WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 15/jul/2021 . 22:08

Ministério faz parceria para qualificar 270 mil mulheres

A iniciativa faz parte do Projeto Qualifica Mulher

Publicado em 15/07/2021 – 17:59 Por Agência Brasil – Brasília

Prefeitura do Salvador

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) lançou, hoje (15), uma parceria com a Associação Aliança Empreendedora para oferecer 270 mil vagas grátis para a qualificação de mulheres em vulnerabilidade social. Estão previstas 10 mil vagas em cada estado.

Serão oferecidos cursos gratuitos de educação financeira, marketing digital, inovação em tempos de crise, formação de mulheres empreendedoras, entre outros.

A iniciativa faz parte do Projeto Qualifica Mulher, que tem investimento de R$ 36 milhões, e objetiva auxiliar na autonomia econômica do público feminino. De acordo com a secretária Nacional de Políticas para as Mulheres, Cristiane Britto, o oferecimento das vagas poderá gerar oportunidades durante a pandemia.

“O Qualifica Mulher surgiu em meio ao cenário de pandemia, que retirou 8,5 milhões de mulheres do mercado de trabalho. Sabemos que o empreendedorismo é um dos melhores caminhos para reverter esse cenário, pois, além de contribuir para o crescimento da economia, gerando empregos, colabora para construção de uma sociedade mais equilibrada, na medida em que gera oportunidades de liderança para as mulheres”, disse a secretária.

Para a diretora executiva da Aliança Empreendedora, Lina Useche, as mulheres precisam ver o empreendedorismo como uma opção viável e real.

“Pela crise causada pela pandemia, dentro do empreendedorismo as mulheres têm uma grande representatividade, mas elas também têm grandes desafios. A gente vê que os mesmos desafios que a mulher tem na sociedade, ela também tem quando deseja empreender”, disse.

Edição: Fernando Fraga

O fenômeno Bolsonaro – por Ipojuca Pontes

O fenômeno Bolsonaro

A esta altura do campeonato, ao cruzar a barreira dos 78 anos de idade, não me é difícil vaticinar que se passarão décadas, talvez séculos, para que seja possível  emergir na vida pública brasileira um fenômeno da dimensão de Jair Messias Bolsonaro. Tivemos no cenário político pregresso figuras do porte de José Bonifácio, D. Pedro II, Rui Barbosa, o trágico Getúlio Dornelles Vargas, dentre outros, mas, na soma geral, nenhum que tenha enfrentado com tanto destemor o renhido conflito entre a visão transcendente da vida vivida e o nocivo materialismo marxista, em essência, devorador e estatizante. Numa palavra, o velho combate entre a mentira comunista e a verdade de uma democracia inspirada em bases conservadoras, legitimada pelo voto popular.

De minha parte, devo dizer que  acompanho a vida política brasileira desde o suicídio de Vargas, em agosto de 1954. Antes, tinha uma vaga noção, repassada pelos meus pais, do governo pós-guerra do Marechal Eurico Gaspar  Dutra que, vencendo as eleições presidenciais, colocou o Partido Comunista na ilegalidade depois que o seu líder Carlos Prestes, então senador, indagado com quem ficaria no caso de uma guerra entre o Brasil e a URSS, declarou sem titubear:

– Com a União Soviética!

Ao fim da tumultuada Era Vargas, que culminou com o seu suicídio, vieram os governos de Café Filho, Juscelino Kubitscheck, Jânio Quadros, Jango, Castelo Branco, Costa e Silva, Garrastazu Médici, Ernesto Geisel, João  Figueiredo, Zé Sarney, Collor de Mello, Itamar Franco, FHC, Lula, Dilma Rousseff e Michel Temer. Na qualidade de jornalista ou como mero observador, conheci pessoalmente Juscelino, Jânio, Jango, Figueiredo, Sarney, Collor de Mello, Itamar e o vaselina FHC. Alguns desses governos foram vergonhosos, outros medíocres, a maioria deles, no entanto., absolutamente nocivos para a consolidação de um país viável, transparente, soberano e de livre mercado.

De um modo geral, diga-se, norteava tais governos o mais  indigente anti-americanismo, que  atingia as raias do grotesco, mesmo na fase dos governantes militares. Fique claro ao leitor que o trono presidencial, até o advento de Jair  Bolsonaro. foi ocupado por todo tipo de gente: comunistas, ladrões, demagogos, loucos, irresponsáveis, ativistas, impostores, tolos e arrivistas.

Destaco fatos que ilustram o caráter de alguns desses figurões.

PRIMEIRO FOI UM NOVO FÓRUM, AGORA NOVO PRESÍDIO -GOVERNO SEM M NOÇÃO E SEM PLANEJAMENTO! ===>>> 27/09/2019

Nazal é contra, clique aqui.

UM FÓRUM NOVO PRA CHAMAR DE SEU! ===>>> 04/04/2018

Depois da saída dos cartórios do prédio, o Fórum Epaminondas Berbert de Castro tornou-se um deserto.

Espaços vazios e ociosos, inclusive no novo anexo recém construído.

Não tem necessidade alguma de um novo Fórum, é muita beijação de mão.

Foto: O SARRAFO

 

Ministro das Comunicação diz que TCU analisará edital do 5G em agosto

Após liberação do tribunal o edital será encaminhado para Anatel

Publicado em 14/07/2021 – 18:02 Por Agência Brasil – Brasília

 

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, durante coletiva de imprensa sobre missão oficial aos EUA, que tem como objetivo conhecer as redes privativas de 5G e promover o diálogo com potenciais investidores em telecomunicações.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, anunciou hoje (14) que o Tribunal de Contas da União (TCU) marcou para 18 de agosto a análise do edital do 5G. Segundo o ministro, após a deliberação do tribunal, em até cinco dias, o edital será encaminhado para publicação pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Faria também disse que as empresas de telecomunicações devem colocar a tecnologia em funcionamento em julho de 2022.

“As próprias empresas de Telecom têm nos garantido que as obrigações do edital, que é colocar nas 27 capitais até julho do ano que vem está mantida. Inclusive, podemos ter até o final deste ano, algumas capitais com 5G funcionando, de acordo com o feedback que eu recebi das empresas”, disse.

O ministro disse que foi informado sobre o agendamento da data pelo relator do processo no TCU, ministro Raimundo Carreiro, e pela presidente, ministra Ana Arraes.

Edição: Claudia Felczak

Internado em SP, Bolsonaro não tem previsão de cirurgia

Boletim médico indica que, por ora, tratamento será conservador

Publicado em 14/07/2021 – 21:43 Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O presidente Jair Bolsonaro está internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após ser diagnosticado com um quadro de obstrução intestinal (suboclusão). Em boletim médico divulgado na noite desta quarta-feira (14), a equipe médica informou que, por enquanto, está descartada qualquer intervenção cirúrgica e o presidente receberá tratamento conservador, ou seja, à base de medicamentos e outros procedimentos não invasivos.  

“O senhor presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, foi transferido na noite desta quarta-feira para o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após passar por uma avaliação no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, e ser diagnosticado com um quadro de suboclusão intestinal. Após avaliações clínica, laboratoriais e de imagem realizadas, o presidente permanecerá internado inicialmente em tratamento clínico conservador”, diz o boletim, assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo (cirurgião-chefe), Ricardo Camarinha (cardiologista do presidente), Leandro Echenique (clínico e cardiologista), Antônio Antonietto (diretor médico do hospital) e Pedro Henrique Loretti (diretor-geral do hospital). Não foi informado por quanto tempo o presidente deverá permanecer internado.

O presidente chegou à unidade  por volta das 19h, depois de ter passado o dia internado no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, onde passou por exames e alguns procedimentos. 

A decisão de transferir Bolsonaro para São Paulo foi tomada pelo médico Antonio Luiz Macedo, responsável pelas cirurgias no abdômen do presidente. Nos últimos dias, o presidente vinha enfrentando uma crise de soluços. Ele embarcou de Brasília para a capital paulista pontualmente às 17h30.

Por causa internação, a agenda do presidente foi cancelada. Nesta manhã, ele participaria de uma reunião entres os presidentes do Judiciário, Executivo e Legislativo para discutir as relações entre os Poderes. O encontro será reagendado.

Edição: Fábio Massalli

contador free
nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia

marmita mensal
julho 2021
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia