar a fome planetária!

No combate ao desemprego crescente em todo mundo a partir da crise econômica detonada pela pandemia chinesa, o IBGE assinala que o País registrou o crescimento de mais de 2,9 milhões de novos empregos com carteira assinada, a partir de 324 mil novos empregos formais registrados em novembro passado.

Como a mídia amestrada esconde tal índice de queda de desemprego, é natural que a DataFolha – conhecida intramuros como DataFoice e Martelo – anuncie semanalmente, nas suas pesquisas de intenções de votos, a vitória de Lula já no primeiro turno, nas eleições presidenciais de 2022, adotando comportamento idêntico ao assumindo nas eleições de 2018, quando registrava vitória folgada do “poste” de Lula para presidente.

O fato concreto, no plano instável das pesquisas eleitorais, é que o Instituto Brasmarket apontou, no Diário do Poder, Jair Bolsonaro como o favorito para vencer em 2022. O atual presidente liderava as pesquisas de intenções com 34,8% contra 19% do ex-presidiário Lula.

De minha parte, concordo com os leitores da “Time” e acredito plenamente nas palavras de Bolsonaro pronunciadas online na recente Cúpula da Democracia que reuniu líderes de 100 paises. Ele disse: “Esta é uma oportunidade para renovar, no mais alto nível, nosso compromisso comum em defesa da democracia, o combate a corrupção e a proteção dos diretos humanos e das liberdades fundamentais”.

“O nosso governo trabalha com determinação para forjar uma cultura de diálogo, liberdade e inclusão social. Estamos empenhados em assegurar as liberdades de pensamento, associação e expressão, inclusive na internet, algo fundamental para o bom funcionamento de uma democracia saudável”.

Bem, são compromissos assim assumidos, pronunciados alto e bom som, que não apenas justificam para os votantes da “Time” a escolha da Personalidade do Ano de 2021, mas que legitimam – hoje mais que nunca – o próprio sentido da vida.

Deus o tenha!

 

PS – Em tempo: quem escolheu Bolsonaro Personalidade do Ano 2021, foram os leitores da “Time” .

E quem nomeou o controverso Elon Musk foi o petite comitê que forma o conselho editorial da revista, que, de resto traiu os votantes.

Cobrança por bagagem virou ‘passagem da mala’

COLUNA CH/4 DE JANEIRO

04/01/2022 0:00 | Atualizado 03/01/2022 20:53

O que se paga pela mala não é mais “taxa extra” e nem muito menos tem valor fixo. Agora vigora uma vigarice denominada “passagem da mala”, com direito até a “tarifa dinâmica”

Liberdade de explorar

A obediente Anac lavou as mãos e instituiu a liberdade de exploração das empresas, para definir as tarifas de pessoas e malas.

Quase uma passagem

Levantamento Melhores Destinos no 2º semestre de 2021 mostra que o preço varia de R$40 a R$120 na Azul e de R$60 a R$ 120 na Gol.

Confusão vira lucro

A Latam tem as regras mais confusas e acaba cobrando mais caro. Vai de R$75 a R$175 dependendo da antecedência e do canal de compra.

Para que simplificar

A Latam ainda tem bagagem até 15kg cobrada avulsa, a ser entregue no balcão ou haverá cobrança extra. O preço é uma surpresa na hora.

Apesar de ter vacinas e a imprensa ao seu lado, o governo de Joe Biden mostra que o grande culpado sempre foi o vírus

Covid: Biden passa Trump no número de mortes

Presidente americano, Joe Biden ainda não completou um ano no cargo, mas já ultrapassou o número de mortes por covid durante o governo Donald Trump (424.791), segundo o Worldometer. Críticas ao enfrentamento da pandemia foram o maior trunfo para derrotar Trump nas eleições, mas, apesar de ter vacinas e a imprensa ao seu lado, o governo do democrata mostra que o grande culpado sempre foi o vírus.

Decisão fundamental

Trump retirou burocracia e acelerou a criação das vacinas, mas não se beneficiou. Ficaram prontas no último mês de governo, após a eleição.

Média parecida

A média de mortes por covid durante o governo de Trump foi de 1.303. Mesmo com ajuda de vacinas, a média de Biden é bem próxima: 1.214.

Perspectiva

No Brasil, o enfrentamento da pandemia deve ser a grande aposta dos adversários de Jair Bolsonaro, cuja média diária de mortes é de 959.

Poder sem Pudor

Profissão: genro

O governador Plácido Castelo perfilou o secretariado no aeroporto, ao receber o marechal Castello Branco na primeira visita a Fortaleza após o golpe de 64. Castello parou diante do chefe da Casa Civil, de 21 anos: – Você é muito jovem. E a sua profissão? – Jornalista. – …muito jovem, muito jovem… – balbuciou o presidente, impressionado. – …e genro, presidente!… – completou o secretário, esclarecedor. Castelo Branco deu uma sonora gargalhada. Estava diante de Dário Macedo, jornalista que depois faria uma carreira de sucesso em Brasília.

Nó nas tripas

Os sintomas do presidente Jair Bolsonaro, ao ser hospitalizado, confundem-se com o popular nó nas tripas, obstrução intestinal, que impede a passagem de conteúdo e até do fluxo sanguíneo para o local.

Dentista no caminho

Teve gente imaginando ligação da obstrução intestinal de Bolsonaro com a ida dele ao Serviço Médico do Planalto, há duas semanas. Lorota. Em 16 de dezembro, ele apenas foi ao dentista.

Muito ódio no coração

Ativista do gabinete do ódio em que se transformou o Twitter, o ator José Abreu afirmou nesta segunda-feira (3) que sentiu prazer quando soube que Bolsonaro passava mal.

Justiça é cega

Com o presidente Jair Bolsonaro internado, ataques e desejos de morte levaram o deputado Marco Feliciano a indagar se o STF vai agir contra donos dos perfis. “Ou só é crime quando atacam vossas excelências?”

Frase do dia

É a segunda internação com os mesmos sintomas

Presidente Jair Bolsonaro ao comentar as consequências da facada recebida em 2018

Progresso aguardado

A Ponte do Xambioá, sobre o Rio Araguaia ligando o Pará e Tocantins, será uma grande obra entregue em 2022, diz o ministro Tarcísio Freitas (Infraestrutura). “Libertar a população de mais uma travessia por balsa”.

Quase racismo

O aeroporto de Brasília há anos trata mal quem paga caras passagens caras para o Nordeste, fazendo-os embarcar em locais remotos da pista, conduzindo-os em ônibus lotados. A prioridade para finger (ponte de embarque) é dos passageiros com destino ao Sudeste e Sul.

Balanço do ano

O governador do DF, Ibaneis Rocha, comemorou os investimentos de R$3,5 bilhões ao longo do ano de 2021, que foram transformados em 1,4 mil obras no DF entre unidades de saúde, escolas e infraestrutura.

Mantra

A deputada Janaina Paschoal acha no mínimo “curioso” o momento atual e tratar a vacinação como única salvação. “Pessoas vacinadas, com todas as doses, pegam covid e recomendam a vacinação”, disse.

Pensando bem…

… 2022 começou bem… bem parecido com 2021.

PROJETO PRESIDENTE QUE FAZ

http://presidentequefaz.com.br/

RECORTE DA COLUNA O CARRASCO – JORNAL A TARDE

https://atarde.uol.com.br/ocarrasco/noticias/2197498-o-carrasco-premium

Agência Brasil é finalista de prêmio para imprensa em economia

Votação se encerra em 28 de outubro

Publicado em 15/10/2021 – 21:55 Por EBC – Brasília

Acessibilidade no site da Agência Brasil. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Agência Brasil é finalista do Prêmio +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças, na categoria “Agência de Notícias”. O veículo da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) concorre com mais seis participantes, que serão escolhidos como TOP 3 da categoria. A votação on line está aberta ao público até 28 de outubro. Para votar, clique aqui.

Para a gerente executiva da Agência Brasil, Juliana Andrade, a indicação, além de ser um reconhecimento do trabalho desempenhado, mostra que a Agência Brasil está no caminho certo ao fazer um jornalismo sério e comprometido: “A cobertura de Economia é um dos destaques do nosso noticiário e uma das prioridades é levar aos cidadãos as informações que terão impacto no seu dia a dia, de uma forma clara e simplificada. É um trabalho conjunto, que envolve repórteres, editores e fotógrafos.”

A Agência Brasil produz diariamente conteúdo de interesse público, com precisão e clareza. Além dos sites e jornais pequenos, a Agência Brasil é fonte de referência e confiança para grandes veículos de comunicação do país. Muitos acessam e republicam, gratuitamente, o conteúdo produzido pela Agência. De janeiro a agosto, as matérias da Agência Brasil republicadas em outros sites alcançaram 83.659.112 visitas.

Em sua sexta edição, o prêmio indicou 139 jornalistas (82 mulheres e 57 homens) e 56 veículos de imprensa e programas. Outro conteúdo da EBC indicado ao Prêmio +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças foi o programa Cenário Econômico, na categoria Programa de TV. O Cenário Econômico foi ao ar de 2017 a março de 2020 e tem cinco concorrentes, na premiação.

Como votar

Qualquer pessoa pode participar da votação. Para isso, basta fazer um breve cadastro no site https://pesquisa.portaldosjornalistas.com.br.

A seguir, o interessado deve escolher a categoria desejada e selecionar até cinco profissionais, veículos ou programas concorrentes na ordem preferida. Caso não queira avaliar as opções de todas as categorias, é só apertar o botão “próximo” até aparecer a alternativa “concluir” e terminar a votação. A votação se encerra em 28 de outubro. 

Sobre o prêmio

O Prêmio +Admirados da Imprensa de Economia, Negócios e Finanças é promovido pelo Jornalistas&Cia e Portal dos Jornalistas com patrocínio de BTG, Captalys, Deloitte, Gerdau e Telefônica|Vivo, apoio de divulgação do I´MAX e apoio institucional do IBRI.

A eleição, que neste ano tem como principal novidade a criação de categorias regionais, apontará os jornalistas e publicações especializadas +Admiradas em 14 categorias: Agência de Notícias, Canal Digital, Podcast, Programa de TV, Programa de Rádio, Site/Blog, Veículo Impresso, Veículo Impresso Especializado, Jornalistas Nacional (TOP 50) e Jornalistas Regional (Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste e Sul).

A cerimônia de premiação será em 30 de novembro. O evento terá formato híbrido, com almoço presencial no Hotel Renaissance, em São Paulo, e transmissão ao vivo no canal do Portal dos Jornalistas, no Youtube.

 

MALHA FINA DO JORNAL A REGIÃO

2.Outubro.2021

Amiguinho dos bandidos

O secretário de (In)segurança da Bahia, Mandarino, parece viver na lua. Ele diz que não vai adotar “uma política de confronto” com os bandidos e comemorou a redução de 33% nas mortes de bandidos por policiais. A dúvida é se ele defende milicianos ou traficantes…

Antecessor era alugado

Não seria novidade. O antecessor, Maurício Barbosa, saiu depois de indiciado por vender serviços para bandidos. Era homem de estrita confiança de Jaques Wagner, que o nomeou, e de Rui Costa, que o manteve. Depois de 16 anos, a Bahia lidera em homicídios no país.

Educação afogada

A falta de escola pode afetar até sua luta por melhores condições de trabalho. Uma faixa dos salva-vidas de Ilhéus denunciava o “maior risco de salvamento aquático”. Ou seja, o risco de alguém ser salvo por eles. A gente acha que não era bem isso que queriam denunciar…

O arrocho de Augusto

augusto castroOs empresários de Itabuna estão retados com o prefeito Augusto Castro. Eleito em cima de uma plataforma de “nova maneira de governar”, de “ouvir os segmentos da sociedade” e “facilitar a atração de empresas”, o prefeito aumentou o ISS de 10 segmentos em 50% sem ouvir ninguém.

Nova velha política

Pior. Na quinta-feira se comprometeu a não sancionar a lei que aumenta os impostos até conversar com os empresários na segunda-feira. Era enganação, Na sexta-feira a lei já estava não só sancionada como publicada no Diário Oficial. Se essa é a “nova maneira de governar”…

Arrochando quem paga

Alguns empresários defendem que, ao invés de aumentar o imposto de quem já paga, o prefeito deveria cobrar de quem sonega. “Já experimentou pedir nota fiscal para um médico ou um dentista? Nunca dão, ou seja, não pagam imposto. Devia ir atrás deles”, diz um lojista.

Ruim só para o PT

As conversas dentro do PP indicam a aprovação da filiação do presidente Jair Bolsonaro ao partido. Se acontecer, tem tudo para balançar a eleição na Bahia. Por um lado, facilita uma chapa de João Leão com o ministro João Roma. Por outro, faz o PP se dividir em 2022.

Inimigo da cultura

É muita incompetência do Estado e descaso com Itabuna que o Centro de Cultura Adonias Filho esteja fechado há 5 anos, desde 2016. O tiranete da Bahia, Rui B. não pode nem culpar a pandemia pelo desprezo à cultura em Itabuna. Teve 4 anos antes da Covid e não bateu um prego.

Salgando feridas abertas

O ex-prefeito de Salvador, que será o secretário-geral do União Brasil, novo partido formado pelo casamento do DEM com PSL, não teve dificuldade em eleger os temas de campanha: a segurança, a educação e o emprego na Bahia, fracassos retumbantes dos governos petistas.

Acabou o tempo deles

A farra dos servidores contratados como temporários em Itabuna acabou. Ela fez a festa de agregados e cabos eleitorais nas (indi)gestões de Capitão Azêdo e de Cuma. Tinha até especialista em informática que não sabia ligar um computador. Agora vão todos para a rua.

Farra para os amigos

Daqui a 60 dias a Prefeitura terá que demitir todos e contratar os que precisar substituir (a minoria que realmente trabalha) através de concurso público. Na época de Azêdo e Cuma, a folha chegou a ter 1.500 temporários custando R$ 2 milhões por mês. E a gente pagando…

Lábia bem calibrada

O prefeito Augusto Castro, que em 9 meses não tinha anunciado nenhum concurso, soube transformar a ordem do MP em mérito da Prefeitura. Ele soltou um press-release dizendo que a obrigação de fazer concurso “é mais um passo para a modernização da nossa gestão”.

Não dá para confiar

Quando a barragem do Rio Colônia foi anunciada, prometeram que com ela Itabuna nunca mais sofreria com falta de água nem enchentes. Quando inauguraram, repetiram a promessa. Aí vem a Emasa hoje e diz que o nível está baixo e podemos ficar de torneira seca.

Tara por emergências…

O que os prefeitos de Ilhéus Valderico Reis, Newton Lima e Marão têm em comum? Todos eles fecharam contratos milionários para a coleta de lixo sem licitação, alegando “emergência”. Marão conseguiu fazer dois, com o desta semana, que substitui o da CTA.

Emergência falsificada

O da CTA, que já tinha contrato para administrar a usina de asfalto, foi feito em cima de uma “situação de emergência” falsificada pelo prefeito Mário Alexandre depois que acabou o contrato da Solar. E quem diz isso é o procurador do município, PV Catarino, em parecer de 2019.

A culpa é do Vaticano

Nos corredores da Prefeitura, o comentário dos servidores é de que tudo foi orquestrado pelo Papa Bento, desde os atrasos de pagamento para sufocar a Solar e obrigá-la a “pedir pra sair”, até a falsa situação de emergência para fechar com a CTA. Será que passaram a sacolinha?

Muita grana pra dividir

Ilhéus pagava R$ 960 mil por mês à Solar, passou a pagar R$ 1,2 milhão à CTA e agora vai pagar R$ 2,6 milhões à FG Soluções Ambientais, de Lauro de Freitas. Lembra muito o esquema do lixo em Itabuna, que foi de R$ 670 mil a R$ 3,5 milhões com contratos sem licitação.

O nazismo à baiana

A Bahia aguarda o avanço da aplicação da segunda dose para passar a exigir o “passaporte da vacina”. Medida digna da estrela que Hitler obrigava os judeus a usar no peito para controlar onde podiam andar, o “passaporte” vai transformar parte da população em pária.

Sem senso nem sentido

Afronta às liberdades garantidas na Constituição, o “passaporte” também é inútil. Com mais de 80% da população vacinada (logo imune), não faz diferença se meia dúzia de pessoas num show não tomaram a vacina. Além disso, não será exigida nos ônibus lotados. Já em bar…

Petistas nada companheiros

O Ministro Tarcísio de Freitas, ao entregar mais uma duplicação de estradas federais na Bahia, lembrou quantos quilômetros tinham sido duplicados na Bahia pelos “cumpanhêros” de Wagner e Rui, Lula e Dilma: zero. E ainda enfiou o dedo na ferida da Itabuna/Ilhéus.

Desenrolando a promessa

Tarcisio anunciou que o trecho da BR-415 entre Barro Preto e Ilhéus, passando por Itabuna, vai ser duplicado e já publicou o edital para isso. Lembrou das promessa feitas pelo PT durante 16 anos: “Enrolaram a população por muito tempo, mas nós vamos fazer”.

Factoide não convenceu

Enquanto Bolsonaro toma as rédeas da duplicação, a licitação de Rui Costa para fazer uma “duplicação” de 18km – que não duplica os 32km atuais – fracassou de novo. Nenhuma empreiteira quer perder tempo com uma obra que elas não acreditam que será feita.

Raposa imitando cordeiro

O secretário-geral do PP, Jabes Ribeiro, soltou uma nuvem de fumaça para valorizar o passe de João Leão, declarando que ao partido só interessa ter ele como candidato a governador “na chapa da base aliada”. Seria sério se Jabes não fosse tão experiente na área.

Não há futuro com PT

Ele sabe que o PT só aceita Wagner para governador. Sabe que Wagner quer Otto para o senado (até o ex-detento Lula já anunciou essa chapa). Também sabe que a única maneira de Leão sair para o governo é fora da base aliada, talvez atraindo Otto para o senado.

A chapa Jão Jão

Jabes também conhece as outras portas que estão abertas. A de compor uma chapa “Jão Jão” com João Roma, um dos dois para o senado, tirando eleitores tanto de Neto quanto de Wagner e surfando na popularidade de Bolsonaro (a das ruas, não a das pesquisas malandras).

A chapa Neto de Leão

A outra opção é compor com ACM Neto, saindo na chapa dele para o Senado. Neto não tem nenhum nome entre os partidos que o apoiam com chance de se eleger para o Senado. Jabes sabe que, em política, nenhum acordo é descartado. Depende da necessidade.

GOVERNO MALÃO É RECONHECIDO PELO GOVERNADOR RUI COSTA. ===>>> 07/07/2021

Pelo menos na sua incapacidade de gerir o novo Hospital Materno Infantil, construído pelo Governo da Bahia.

Foto colhida no Blog do Gusmão

ILHÉUS:  MÉDICOS DECLARAM QUE NÃO QUEREM MAIS TRABALHAR  PARA O MUNICÍPIO.

Quinze médicos enviaram carta endereçada  ao Secretário de Saúde do Município solicitando que retirem seus nomes da lista de vários plantões de atendimento na cidade. Tal atitude, se dá em razão da falta de pagamentos pelos serviços prestados.

Agora, juntamente com o lixo, o  transporte, a medicina também dá sinais claros de que a cidade está desgovernada totalmente.

Isso deixa evidenciado, a falto de comando na  terra de São Jorge.

Enquanto essa baderna acontece, o prefeito sorrir, abraça todas as pessoas,  e pede votos para sua esposa como se nada estivesse acontecendo. O povo se lascando nas  filas dos hospitais, nas ruas cheia de lixo, nos ônibus lotados, nos distritos abandonados e o prefeito como sempre junto com sua equipe, alardeia que a cidade está a mil maravilhas.

Tudo isso é mais uma prova inequívoca do descompromisso da turma de Marâo, muita gente que nem mora na cidade, cabos eleitorais em outros municipios, e os que moram em Ilhéus, parte deles sem experiência alguma de gestão pública, além do descompromisso total com o dever de trabalhar por uma cidade melhor. Em síntese, o prefeito é um brincalhão e a sua turma não é uma equipe, e sim, um bando desordenado e que só está no governo por outros motivos.

Texto e Redação Luke Rei

Leiam a carta dos médicos abaixo..

À
Secretaria de Saúde do Município de Ilhéus
C/c ao Ministério Público do Estado da Bahia
Assunto: Exclusão da escala do regime de plantões dos serviços de urgência

Senhor Secretário,

Vimos, por meio deste instrumento, solicitar que os 15 nomes abaixo
assinados sejam retirados da escala de serviços de urgência do município de
Ilhéus, quais sejam, SAMU, Pronto atendimento, COVID, UPAs e PAS, a partir
do dia 01/10/2021.
Posicionamo-nos desta forma em decorrência dos atrasos constantes no
pagamento dos vencimentos desde julho do corrente ano, bem como pela falta
de previsão no pagamento das competências desde então.
A equipe médica é qualificada e comprometida com a boa prática da
medicina, no entanto o próprio sustento está sendo ameaçado diante do atual
quadro em que os profissionais encontram-se há aproximadamente 90 dias
corridos sem receber o seu respectivo pagamento e sem qualquer previsão
para tal, por parte do Poder Público Municipal. Salientamos que a ausência de
informação, vinda da coordenação e administração municipais, causa ainda
maior insegurança ao quadro já instável vivenciado pela classe médica
envolvida em tais atividades no município.
Esperamos que tais débitos atrasados sejam pagos aos profissionais
envolvidos e que assim, as atividades habituais possam retornar para garantir o
atendimento aos munícipes da cidade.
Destacamos não tratar-se de paralisação ou greve de profissionais de
saúde, mas tão somente da retirada de seus nomes da escala de serviços até
a regularização dos pagamentos, lembrando não haver entre o município e os
médicos qualquer vínculo formal ou contratual, que pudesse configurar tal
retirada de nomes da escala, como greve ou paralisação.
Assim, ratificamos que a equipe médica cumprirá somente a escala de
plantão ora existente, prevista para o mês de setembro de 2021, retornando,
caso seja do interesse deste município, com o pagamento dos vencimentos
atrasados aos profissionais envolvidos, que frisamos, trabalharam dignamente
DocuSign Envelope ID: F2E57D08-D0DA-4E7B-80E0-7EB91792E79B
e não foram remunerados pelos serviços prestados, tornado insustentável a
relação ora existente.
Em tempo, aguardamos um posicionamento da Secretaria de Saúde do
Município de Ilhéus, evitando maiores consequências aos munícipes e
resgatando o mínimo respeito à classe médica que tanto se dedica e trabalha
em prol da manutenção e melhora da saúde dos cidadãos de Ilhéus.
Ilhéus – BA, 24 de setembro de 2021.
Seguem as 15 assinaturas em ordem alfabética:


CÉSAR HENRIQUE SANTOS CAIRO


CLARA NASCIMENTO PASSOS SILVA


DAIANE DOS SANTOS SANTOS


DÉBORA ZOLET BONETA


FLAVIANE DA SILVA DO ESPÍRITO SANTO


GUILHERME MARTINS PEREIRA ALVES


LAYSE H N ALMEIDA


LUDMILLA PIRES VIEIRA


RAFAELA RODRIGUES DO NASCIMENTO


RAFAEL BARBOSA CARNEIRO


ROMERITO S. A. DUARTE


THAINAN LOPES SEARA


THIAGO BARROSO CASSAR DA SILVA


THOMAS FONTES VELOSO


VIVIANE CUNHA SOUSA

MALHA FINA DO JORNAL A REGIÃO


25.Setembro.2021

Delação do caos

Se Maria abrir a boca, vai ter uma multidão de políticos do sul da Bahia pedindo Socorro. Este é o resumo de quem conhece a desembargadora indiciada de perto e garante que ela negocia uma delação premiada que pode abalar a região.

O fim do mundo

Diz a lenda que um velhaco ex-prefeito pagou R$ 500 mil para ser liberado para concorrer em uma eleição onde estava impugnado. Se sair, a delação de Maria do Socorro pode colocar várias reputações na UTI e políticos conhecidos na cadeia.

No mato sem votos

O finado Gelado “vou assumir um cargo importante” Limões não sabe o que faz. Tem obrigação de sair candidato para mostrar liderança, mas sabe que não tem votos nem para vereador. O jeito será apoiar alguém esperando um carguinho adiante.

Novo fedendo a velho

acm netoAo dizer que pode “compor” com Fernando Gomes e Maria Alice, o presidente do DEM, ACM Neto, deu um tiro no pé de sua candidatura a governador. Exemplos do atraso e do pior da política de Itabuna, eles não combinam com “o novo”.

Aqui é Bolsonaro

ACM Neto pode se dar bem nas outras cidades, mas sendo oposição a Bolsonaro e se aliando a tipos como Cuma, vai terminar em segundo na cidade. Não dá para esquecer que Bolsonaro venceu a eleição entre os eleitores de Itabuna. E com boa folga.

O pulso das ruas

E o presidente continua em alta na cidade. No dia 7 de setembro, famílias inteiras pegaram o carro e formaram a maior carreata já vista em Itabuna, em defesa de Bolsonaro e da liberdade. Se João Roma for candidato com apoio dele, vence em Itabuna.

Ou vai ou racha

O novo mantra da turma de João Leão é de que ele tem que ser candidato a governador ou ao senado e não existe nenhum acordo fora disso. Considerando que o PT já decidiu por Wagner e Otto Aloprado, Leão vai ter que tomar outro rumo na vida.

Os caminhos do leão

Na verdade, existe um que pode implodir a candidatura de Wagner, que é Leão sair para governador com Otto para o senado, deixando o PT, se quiser, sair sozinho. Outro é entrar na romaria e formar a chapa Jão Jão com o ministro João Roma.

Factoide meio besta

Muita gente, do PT e do DEM, espalha que Roma não será candidato, que é só “uma provocação”. Esquecem que Bolsonaro precisa de palanque na Bahia. Se não tem com Neto nem com Wagner, vai entrar de cabeça na campanha de João Roma.

Pode pintar surpresa

Nessa história toda, o pessoal esquece da possibilidade de João Leáo sair ao senado na chapa de… Neto. Para quem não percebeu, o presidente nacional do PP diz que o DEM-PSL terá “mão amiga” em seu partido. Como uma mão lava a outra…

Ninguém bota fé

A segunda licitação do “puxadinho” que não duplica a BR-415, factoide de Rui B. para enganar trouxa, fracassou como a primeira. Aliás, pior. Nenhuma empresa se interessou. Elas simplesmente não acreditam que o Estado vai fazer a obra. Nem nós.

Só ilheense aceita isso

Imagine se na Praia de Copacabana alguém construísse um Forum. Ia ter uma revolução. Mas é o que o prefeito Marão está fazendo em Ilhéus, doando um terreno imenso, na praia, para o TJ construir um Forum ao lado do Centro de Convenções.

O cabo da rainha

O terreno tem 10 mil metros quadrados e vai tapar a visão da praia. Dizem as más línguas que outra doação vem ai, de área de tamanho igual, para um tal Junior construir uma “passarela do alcool”. Não é amigo do rei, mas é cabo eleitoral da rainha.

Santíssima trindade

bento 16A galera de Ilhéus adora apelidos. Dizem que a cidade é comandada pelo Papa Bento 17, um Arcebispo e um Bispo de confiança, já que Marão está mais preocupado com noites hedonistas que o chato trabalho burocrático. O problema é o desandar da missa.

Missa para os urubus

A santíssima trindade ilheense vem fazendo cagadas em série. A última foi não se planejar para o fim do contrato da coleta. Só quando a cidade já estava enterrada em lixo, fedendo a político ruim, correram para fazer uma nova licitação.

Procurando a vacina

Alguém sabe onde posso tomar a vacina Sputinik comprada pelo tiranete da Bahia Rui B.? Ah, é verdade, ele não comprou uma dose sequer, apesar de ter garantido aos baianos que receberia 6 milhões de doses em abril. Será que falava de 2022?

Não comprou uma

A compra das vacinas, na verdade, era só factoide político para alegar que o presidente Bolsonaro “não compra vacinas”. Só que cada uma das 19 milhões de doses aplicadas na Bahia foram compradas por Jair Bolsonaro. Nenhuma veio de Rui.

Pongando em Jair

Só para lembrar, nenhuma UTI contratada no estado foi paga por Rui Costa. Todas, sem exceção, inclusive dos hospitais de campanha, foram pagas pelo Governo Federal. Que também comprou os únicos respiradores recebidos pela Bahia. Os de Rui…

Merecia é cadeia

Rui Costa fez carnaval para anunciar a compra de respiradores e teve gente que acreditou. Pagou antecipado com nosso dinheiro, não recebeu nem teve devolução do pagamento. A compra foi feita em empresa que fabrica produtos de maconha e virou fumaça.

Viajando na maionese

Os bajuladores que cercam o prefeito de Ilhéus, Marão, ficam repetindo que a primeira dama “já está eleita”. Mas quem conhece do riscado e observa a trupe montada para a campanha se arrepia. Só tem gente de fora, que não conhece a cidade.

Vai ser outra “mainha”

A agenda da primeira dama, dizem, é comandada pelo irmão do Papa Bento 17. Ninguém conversa com líderes da cidade, onde a votação dela pode ser pequena. Parece que Marão não aprendeu nadinha com o vexame de “mainha” na última campanha.

Acumulando lixo

O prefeito de Ilhéus é um artista. Deixou terminar o contrato do lixo e agora pede para a população “reduzir a frequência em que coloca seus resíduos na porta”. Traduzindo: Marão quer que as pessoas guardem o lixo dentro de casa. Só se for na dele.

A Cézar o que é de Cézar

Numa outra crise do lixo, durante uma gestão de Antonio Olímpio, o lixo se acumulou nas ruas como acontece hoje, mas a população era mais retada. Um grupo de moradores juntou todo o lixo de sua rua e despejou na entrada da casa de AO.

Muito eleitor, pouco eleito

Se na época em que Augusto e Ângela foram candidatos não existissem coligações, Itabuna e Ilhéus não elegeriam nenhum deputado. No ano que vem, as eleições serão sem coligações e, pelo jeito, vamos ficar sem representantes de novo.

Depende de fora

Juntando todos os candidatos das duas cidades, não existe voto para eleger nem um deputado estadual. Mesmo as duas primeiras-damas são um tiro no escuro, que depende muito de ter voto fora daqui. Augusto tem um bom cacife, mas Marão…

Fogo de ex-amigo

O deputado Robinho (PP) é da base, mas virou o calo de Rui Costa e detona: “Rui criticou tanto Bolsonaro por manter Pazuello como interino e ele faz o mesmo com a secretaria da Saúde e mais três secretarias. Parece até que o governo já acabou”.

Petrobras lucra mais que maiores petroleiras do mundo

COLUNA CH/19 DE SETEMBRO

Petrobras lucra mais que maiores petroleiras do mundo

Sede da Petrobras, no Rio de Janeiro.. Foto: Pedro Teixeira/Agência Brasil

A política de aumento sucessivo nos preços dos combustíveis não atrapalha a Petrobras, que registrou receita líquida de US$8,3 bilhões (R$43 bilhões) no 2º trimestre de 2021. O resultado é o segundo maior do planeta, à frente até da maior petroleira do mundo, a PetroChina (US$8,2 bi). A estatal brasileira ganha da russa Gazprom (US$ 7 bi), da holandesa Shell (US$3,4 bilhões) e da inglesa BP (US$2,8 bi). Acionistas do mercado agradecem, já o cidadão brasileiro, o “maior acionista”…

Exceção

A única petroleira que lucrou mais que a Petrobras no 2º trimestre de 2021 foi a Saudi Aramco: US$ 25,5 bilhões.

‘Estatal’ é assim

A Aramco só conseguiu lucrar tanto após receber do governo saudita um presentaço: pacote de isenções e privilégios tributários.

Recorde histórico

O lucro bilionário da Petrobras entre os meses de abril e junho foi o melhor resultado da estatal em mais de 15 anos.

Líquido é grana

A receita líquida representa toda a renda da empresa, descontando-se todos os custos operacionais, de pessoal etc.

Para entrar em eventos, o participante deverá apresentar comprovante de vacinação. Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Covid: Brasil já vacinou 150 milhões de pessoas

A vacinação contra covid-19 acelerou ainda mais nos últimos dias e o Brasil vai superar esta semana a expressiva marca de 150 milhões de pessoas vacinadas, o que equivale a 94% do público-alvo estabelecido pelo Ministério da Saúde no Plano Nacional de Imunização (PNI). Outra ótima notícia para o país é que mais de 50% (80 milhões de brasileiros) estão imunizados por terem recebido a segunda dose ou a dose única.

Momento atual

A aceleração fica evidente comparando a média de doses aplicadas por dia: 1,7 milhão. Isso é mais que EUA e toda a União Europeia somados.

Quadro geral

No total, o PNI aplicou mais de 220 milhões de doses em sua população, sendo o quarto país que mais aplicou vacinas no planeta.

Causa e efeito

O primeiro reflexo foi na queda vertiginosa de casos e mortes no Brasil. As médias diárias atuais estão em 15 mil e 530, respectivamente.

Poder sem Pudor

Unidos só no desastre

O tucano José Serra sempre preferiu o “vôo solo”, o que o afasta até de correligionários. Em 1994, quando o PSDB ainda não havia escolhido o candidato ao governo paulista, ele aceitou carona no helicóptero de Mário Covas, com quem vivia às turras, entre Jaú e a capital. Após algum tempo de vôo, entraram em uma área de forte turbulência. O helicóptero sacudia muito e Serra, que tem medo de voar, agarrou a mão mais próxima. Era a de Covas. O deputado Aloysio Nunes Ferreira não perdeu a piada: – Só assim para estes dois se darem as mãos…

Portas se abrem

Além da redução expressiva no número de casos e de óbitos por covid, outro sinal do arrefecimento da pandemia aqui é o fim ou diminuição de restrições de vários países a viajantes do Brasil.

Sempre atrasados

A Comissão de Fiscalização Câmara promove audiência pública, na terça (21), sobre o 5G. Foi convidado o ministro Aroldo Cedraz, voto vencido no Tribunal de Contas da União, que aprovou o edital por 7×1.

Ciclo infinito

“É urgente que a Câmara vote a PEC 10/2013 e acabe com o foro”, disse o senador Eduardo Girão, para quem há um ciclo vicioso de impunidade com senadores julgados no STF e ministros “julgados” pelos senadores.

Protesto definido

Para tentar rivalizar com os atos do dia 7, PT, Psol, PCdoB, PDT, PSB, PV, Rede, SD e Cidadania combinaram manifestações contra o governo e pelo impeachment nos dias 2 de outubro e 15 de novembro.

Frase do dia

Não sei se vai ser pro resto da vida

Ex-presidente Michel Temer, sobre o ‘armistício’ entre o presidente Bolsonaro e o ministro do STF Alexandre de Moraes

A caminho

A Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico) tem sido tratada com carinho especial no Ministério da Infraestrutura. Começando por Goiás, serão R$ 2,7 bilhões investidos e previsão de 4,6 mil empregos diretos.

Conflito de interesses

Calou fundo a pergunta da deputada Janaina Paschoal sobre possíveis malefícios da vacinação de crianças. “Quais foram os estudos realizados, além daqueles apresentados pelas próprias empresas produtoras?”.

Brasileiro precisa ser estudado

Viralizou nos grupos de WhatsApp uma oferta de “Frango Bovino” a R$ 3,99 o kg. Enquanto uns brincaram sobre uma galinha que queria ser boi, outros disseram não se importar, queriam só comprar pelo preço baixo.

Pesadelo americano

As imagens de milhares de imigrantes ilegais no Texas rodaram o mundo mostrando o absurdo provocado pela política imigratória do governo Biden. Especialistas em imigração classificam a situação como caótica.

Pensando bem…

…quanto mais se discute “democracia”, menos significado parece ter.

Vídeos Relacionados


Operação cumpre mandados contra suspeitos de sonegação em Salvador e Ilhéus

Foto: Cláudia Cardozo / Bahia Notícias

Um grupo empresarial que atua no setor de comércio atacadista de materiais de construção suspeito de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro foi alvo da operação “Corações de Ferro”, deflagrada na manhã desta terça-feira (31). Estima-se que o grupo tenha sonegado cerca de R$ 11 milhões em impostos.

A operação cumpre dezoito mandados de busca e apreensão, sendo onze em Ilhéus e sete em Salvador. Além dos mandados, a Justiça determinou ainda o bloqueio dos bens do grupo empresarial e de seus sócios, ocultos e ostensivos, para garantir a recuperação dos valores sonegados. Segundo a investigação, as empresas teriam sonegado um valor estimado em mais de R$11 milhões em impostos, por meio de operações fraudulentas de aquisição de ferro como se fossem o consumidor final, quando, na verdade, o material era destinado à revenda. Além disso, as empresas eram erroneamente enquadradas no regime do Simples Nacional.

 

De acordo com o Ministério Público da Bahia, as investigações revelaram ainda que os delitos dos envolvidos decorreriam da inclusão de pessoas sem capacidade econômico-financeira no quadro societário das diversas empresas criadas, na condição de “laranjas” ou “testas de ferro”, ou ainda mediante o uso de nomes e Cadastros de Pessoas Físicas (CPFs) falsos, para atuar na compra e venda de ferro para construção civil. O objetivo era sonegar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) devido e promover a blindagem patrimonial dos verdadeiros gestores do grupo.

 

A operação é uma iniciativa da Força-Tarefa de Combate à Sonegação Fiscal, composta pelo Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal (Gaesf), do Ministério Público do Estado da Bahia; Inspetoria Fazendária de Investigação e Pesquisa da Secretaria Estadual da Fazenda (Infip); Coordenação Especializada de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Ceccor/LD/Dececap/Draco), da Secretaria de Segurança Pública e pela  Companhia Independente de Polícia Fazendária da Polícia Militar (Cpifaz).

Justiça Eleitoral custa ao país R$27 milhões por dia

COLUNA CH/8 DE AGOSTO

Justiça Eleitoral custa ao país R$27 milhões por dia


Sobram razões para acabar essa sangria, que torrou meio bilhão de reais na sede suntuosa do TSE em Brasília. Foto: Marcello Casal Jr/ ABr

Com ou sem eleição, a Justiça Eleitoral custa mais de R$9,8 bilhões anuais ou R$27 milhões por dia. E 65% vão para o sumidouro de salários altos e penduricalhos idem. Sobram razões para acabar essa sangria, que torrou meio bilhão de reais na sede suntuosa do TSE em Brasília. Ainda não se vê no horizonte da Câmara a extinção da Justiça Eleitoral jabuticaba, que só existe no Brasil, mas o presidente, Arthur Lira, avisou: “Não tenho preconceito com nenhuma pauta, da direita ou da esquerda”.

Fausto que ofende

Ex-membro do TSE confessou certa vez a vergonha que sentia ao usar gabinete de ministro com 150 metros quadrados “num país sem escolas”.

Até na garagem

O estacionamento privativo mostra como o dinheiro público foi gasto sem piedade no magnífico palácio espelhado da sede do TSE.

Para que tudo isso?

Tanto luxo para o TSE reunir sete ministros nas noites de terça e quinta: três do STF, dois do STJ e dois que têm escritórios de advocacia.

‘CPMF’ togada

Países democráticos criam comissões provisórias para realizar eleições, mas no Brasil patrimonialista virou permanente, e com poder judicante.

Presidente Jair Bolsonaro durante sua live desta quinta (29) – Foto: reprodução TV Brasil.

Aposta no confronto pode ser estratégia suicida

Nem mesmo os auxiliares mais próximos do presidente Jair Bolsonaro conseguem assimilar a estratégia, se é que há uma, de dobrar a aposta no confronto sempre que se vê sob ataque do Supremo Tribunal Federal (STF). Quando se espera que mude de atitude quando ministros exibem bíceps, até para expor o comportamento de magistrados, impensável em qualquer democracia ocidental, aí é que ele mostra irritação e radicaliza.

Vá se eleger, mané

Após 28 anos na Câmara e eleito em 2018, Bolsonaro desdenha de conselhos. Acha que ninguém lhe pode dar aulas sobre política.

É maior do que ele

Ele até concorda, sinceramente, com apelos para refrear a incontinência verbal, mas basta uma manchete para cancelar sua versão “paz e amor”.

Aposta no pior

“Não vê que o plano do STF é torná-lo inelegível?”, indaga-se um general do Planalto, para depois concluir, desolado: “Ele parece apostar nisso…”

Poder sem Pudor

Pinto mole

Recém-eleito deputado federal, o maranhense Pinto do Itamaraty foi a Brasília e se hospedou na casa do deputado Sebastião Madeira (PSDB-MA). Passou mal e ficou de repouso. Madeira recomendou cuidados à sua empregada e, ao chegar para o almoço, perguntou a ela como estava “o paciente”. Madeira contava que não segurou a risada com a resposta: “O Pinto? Acho que ele continua doente. Fui lá olhar e ele tá tão molinho…

Dentro das normas

Pelo Regimento Interno da Câmara dos Deputados, propostas não-conclusivas que recebem pareceres nas comissões sempre são analisadas pelo plenário da Casa. É o caso da PEC do Voto Impresso.

Olha a desculpa

A CPI da Pandemia marcou para a próxima quinta (12) o depoimento do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). A justificativa é que o nome de Barros foi mencionado por Jair Bolsonaro.

Todo cuidado é pouco

O Senado recebe na próxima semana o projeto, já aprovado na Câmara, da privatização dos Correios, a estatal decrépita de serviços postais. Senadores de oposição já estão esfregando as mãos.

Terras e terras

A deputada Joênia Wapichana (Rede-RR) agradou a oposição ao dizer que é crime invadir terras, mas somente as terras indígenas. Já nas propriedades rurais, toda invasão é estimulada.

Só assim teremos uma decisão inquestionável

Presidente Arthur Lira (Câmara) sobre analisar voto impresso no plenário

Fake Vac

A história de que o Chile “colhe os frutos da vacinação”, ressaltando que “usam Coronavac”, não resiste aos dados do Worldometer: lá, a média de mortes caiu de 108 para 73, mas ainda é o dobro de antes da vacina.

Solução vem da crise

A falta de recursos e a impossibilidade de espalhar agentes pelo país impediu a realização do Censo 2020. Agora, Confederação Nacional dos Municípios e IBGE se uniram para trabalhar juntos e fazer o Censo 2021.

Vai repensar

O deputado Marco Feliciano (Rep-SP) parabenizou Arthur Lira por levar a decisão do voto impresso ao plenário e lamentou a falta de apoio de Rodrigo Pacheco no Senado. “Parece ser contra o clamor popular por mais transparência. Mas é inteligente e creio, irá repensar”, disse.

Redes nada sociáveis

Joice Hasselmann (PSL-SP) criticou a demora da perícia no incêndio da Cinemateca e culpou o secretário de Cultura, Mario Frias. Ele respondeu: “ainda estão ocupados tentando descobrir quem bateu na senhora”.

Pensando bem…

… 100 pedidos de impeachment contra o presidente da República é normal, mas pedido de impeachment contra ministro do STF é ofensa.

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

janeiro 2022
D S T Q Q S S
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia