No ‘Baile da Ilha Fiscal’.

E a pobreza que se lasque, dizia Baianinho…

Tá bom assim?