WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 12/out/2021 . 7:44

Secretário revela que houve R$13 bilhões em gastos não auditados com Lei Rouanet

FARRA NA CULTURA ERA ENORME

Ninguém sabe se muitos dos 20.000 projetos financiados foram de fato realizados

Andre Porciúncula, secretário de Fomento e Incentivo à Cultura – Foto: reprodução da TV Brasil.Redação

Ele também revelou que 30% do valor total desses R$13 bilhões não aditados eram obrigatoriamente gastos com propaganda, dinheiro que segundo o secretário era destinado a jornais, revistas, emissoras de rádio e TV. Outros 15% dos recursos arrancados por meio da Lei tinham que ser gastos obrigatoriamente com “assessoria jurídico”.

Porciúncula disse que as empresas patrocinadoras assumiam 50% dos custos do projetos, mas, na prática, de todos os gastos, sobravam apenas 5% para cultura,

O secretário informou que, no total, foram mais de 20.000 projetos não auditados, apesar de terem sido financiados com recursos públicos. Ele destacou que não se refere à mera conferência de notas fiscais, mas a verificação sobre a efetiva realização dos eventos e projetos que tomaram dinheiro da Lei Rouanet.

Por essa razão, segundo o secretário, a primeira prioridade é a moralização na concessão dos benefícios da Lei de Incentivo à Cultura. Ele considera inaceitável que, antes, as empresas de promoção e produção cultural representassem 10% dos beneficiados e ficassem com 78% dos recursos públicos. Por essa razão, a decisão estratégica do governo é promover a descentralização, a fim de que os recursos cheguem aos projetos mais simples.

“Havia uma pequena elite, uma casta, que concentrava todos os recursos públicos da Lei Rouanet”, disse Porciúncula, que antecipou detalhes de uma nova instrução normativa determinando que patrocinadores de projetos culturais cm valor acima de R$1 milhão, com os benefícios da Lei Rouanet, terão de destinar obrigatoriamente 10% de seu investimento para pequenos projetos.

A nova instrução normativa também limitará a dois anos o patrocínio obtido com os favores da Lei Rounet. “A empresa não poderá usar a Lei para patrocinar o mesmo artista ou o mesmo projeto por dez, quinze anos”, disse. “A Lei é de incentivo à cultura”, enfatizou, ao defender a diversificação de projetos.

 

O programa “Sem Censura” desta note, com apresentação de Marina Machado, contou com a participação dos jornalistas Taís Braga, editora do Correio Braziliense, e Leandro Magalhães, da CNN (acima).

Venda de aviões impulsiona ações da Embraer na Bolsa de Valores

Novo acordo com NetJets foi fechado após entrega de mais de 100 jatos

Publicado em 11/10/2021 – 16:41 Por Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil – Brasília

REUTERS/Roosevelt Cassio/Direitos Reservados

Após anunciar um acordo para a venda de 100 aeronaves para a companhia aérea NetJets, as ações da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A) operam em alta no pregão de hoje (11), na B3, a Bolsa de Valores de São Paulo. 

Na manhã desta segunda-feira, a Embraer disse que recebeu encomenda adicional de cerca de US$ 1,2 bilhão para a entrega de jatos executivos Phenom 300 para a NetJets, de Warren Buffett. Por volta das 13h25, os papéiss EMBR3 avançavam 5,26%, negociados a R$ 26,04, com um recuo para 4,4%, negociados a R$ 25,84, por volta das 15h40.

O Phenom 300E é o jato leve mais vendido dos últimos nove anos no segmento. O primeiro acordo de compra da NetJets, assinado em 2010, contemplou 50 pedidos para os jatos executivos, mais opções de até 75 aeronaves adicionais.

Mais 100 aeronaves

A Embraer disse que o novo acordo com a NetJets foi fechado após a entrega de mais de 100 jatos Phenom 300. O novo contrato prevê a entrega de até 100 aeronaves adicionais e que a NetJets, integrante do grupo Berkshire Hathaway, começará a receber o modelo Phenom 300E da nova encomenda no segundo trimestre de 2023, para operação nos Estados Unidos e Europa.

“Com este novo pedido, que inclui um abrangente contrato de serviços, a NetJets não apenas reforça seu compromisso em criar uma experiência aprimorada para o cliente, à medida que a demanda por aviação privada continua a crescer, mas também sua confiança no inovador portfólio da Embraer para oferecer a experiência perfeita a seus clientes”, disse a Embraer, em comunicado.

Edição: Kleber Sampaio

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

outubro 2021
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia