WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 9/jul/2021 . 16:07

Diretoria de Executiva da Valec promove encontro de trabalho com executivos e gestores das empresas contratadas

 

Nesta sexta-feira (09), os integrantes da Diretoria Executiva e os gestores das áreas técnicas vinculadas à Diretoria de Empreendimentos receberam, no auditório da Valec, executivos e gestores das empresas contratadas pela estatal para as obras da segunda etapa da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, FIOL II.

Foram convidadas a participar do encontro de trabalho as empresas construtoras dos consórcios dos lotes 5F e 7F, as empresas supervisoras dos lotes 5F, 6F e 7F e, ainda, a empresa responsável pelo apoio ao gerenciamento da construção da ferrovia. O objetivo da reunião proposta pela Diretoria de Empreendimentos foi o de promover um maior alinhamento entre o interesse institucional da Valec em avançar nas obras da ferrovia e a condução por parte das empresas contratadas.

Na abertura do encontro, o diretor-presidente da Valec, André Kuhn, fez uma breve exposição da missão institucional da empresa e do desafio proposto pelo Ministério da Infraestrutura, pasta supervisora, de dobrar a presença do modal ferroviário brasileiro. “Vivemos hoje um momento histórico de avanço das ferrovias no país. Temos que atuar de forma adequada, executar as obras e garantir os avanços físicos e financeiros planejados”, disse Kuhn.

Em seguida, o diretor de Administração e Finanças, Márcio Medeiros, enfatizou o ótimo desempenho da estatal na execução orçamentária do ponto de vista econômico. “Mesmo diante de um cenário de restrição fiscal, o empreendimento FIOL traz uma oportunidade importante para as empresas contratadas e ajuda a girar a economia dos municípios próximos à linha férrea. Cabe a nós todos, aqui presentes, realizar uma excelente gestão”.

Para o diretor de Empreendimentos, Washington Lüke, eventos como este trazem ganhos tanto para a contratante quanto para as contratadas.  “Nós entendemos que, ao promover uma reunião de trabalho em que nossas áreas técnicas apresentam às empresas o plano de ação a ser executado, promovemos a cooperação mútua e trazemos maior eficiência a todo o processo”. Ainda segundo Lüke, “no final, quem ganha é a sociedade, destinatária de todo esse esforço”.  

O encontro aconteceu de forma híbrida, com a participação de um número limitado de pessoas no auditório da Valec, a fim de cumprir os protocolos sanitários exigidos pela pandemia causada pelo coronavírus. Técnicos da Diretoria de Empreendimentos participaram de forma remota via Teams.

 

Assessoria de Comunicação Social
Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A.
 (61) 2029-6030
 ascom@valec.gov.br
 twitter.com/valec_ferrovias
 instagram.com/valec.oficial
 linkedin/valec-ferrovias
 facebook.com/valec.oficial/

Governo inclui dois trechos de ferrovia no PPI

Decreto está no Diário Oficial da União desta sexta-feira

Publicado em 09/07/2021 – 09:27 Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O presidente Jair Bolsonaro publicou no Diário Oficial da União de hoje (9) decreto que qualifica dois trechos da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). A ferrovia terá um total de 1.527 quilômetros (km) de trilhos, ligando o Porto de Ilhéus ao município de Figueirópolis, onde se conectará com a Ferrovia Norte-Sul e o restante do país.

O primeiro trecho da ferrovia, de 537 km, ligando as cidades baianas de Ilhéus e Caetité, foi leiloado em abril, tendo como vencedora do certame a empresa Bahia Mineração (Bamin). A expectativa é de que esse trecho comece a operar em 2025, transportando mais de 18 milhões de toneladas de carga, em especial grãos e principalmente minério de ferro produzido na região de Caetité.

O decreto publicado hoje refere-se à segunda etapa da Fiol e abrange dois trechos e um total de 1.527 km de trilhos. O primeiro, de 485,4 km, liga os municípios de Caetité e Barreiras (ambos na Bahia), e o segundo, com 505 km, ligará Barreiras (BA) a Figueirópolis (TO), onde se conectará com a Ferrovia Norte-Sul e o restante do país.

Edição: Graça Adjuto

EM MURITIBA TAMBÉM TEM INAUGURAÇÃO DE QUEBRA MOLAS.

Governo autoriza Forças Armadas a combater desmatamento em Mato Grosso

Rondônia também recebeu mesmo tipo de autorização

Publicado em 08/07/2021 – 19:43 Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Mário Vilela/Funai

O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto nesta quinta-feira (8) para ampliar a atuação das Forças Armadas na repressão a delitos ambientais no estado de Mato Grosso. Na semana passada, o presidente havia assinado o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) ambiental válido para toda a Amazônia. A medida, no entanto, se restringe a operações em áreas de propriedade ou posse da União, como terras indígenas, áreas federais de preservação, imóveis da União, entre outros, e está também limitada às regiões com maior incidência de queimadas e desmatamento, que abrangem 26 municípios. 

Em outras áreas a ação somente poderá ser realizada se houver pedido do respectivo governador do estado ao presidente da República. Além de Mato Grosso, que recebeu aval de Bolsonaro, Rondônia também já havia formulado um requerimento despachado favoravelmente. O decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União.

Desde 2019, foram autorizadas duas operações das Forças Armadas na Amazônia, chamadas Verde Brasil 1 e 2. A mais recente se encerrou em abril.  A renovação da atuação dos militares na região havia sido anunciada pelo vice-presidente Hamilton Mourão no mês passado. De acordo com Mourão, que preside o Conselho Nacional da Amazônia, o custo da nova operação será de R$ 50 milhões, no período que vai de 28 junho a 31 de agosto.

Edição: Claudia Felczak

 

contador free
nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia

marmita mensal
julho 2021
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia