WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 26/out/2020 . 18:26

Cacá garante que vai reativar projeto que melhora a vida no morro

Um dos compromissos assumidos pelo candidato a prefeito de Ilhéus, Cacá 11, da coligação “O Futuro é Agora”, é a reativação do projeto de urbanização que melhora a vida das pessoas que habitam os morros da cidade. Cacá destaca esse projeto como prioridade diante da situação de abandono dessas localidades por parte da atual gestão do município.

A imensa rejeição do atual prefeito entre os moradores dos morros traduz a dura realidade que hoje vive o povo dos altos de Ilhéus. “A ausência de obras que facilitam a vida dos homens e mulheres que moram nos morros é um atestado de incompetência do governo municipal”, disse Cacá. 

Para o candidato, a intervenção urbana será inspirada no histórico Projeto Viva o Morro, considerado o maior programa de melhorias nos altos da cidade nos últimos 50 anos. “Ilhéus possui uma configuração topográfica bem peculiar, formada com mais de 30 morros. A expansão urbana provocou a ocupação desses locais, e isso exige uma atenção especial a essas famílias, de forma imprescindível e prioritária”, garante Nosso Cacá. 

O “Projeto Vida no Morro” tem como objetivo realizar obras de requalificação urbana, com a construção de contenção de encostas, escadarias e rampas de acesso, além de outros equipamentos de mobilidade urbana, para garantir mais dignidade à população dos altos. Inclui também a eliminação de esgotos a céu aberto, pavimentações, iluminação pública e construção de praças, entre outras ações. 

A realidade de abandono da Prefeitura Municipal é flagrante praticamente na totalidade dos morros de Ilhéus. Nosso Cacá tem comprovado isso nas visitas feitas às comunidades dos altos, a exemplo do Santa Inês, Coqueiro, Soledade, Amparo, Nossa Senhora da Vitória, do Cacau, Bela Vista, entre outros.

Alto do Coqueiro, em Ilhéus, um dos morros mais atingidos pelas ações do tempo. Foto/Reprodução: internet.

Limpeza da Praia da Avenida revitaliza principal cartão postal de Ilhéus ===>>> 06/10/2015

O serviço de remoção de entulho, lixo e mato é executado com o apoio de duas máquinas pesadas e três caminhões. Desde que foi iniciado, o novo visual da praia tem atraído cada vez mais banhistas e praticantes de atividades físicas

anigif

A operação Ilhéus em Ação na praia da Avenida Soares Lopes, com serviços de limpeza, manutenção da rede de drenagem pluvial, melhorias na iluminação e reordenamento de trânsito e de espaços, tem por finalidade revitalizar o principal cartão postal da cidade. Localizada na zona histórica de Ilhéus, durante muitos anos, a praia da Avenida foi a mais freqüentada pela população e visitantes, mas com o recuo do mar e o surgimento de vegetação, o acesso ao local tornou-se um obstáculo aos banhistas e uma questão de segurança.

A limpeza da Praia da Avenida consiste na retirada de lixo e vegetação exótica da área. Até o momento, o trabalho já atinge uma área de cerca de 60 mil metros quadrados, coordenado pela Secretaria de Serviços Urbanos (Secsurb), sob a supervisão técnica da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Sema).

De acordo com o Secretário de Meio Ambiente e Urbanismo, Antonio Vieira, o trabalho significa a devolução da praia aos ilheenses e turistas, sem que represente risco à natureza. Ele explica que a grama que havia na areia surgiu a partir da década de 1980, após a construção do Porto do Malhado em mar aberto. “A construção do terminal portuário fez com que a água, que antes chegava próximo a Catedral de São Sebastião e em frente ao Edifício Santa Clara, recuasse até ao ponto em que está hoje”, acrescenta.

O recuo do mar fez surgir uma faixa de areia de aproximadamente 300 metros a partir da Avenida Soares Lopes, gerando uma área nobre no centro da cidade. “Mas também possibilitou o nascimento de vegetação, como as gramíneas que, por anos, tomaram a praia”, acrescenta o secretário. Com isso, Vieira explica que essa espécie jamais poderia ser nativa, já que, naquela região, antes existia somente água, o que inviabilizaria a presença de mata de restinga no local.

:: LEIA MAIS »

Covid-19: governo reconhece calamidade pública na Bahia e no Ceará

Medida facilita acesso a recursos da União

Publicado em 26/10/2020 – 11:25 Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O governo federal reconheceu o estado de calamidade pública na Bahia e no Ceará em razão da pandemia da covid-19. A portaria da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil foi publicada hoje (26) no Diário Oficial da União.

O reconhecimento de situação de emergência ou estado de calamidade pública pelo governo federal reduz a burocracia e facilita, a estados e municípios, o acesso aos recursos da União para ações de socorro. 

Balanço divulgado neste domingo (25) pela Secretaria de Saúde da Bahia mostra que o estado registrou 691 novos casos da covid-19, nas últimas 24 horas. No total, o estado acumula 344.705 casos, desde o início da pandemia. O boletim traz ainda o registro de 22 novas mortes, totalizando 7.475 óbitos no estado.

No Ceará, o boletim do Ministério da Saúde, divulgado ontem (25), aponta 872 novos casos e dois óbitos registrados nas últimas 24 horas no estado. O estado acumula 270.264 casos, e as mortes já chegam a 9.248.

Edição: Fernando Fraga

GABANZINHO VIROU LAMPIÃO – HUMOR, GOZAÇÃO

 

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

outubro 2020
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia