WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 18/jan/2020 . 11:11

MALHA FINA DO JORNAL ‘A REGIÃO’


18.Janeiro.2020

Mané, o perseguido

Dizem que Mané 100 começou a concorrer nas licitações do Hospital de Base mas, ao conferir a documentação, o leiloeiro viu que estava tudo ilegal. Mané 100 procurou o amigo Cuma para se queixar que estava “sendo perseguido”.

“Olha a laranja! Olha a laranja!”

O prefeito ficha suja deu um jeitinho de arranjar um laranja para ganhar as licitações no lugar de Mané 100 para o fornecimento de marmitas e lanches. Mané, que não gosta de guardar segredos, saiu contando a façanha para todo mundo.

Engana e tripudia

O prefeito ficha suja Fernando Cuma, em conversa com amigos, falou que conhece a população de Itabuna e que ela “é fácil de enganar”. Tem razão. Ficou três anos sem fazer nada pela cidade e agora, com um pouco de asfalto, viu todos satisfeitos.

Não vai sobrar nem poeira

colegio cisoO Exterminador de Escolas e governador da Bahia Rui Costa continua fazendo estragos. Em sua sanha para acabar com a estrutura escolar, desta vez Rui causou o fechamento do tradicional Colégio Ciso, de Itabuna. E o colégio é de um aliado…

Facada nas costas

O Ciso, que é dirigido pelo petista Junior Brandão, teve o contrato com o estado cancelado pelo “cumpanhêro” Rui Costa sem dó nem piedade. Brandão viu o legado de seu pai ser jogado no lixo pelo mesmo governador que ele apoia e ajudou a eleger.

Tem caroço nesse angu

O governador do PT vem acabando com colégios estaduais em toda a Bahia e a conta já passa de 100. Outra vítima que gerou protestos foi o Colégio Odorico Tavares, em Salvador, cujo terreno será vendido, às pressas, para particulares.

Marão, o sensação

O prefeito de Ilhéus, Valdeniltom Marão, disse uma vez que é “mais esperado que os artistas” nos eventos. Pelo menos na Lavagem das Escadarias da Catedral de São Sebastião ele foi mesmo. Mas era esperado para ser vaiado na porta.

Marão, o “ovacionado”

Um grupo de servidores, dos 300 que Marão demitiu depois de prometer não fazer isso, apareceu com faixas de “Marão, o traidor” e “Marão, o mentiroso” e vaiou o alcaide até acabar a voz. Não adiantou a claque levada poe ele tentar aplaudir.

Mala preta no bagageiro

O marajá de Itabuna (R$ 30 mil por mês), que não anda de ônibus há mais de 60 anos, vai autorizar mais um tapa na cara do cidadão, autorizando um novo aumento na passagem de ônibus, alegando “que está previsto no contrato de concessão”.

Não cumpriram nada

Mas também está no contrato que as empresas já deviam ter construído duas estações de transbordo, criado a passagem única de integração e dotado os ônibus de ar-condicionado. Mas para essa coisas o contrato de concessão, pelo jeito, ‘não vale’.

Discurso de enganação

A desculpa do Coronel Banana, que manda na “ag?ncia reguladora” sem ter capacitação, é de que o contrato “determina que haja revisão ordinária da tarifa a cada três anos, ou quando houver disparidade no número de passageiros estimado”.

Justo só pra eles

É vago suficiente para voce? Essa “disparidade” pode ser qualquer coisa que ele decidir. A nota oficial da agência ainda diz que chegará a um “valor justo para todos”. Valor justo para o cidadão seria R$ 2,50. Mas querem R$ 4,50.

Vai pagar o táxi?

A sanha do governador Rui Costa de fechar escolas atingiu também o Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães, do bairro Mangabinha. O estado dá como alternativa aos estudantes mudar para o Estadual de Itabuna… que fica do outro lado da cidade.

Obra enterrada por Rui

rui mentiraUm advogado de Salvador questionou o Dnit sobre a enroladíssima duplicação da BR-415 entre Itabuna e Ilhéus. A resposta foi que o Dnit não conseguiu informação alguma com o Governo da Bahia, que ficou responsável pelo projeto da obra.

A mentira das obras

Rui Costa assinou duas vezes uma “ordem de serviço” da obra que não existia (fraude) e ainda arrotou que se o governo federal não construísse, ele ia fazer a obra “com o dinheiro do estado”. Isso foi em 2017 e até hoje nem um prego foi batido.

Tem que responder na urna

Neste ano tem eleição para prefeitos, muitos com apoio do governador, e temos certeza de que Rui vai aparecer por aqui para assinar outra “ordem de serviço” fantasma. Tomara que o eleitor saiba dar nas urnas a resposta que Rui merece.

Somando e crescendo

O médico Antonio Mangabeira, que os adversários diziam que só teria o PDT na eleição, já tem três partidos fechados com ele, mais dois em conversas adiantadas. Ele quer chegar a 12, mas será difícil, por causa da dependência de Rui Costa.

Dois já estão fora

O PRB, por exemplo, é do ex-prefeito Vane, que quer sair candidato com apoio do PT ou virar vice de Fernando Cuma para ajudar um pastor do partido. No MDB, o quase presidiário Lúcio Veiria Lima troca farpas e faíscas com Mangabeira.

As biomentiras do estado

No ano passado o Governo do Estado soltou mais uma daquelas fake news sobre a Biofábrica, de que estaria sendo ampliada e passaria a oferecer outros serviços e mudas. Tudo muito bonito, mas tudo muito falso, como a realidade mostrou.

Insustentável

A Biofábrica fechou o escritório de Itabuna porque não conseguia pagar as contas. A maior parte dos funcionários está com vários meses de salário atrasado e sem 13º, fornecedores não vêem a cor do dinheiro. Se fosse privada tinha falido.

Pelo menos promete

O prefeito de Ilhéus, Valdenilton Marão, nem sempre faz as obras que anuncia, como a Vila Gastronômica ou a nova feirinha da Guanabara. Mas pelo menos promete usar a verba extra (R$ 7 milhões) do pré-sal na recuperação da orla norte.

Esse esconde a grana

Já o marajá de Itabuna (R$ 30 mil por mês) esconde o destino dos mais de R$ 8 milhões que recebeu do Governo Federal pelo mesmo repasse do pré-sal. Cuma faz de conta que não recebeu para ver se a gente esquece. Talvez a grana seja comida pelos ratos…

Aumentando o pirão

Mostrando o descaso que eles têm com a população, os vereadores de Ilhéus aprovaram salário de R$ 12.661 para quem se eleger em outubro para a Câmara. Isso para trabalhar por poucas horas, só três dias na semana – quando trabalham.

Emprego dos sonhos

Não é a toa que todo mundo quer disputar o cargo. Além do salário gordo e de trabalhar quase nada, vereadores contam com mordomias e diárias até para visitar a vizinha Itabuna. Depois de eleitos, ainda ganham um “extra” do prefeito.

Recado na cara

Conversa quente em um café de Itabuna, entre Mané 100 e Raimundo do Caixão… Mané falou que Raimundo, quando foi diretor do Hospital de Base, sabia de todos os roubos praticados ali e que participou de todos. “É ladrão também”, disparou.

Português difícil

Em outra conversa no mesmo café, Raimundo do Caixão falou que ele e o prefeito ficha suja Cuma “são do mesmo pantanal”. Ao ser questionado se tinham adquirido terras por lá e diante da negativa, se descobriu que ele queria dizer… “patamar”.

Bolsonaro sanciona Orçamento com fundo eleitoral de R$ 2 bi

Anúncio foi feito pelo ministro Jorge Oliveira no Twitter

Publicado em 18/01/2020 – 08:59

Por Wellton Máximo – Repórter de Agência Brasil  Brasília

O presidente Jair Bolsonaro sancionou sem vetos a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020. O anúncio foi feito ontem (18), pouco antes das 23h, pelo ministro-chefe da Secretaria-Geral de Governo, Jorge Oliveira, num post na rede social Twitter.A expectativa é que a publicação saia no Diário Oficial da União de segunda-feira (20). O Orçamento, o primeiro elaborado durante a gestão de Bolsonaro, foi sancionado com o fundo de R$ 2 bilhões para o financiamento de campanhas eleitorais.

Com previsão de receitas e despesas totais de R$ 3,687 trilhões para 2020, a LOA foi aprovada em 19 de dezembro pelo Congresso Nacional. O texto tinha até 30 dias para ser sancionado.

O Orçamento deste ano destina R$ 2.375,8 trilhões para o Orçamento Fiscal, R$ 1.189,7 trilhão para a Seguridade Social, e R$ 121,4 bilhões para os investimentos das estatais. Para a rolagem (renovação) da dívida pública, estão reservados R$ 917,1 bilhões.

A LOA projeta cotação média do dólar a R$ 4 e crescimento de 2,32% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país). A inflação oficial pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), está prevista em 3,53% neste ano. A meta da taxa de juros básica, a Selic, é de 4,40%. A meta fiscal para o déficit primário do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) ficou em R$ 124,1 bilhões, ante R$ 139 bilhões em 2019.

Este será o quarto exercício financeiro consecutivo de cumprimento da emenda constitucional do teto dos gastos, que limita o crescimento das despesas públicas pelos próximos 20 anos. Em 2020, as despesas primárias não poderão ultrapassar R$ 1.454.470,30.

Edição: Bruna Saniele

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia