WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: maio/2021

Jair Bolsonaro fecha com o Patriota para disputar reeleição em 2022

Notícia foi dada pelo seu filho e senador Flávio Bolsonaro, que também ingressou na sigla

O presidente Jair Bolsonaro encerrou nesta segunda-feira (31) as indefinições sobre seu rumo partidário para as Eleições de 2022, ao fechar sua filiação ao partido Patriota. A notícia foi anunciada pelo seu filho e senador fluminense Flávio Bolsonaro, ao discursar já como filiado ao Patriota, durante convenção do partido realizada na manhã desta segunda-feira (31).

Após se tornar o único senador filiado à sigla, Flávio Bolsonaro afirmou que o Patriota será o destino de seu clã político. O Patriota estendeu o convite ao presidente da República, que ainda não se pronunciou sobre sua filiação.

Flávio Bolsonaro falou em construir “o maior partido do Brasil após as eleições de 2022”, ao discursar na convenção, comparando o efeito obtido no PSL, partido pelo qual Jair Bolsonaro chegou ao Palácio do Planalto em 2018, quando a antiga sigla do presidente avançou de apenas um deputado para ter 52 parlamentares na Câmara.       

“Agora, com o presidente Bolsonaro na Presidência da República, eu não tenho duvidas de que a gente pode construir um partido maior ainda, do tamanho, ou até maior do que o PSL”, disse Flávio.

Nas redes sociais, Flávio Bolsonaro celebrou sua filiação ao Patriota: “Com muita honra comunico minha filiação ao Patriota. Participei diretamente de sua refundação, em 2018, desde a elaboração de seu Estatuto, com previsão inédita de ser o 1ª partido de direita do Brasil, até a escolha do nome ‘Patriota’. Que Deus nos abençoe nessa nova jornada!”, escreveu.

Portaria traz diretrizes para universalização de serviços dos Correios

Normas abrangem serviços como os de atendimento e de distribuição

Publicado em 31/05/2021 – 11:36 Por Agência Brasil – Brasília

O Ministério das Comunicações publicou no Diário Oficial da União de hoje (31) a portaria que estabelece diretrizes para a universalização de serviços a serem observadas pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

As diretrizes abrangem serviços como os de atendimento e de distribuição postais, prazos para entregas e índices de qualidade. Prevê também a possibilidade de parcerias com órgãos e entidades públicas e privadas para atingir metas e objetivos para a realização do atendimento e demais prestações de serviços.

Com relação às metas de posições físicas de atendimento, a expectativa é que até 2024 tenha um total de 9.653 posições de atendimentos fixadas para cada município brasileiro. A avaliação de desempenho dos canais de atendimento deverá ser feita anualmente, de modo a contribuir para a universalização dos serviços de atendimentos postais básicos.

Edição: Fernando Fraga

Agência Brasil explica: o que são commodities

Bens comercializados em todo o mundo movimentam mercado financeiro

Publicado em 31/05/2021 – 06:30 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Armazém com soja recém-colhida em Sorriso (MT)
27/02/2008
REUTERS/Paulo Whitaker

As commodities movimentam o comércio e o mercado financeiro em países agrícolas e minerais. Nas últimas semanas, o Brasil tem surfado na mais nova onda delas e registrado queda do dólar, alta na bolsa e superávits recordes na balança comercial. Produtos importantes na pauta de exportação, elas estão presentes de forma significativa no dia a dia do brasileiro.

O conceito de commodity mudou ao longo do tempo, ganhando elementos. No sentido original, a palavra tem a raiz common (comum em português), que designa produtos com características semelhantes em qualquer lugar do planeta. Essa acepção engloba produtos agropecuários e minerais.

Com a evolução do comércio internacional e do mercado financeiro, a definição ganhou sentidos adicionais. Além de padrões mundiais similares, as commodities precisam ter produção em larga escala, capacidade de estocagem, baixa industrialização e alto nível de comercialização.

Essas características diferenciam, por exemplo, alimentos perecíveis, que não podem ser estocados, de safras de grãos que podem ser embarcadas para outro lado do planeta. As exportações precisam atingir um volume considerável para que o produto seja comercializado em larga escala. Dessa forma, as commodities podem ser definidas como bens primários com cotação internacional, como petróleo, soja, minério de ferro e café.

Os preços internacionais são definidos nas bolsas de mercadorias e futuros. A maior bolsa do planeta desse tipo fica em Chicago, nos Estados Unidos, onde são definidas as cotações dos contratos futuros e de opções da maioria das commodities. No Brasil, a antiga Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) se fundiu com a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) em 2008. Em 2017, a BM&FBovespa mudou de nome e passou a chamar-se B3.

Nos contratos futuros, produtores buscam se proteger de variações bruscas de preços, e especuladores querem comprar barato para vender caro. No mercado de opções, os contratos perdem a validade (“viram pó”, no jargão financeiro) em algumas situações.

Agência Brasil explica: commodities – Arte/Agência Brasil

Edição: Graça Adjuto

Baixa eficiência da Coronavac em estudo internacional começa a preocupar a Saúde

Temor é de recusa da Coronavac e corrida por outras vacinas, desorganizando o programa de imunização

As autoridades da Saúde tratam com discrição e cautela a discussão sobre a baixa eficiência da Coronavac, atestada em estudo internacional com a participação da USP e questionada na CPI da Pandemia durante o depoimento de Dimas Covas, diretor do Butantan, que a produz.

O temor é de recusa da Coronavac e corrida por outras vacinas, desorganizando o programa de imunização. Covas chegou a afirmar que a vacina não protege contra infecções, mas atenua sua gravidade. Há controvérsias. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Estudo internacional com a USP, em 15.900 pessoas, concluído na sexta 21, aponta eficácia de 61% a 28% em vacinados a partir de 76 anos.

Na CPI, foi citado o caso do ex-presidente José Sarney, que, semanas após a segunda dose, testes de laboratório não detectaram anticorpos.

Em Curitiba, um jornalista admirado, Fabio Campana contraiu covid um mês após receber a segunda dose. Nesta sexta (28), ele foi intubado.

CPI da Pandemia ignora fraude milionária na compra de respiradores

300 respiradores comprados por governadores do PT e pelo filho do relator custaram R$49 milhões com pagamento antecipado, mas nunca foram entregues

O caso também enrola os petistas Camilo Santana (CE), Fátima Bezerra (RN) e Rui Costa (BA), que é coordenador do Consórcio do Nordeste.

Os senadores Styvenson Valentim (Cid-RN), Eduardo Girão (Pode-CE) e Rodrigo Cunha (PSDB-AL) cobraram, sem sucesso, o calote milionário.

Notícias Relacionadas

Segundo Styvenson, o ofício também foi enviado ao Ministério da Justiça “para que criminosos sejam presos e punidos”, certamente não pela CPI.

Ministério da Saúde enviará aparelhos de oxigênio para Norte-Nordeste

Objetivo é auxiliar hospitais com pacientes internados com covid-19

Publicado em 30/05/2021 – 14:13 Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou que enviará 5,1 mil concentradores de oxigênio para auxiliar as unidades de saúde com pacientes internados com covid-19 no Norte e Nordeste do país. Queiroga encontra-se em Pernambuco, estado que, segundo ele, receberá 148 aparelhos até o dia 10 de junho.

“Estamos visitando a região, pois sabemos que há ameaça de colapso no sistema de saúde, sobretudo em função do insumo oxigênio. O ministério já providenciou para essas regiões 5.100 concentradores de oxigênio. Para Pernambuco, serão 148 concentradores”, disse o ministro.

Falta de oxigênio

Perguntado sobre se há risco de colapso por falta de oxigênio, mesmo após o envio desses concentradores, Queiroga disse que o governo trabalha para que isso não aconteça. “Só que lidamos com a imprevisibilidade biológica porque esse vírus sofre mutação e pode ter variantes que podem ter comportamento biológico diferente, o que leva pressão maior para o sistema de saúde. Mas as autoridades sanitárias estão empenhadas para que não haja falta de oxigênio”, acrescentou.

Queiroga, no entanto, ressaltou que distribuição e logística de oxigênio “é questão complexa”, uma vez que o gás é distribuído não apenas na forma líquida, mas também em cilindros, forma mais comumente adotada nos municípios de menor porte. “Há carência de cilindros [em municípios], mas estamos apoiando as secretarias municipais de saúde para que não haja falta de cilindros”, disse Queiroga ao destacar ser preciso aprimorar a logística, para esse tipo de transporte. .

Compra de vacinas

Sobre as ações do governo visando à compra de vacinas, Queiroga disse que a carência de vacina é mundial. “Mas no mês de junho teremos garantidos mais de 40 milhões [de doses de vacinas] a serem distribuídas. Em junho teremos uma marca importante, que é de [atingir um total de] 100 milhões [de doses] distribuídas para o país inteiro”, acrescentou.

“Só com a Pfizer, temos um contrato de 200 milhões de doses de vacinas. Agora, em 1º junho, assinaremos acordo de transferência de tecnologia entre a indústria Astrazênica e a Fiocruz, colocando o Brasil na vanguarda de países que tem capacidade com autonomia de produzir vacinas. Há também negociações com outras farmacêuticas para buscarmos antecipar doses. Agora, é um contexto que não é simples porque é uma emergência em saúde pública internacional”, completou.

Edição: Nélio de Andrade

CONSELHOS DOS HOSPITAIS DE ISOLAMENTO PARA FAZER EM CASA.

Pix: cobrança exige cuidados para não cair em golpes

Fraudadores podem elaborar códigos QR falsos

Publicado em 29/05/2021 – 12:56 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Pix é o pagamento instantâneo brasileiro. O meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC) em que os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia. É prático, rápido e seguro.

A comodidade de pagar compras com a câmera do celular pode dar dor de cabeça se o consumidor não tiver atenção. Em funcionamento há pouco mais de duas semanas, o Pix Cobrança, que permite o pagamento imediato a empresas e prestadores de serviços por meio do código QR (versão avançada do código de barras), exige cuidado para evitar golpes.

Segundo a empresa de segurança digital Certisign, fraudadores podem usar a nova tecnologia para elaborar códigos QR falsos. Dessa forma, o usuário que escanear o código QR com a câmera do celular pode ser levado a páginas falsas e induzido a fazer o pagamento à pessoa errada. Como o Pix Cobrança pretende substituir os boletos, um código QR fraudado representa uma versão mais sofisticada de um falso boleto bancário.

Consultor técnico da Certisign, Marcio D’Avilla lista uma série de dicas para garantir a segurança das transações. Embora o usuário não possa identificar um código QR falso apenas olhando para a imagem, existem uma série de elementos que permitem evitar golpes.

A dica principal consiste em observar as informações da transação. Depois de seguir as instruções da maquininha do estabelecimento e do aplicativo do banco, o consumidor aponta a câmera do celular para o código QR que deseja escanear.

Após a leitura automática, o próprio aplicativo da instituição financeira informa o nome do destinatário, alguns dígitos do CPF ou do CNPJ e o valor do pagamento. Muitos golpes podem ser evitados apenas verificando os dados. Caso os dados não correspondam ao estabelecimento, basta não concluir a transação.

Páginas falsas

Em segundo lugar, o usuário nunca deve escanear um código QR enviado por desconhecidos, seja por e-mail ou por mensagem instantânea. Muitas vezes, falsos avisos de cobrança ou mensagens para regularizar os débitos atraem a atenção de desavisados. O mesmo ocorre com o preenchimento de falsos cadastros, destinados a roubar dados na internet.

Nesse caso, o cuidado é semelhante ao do usuário que clica em links falsos. O código QR apenas tornou a tentativa de golpe um pouco mais sofisticada. O usuário deve observar o endereço eletrônico da página para a qual está sendo direcionado. Se a URL tiver erros de digitação ou estiver encurtada, as chances de golpe aumentam.

Também é necessário conferir se a página está protegida por um certificado SSL (certificado de segurança) emitido para o mesmo endereço onde você está. Para isso, basta verificar se o navegador tem um cadeado e clicar nele. Mesmo assim, todo cuidado é pouco porque até as páginas falsas passaram a ter SSL.

No fim, o bom senso e a desconfiança continuam os principais antídotos para evitar aborrecimentos. O usuário deve estar certo de que está lidando com uma empresa ou prestador de serviço idôneo, tanto ao observar se a página de internet é verdadeira e segura como ao verificar as informações do destinatário do Pix no aplicativo do banco.

Edição: Aécio Amado

O VENENO DA NOITE!

Fora FHC, babou.

Fora Temer, babou também.

Fora Bolsonaro, vai babar.

Paciência…

Auxílio-emergencial deve ser prorrogado e poderá passar dos R$500

Decisão foi estimulada pelos sinais de recuperação da economia, com recordes de arrecadação

A decisão foi estimulada pelos sinais de recuperação da economia, com recordes de arrecadação.

O desejo do presidente é que o maior valor do auxílio emergencial, hoje R$375, passe no mínimo R$500, podendo chegar àqueles R$600 pagos em 2020. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Notícias Relacionadas

O ministro Paulo Guedes (Economia) admitiu estender o auxílio durante evento virtual, nesta quinta (27), mas não citou alteração nos valores.

Com orçamento limitado, Bolsonaro admitiu a redução de valores, mas um ministro com gabinete no Planalto diz que ele “nunca se conformou”.

As consequências políticas do aumento do auxílio, mas para valores que façam a diferença, entusiasmam a equipe econômica.

A expectativa é que os indicadores de popularidade do presidente e de aprovação do seu governo voltem a subir substancialmente.

WAM Group comemora a marca de maior comercializadora de multipropriedades do mundo

 

Empresa que nasceu em Goiás já atua em 15 destinos espalhados pelo país e emprega mais de quatro mil pessoas. Colaborando com a retomada do turismo, a marca projeta fechar 2021 com um faturamento de cerca de R$ 1,5 bilhão

 

De acordo com dados da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP), o turismo brasileiro até fevereiro de 2021 acumulou prejuízo de R$ 65,6 bilhões. O resultado é 38,1% menor do que o do mesmo período entre março de 2019 e fevereiro de 2020. Apesar disso, marcas como a WAM Group, que comemorou no dia 11 de maio oito anos de trajetória, tem fortalecido o setor e ajudado nesta retomada a partir da multipropriedade. E contramão da crise, a projeção é fechar 2021 com um faturamento de cerca de R$ 1,5 bilhão.

 

Em termos simples, a multipropriedade que incluiu o artigo 1.538-C no Código Civil, é o regime de condomínio em que cada um dos proprietários de um mesmo imóvel é titular de uma fração de tempo, à qual corresponde à faculdade de uso e gozo, com exclusividade, da totalidade do imóvel, a ser exercida pelos proprietários de forma alternada. E nesse cenário de dinamismo que visa tornar o turismo cada vez mais acessível e democrático no Brasil surgiu a WAM Group. Constituída pelos empresários Waldo Palmerston Xavier, André Luiz Garcia Ladeira e Marcos Freitas Pereira, a marca já comemora o título de maior comercializadora de multipropriedades do mundo.
Hoje, é formada por seis braços de atuação, sendo eles a WAM Comercialização que já é a líder mundial em comercialização de multipropriedades imobiliárias; A WAM Fidelidade, exclusivo clube de viagens, intercambiadora e monetizadora dos produtos de férias do grupo; WAM Hotéis e Resorts é gestora hoteleira responsável por administrar empreendimentos da WAM Group; WAM Gestão é a unidade de gestão de multipropriedades e relacionamento com cliente; WAM Incorporação é responsável por fazer a incorporação de empreendimentos da marca e a WAM Ensino que é uma universidade corporativa do grupo para formação de líderes de alta performance.

 

Além de números grandiosos, outro caminho seguido pela marca é o da reputação positiva. Reconhecida por entregar soluções completas aos clientes, a empresa acumula quatro indicações consecutivas ao prêmio Época Reclame Aqui. Consolidando resultados cada vez mais expressivos, em 2020 alcançou o primeiro lugar na categoria Desempenho Financeiro, do setor de Serviços, no anuário da Época Negócios, o terceiro lugar na categoria de Serviços Especializados, no anuário da Istoé Dinheiro e o terceiro lugar no indicador Liquidez Corrente, no setor de serviços especializados pelo Valor 1000.

 

Atualmente, celebra 56% de market share do segmento de multipropriedade no país. Consolidando 15 destinos pelo Brasil, traz a chancela de ser a única empresa de multipropriedade com a certificação ISO 9001, o que atesta uma gestão de qualidade processual de padrões internacionais, além de ser a única com o certificado GPTW – Great Place To Work, premiação que confere o título dos melhores lugares para se trabalhar.

 

Sobre a WAM
Fundada no ano de 2013, a WAM é especializada na comercialização e incorporação de empreendimentos turísticos com conceito de multipropriedade e através da WAM Hotéis e Resorts administra pousadas, resorts e hotéis em quatro estados: Goiás, Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia.
Dentre as comercializadoras de multipropriedade do país, apenas a WAM possui a certificação ISO 9001, responsável por atestar a gestão de qualidade processual de uma empresa. Também é a única que possui o certificado GPTW – Great Place To Work, premiação que confere o título dos melhores lugares para se trabalhar por classificação dos segmentos de trabalho e neste ano se tornou a maior comercializadora do mundo em seu segmento. Possui mais de 4.000 colaboradores e atua em 15 destinos no Brasil todo.
Constituída pelos empresários Marcos Freitas Pereira, Waldo Palmerston Xavier, André Luiz Garcia Ladeira (na ordem da esquerda para a direita) a WAM Group já comemora o título de maior comercializadora de multipropriedades do mundo.

 

Assessoria de Imprensa WAM Hotéis e Resorts

:: LEIA MAIS »

A ANTIGA E VIGOROSA ‘BOCA DA BARRA’ EM ILHÉUS.

Isso era antes da construção do Porto do Malhado, quando foi represada a corrente marinha norte/sul de toda a costa brasileira, jogando a destruição para o litoral norte da cidade.

Hoje, temos que lamentar o que inevitavelmente acontece.

Perder a orla central da cidade, e ver que a ‘boca da barra’ se transformou num riachinho.

Estado atual.

 

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

maio 2021
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia