Fotos Carlos Mascarenhas, montagem R2CPRESS.

Não entendo por que as praias aterradas passaram para as mãos da CODEBA, mas isso é outro assunto.

O fato é, que depois de expulsar os pescadores que abrigavam seus barcos atrás do ‘espigãozinho’, a CODEBA nada fez com a área.

E agora me chega a notícia que no próximo ano, 2012, acaba o comodato do terreno onde se encontra o Moinho da BUNGE.

Fica no ar a pergunta:

– Vai ser mais um ‘elefante branco’ em Ilhéus, que vai se transformar em abrigo de moradores de rua, como hoje é a Biblioteca Municipal?