WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa

:: 18/set/2020 . 17:26

Referência em engenharia ferroviária no Brasil, Valec participa de evento internacional de infraestrutura

 

Nesta terça-feira (17), a Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. participa do 13º Global Strategic Infrastructure Leadership Forum, evento 100% online promovido pela CG/LA, empresa sediada em Washington D.C. especializada em estratégias de investimentos em infraestrutura.

A estatal foi convidada para apresentar os projetos da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), ferrovia que está sendo construída no interior da Bahia e que futuramente chegará até o Porto Sul de Ilhéus/BA, e da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico), que ainda não está em construção, mas para a qual a Valec já confeccionou o Projeto Básico e está prestes a obter licença ambiental para implantação. Falará em nome da área de Projetos da empresa o gerente de Projetos, Ramon Silva.

Em sua apresentação, Silva enfatizará a importância estratégica das ferrovias estruturantes do Brasil, dentre as quais se destacam a Fiol e a Fico. Sobre esta última, o Ministério da Infraestrutura planeja que ela seja construída com recursos privados, por meio da antecipação das outorgas de outras ferrovias. A integração entre os setores público e privado, neste caso, acontece pelo fato de que a Valec atuou nas fases preliminares de projeto básico e licenciamento ambiental, viabilizando o empreendimento para o parceiro privado investir.

Outra modalidade de parceria entre a Valec e o setor privado acontecerá com a subconcessão da Fiol, uma ferrovia que foi projetada e construída pela estatal e cuja primeira etapa deverá ser levada a leilão ainda este ano. Assim como aconteceu com a Ferrovia Norte-Sul, a empresa pública disponibiliza ao mercado um ativo praticamente pronto.

Para Ramon Silva, “representar a Valec em um evento internacional sobre infraestrutura é a concretização de um trabalho que vem sendo feito ao longo dos anos e tem contribuído consideravelmente para o desenvolvimento da infraestrutura ferroviária nacional”.

Assessoria de Comunicação Social
Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A.
 (61) 2029-6297
  ascom@valec.gov.br
 twitter.com/valec_ferrovias
 instagram.com/valec.oficial
 linkedin/valec-ferrovias
 facebook.com/valec.oficial/

FAZER OS OUTROS DE BESTA, É UMA ESPECIALIDADE?

Nomes do PSB disputaram ´o nada´; acordo já estava fechado e gravado

Um vídeo que passou a circular agora à noite nas redes sociais, mostra que o acordo entre Mário Alexandre e Bebeto Galvão já estava fechado há dias, com o aval do senador Oto Alencar. Isso significa dizer qus os outros dois pré-candidatos do PSB – Jailson Nascimento e Marcos Flávio – que se movimentaram bastante nas horas que antecederam o anúncio do acordo, disputavam “o nada” durante o dia de hoje.

O acordo já estava fechado e até um vídeo foi gravado – e guardado para divulgação hoje – ao lado de Oto Alencar. Nele, Bebeto – que há pouco tempo atrás era um ferrenho crítico da administração (leia aqui), afirma que a aliança é “para continuar dirigindo a cidade e cuidando dos ilheenses”.

Covid-19: em uma semana, casos caem 30% e mortes, 13%

Os dados foram registrados no período de 6 a 12 de setembro

Publicado em 17/09/2020 – 17:06 Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil – Brasília
Atualizado em 17/09/2020 – 18:51

Os casos de covid-19 caíram 30% na semana epidemiológica 37 em relação à semana anterior. Já as mortes registraram diminuição de 13% no mesmo intervalo. Foi a primeira vez em que as duas curvas apresentaram uma redução acima de 10% juntas desde o início da pandemia.

A evolução das curvas de diagnósticos e óbitos relacionados à pandemia do novo coronavírus está no novo boletim epidemiológico sobre a doença do Ministério da Saúde, apresentado em entrevista coletiva hoje (17).

A semana epidemiológica (SE) 37 compreende o intervalo de 6 a 12 de setembro. A SE é uma medida empregada por autoridades de saúde para analisar o desenvolvimento de uma determinada epidemia.

Na SE 37 foram contabilizados 192.687 novos registros de casos de covid-19. Na semana anterior (SE 36), o número havia sido de 276.847. A média diária nesta última semana epidemiológica foi de 27.527. A trajetória cresceu e começou uma tendência de queda na SE 29, com uma leve recuperação entre as SE 34 e 36 e agora uma baixa expressiva.

“O Brasil vinha com platô e desde a 29ª semana epidemiológica começou a ter uma tendência de queda. Tivemos um pico no Sul na 35ª semana, mas foi por registro dos novos casos. Quando houve atualização dos casos, já se confirmou uma tendência de redução. Da 36ª para a 37 tivemos redução bastante significativa de 30%”, destacou o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo de Medeiros.

Evolução do número de novos registros de casos de covid-19 por semana epidemiológica
Evolução do número de novos registros de casos de covid-19 por semana epidemiológica – Ministério da Saúde

Já as mortes nesta semana totalizaram 5.007. Na SE 36, o número havia sido de 5.741. A média diária ficou em 715. “Quando analisamos os óbitos, estávamos com um platô por volta da 23ª, por volta da 29ª já vinha mostrando uma queda gradativa e a 36ª e a 37ª uma redução de 13%. Quando no platô tínhamos por volta de 7 mil, tivemos agora 5 mil nesta última semana”, pontuou Arnaldo de Medeiros.

Evolução do número de novos registros de óbitos por semana epidemiológica
Evolução do número de novos registros de óbitos por semana epidemiológica – Ministério da Saúde

Covid-19 nos estados

No mapa de casos, pela primeira vez o boletim epidemiológico não trouxe nenhum estado com aumento nos casos. Do total, 24 Unidades da Federação tiveram redução, sendo as mais expressivas em Santa Catarina (-79%) e Pernambuco (-43%). Permaneceram estáveis Piauí, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

No mapa de mortes, cinco estados apresentaram acréscimos nas taxas, sendo as maiores em Pernambuco (48%) e Minas Gerais (12%). Um estado ficou estabilizado (Rio Grande do Sul) e 21 Unidades da Federação tiveram queda em seus índices, sendo as mais intensas as do Amazonas (-77%) e Pará (-49%).

A maioria dos casos continuou no interior (62%), enquanto a menor parcela ocorreu nas regiões metropolitanas (38%). Já na comparação entre os óbitos, 53% ocorrem nas localidades do interior e 47%, nos grandes centros urbanos.

Variação de casos e óbitos entre as semanas epidemiológicas 36 e 37
Variação de casos e óbitos entre as semanas epidemiológicas 36 e 37 – Ministério da Saúde

Testes

Até o momento, foram distribuídos aos estados 6,6 milhões de reações de testes laboratoriais (RT-PCR). Os laboratórios públicos processaram 3,4 milhões de exames. A rede privada realizou 2,5 milhões de testes, totalizando 5,9 milhões. Já os testes rápidos (sorológicos) totalizaram até agora 8 milhões.

Veja entrevista coletiva na íntegra:

*Texto alterado às 18h51 para acréscimo de informações. 

Edição: Liliane Farias

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia