WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 22/nov/2019 . 17:53

PODER SEM PUDOR – DIÁRIO DO PODER

Profissão: genro

Profissão: genro

O governador Plácido Castelo perfilou o secretariado no aeroporto, ao receber o marechal Castello Branco na primeira visita a Fortaleza após o golpe de 64. Castello parou diante do chefe da Casa Civil, de 21 anos: “Você é muito jovem, qual a sua profissão?” O rapaz informou que era jornalista, enquanto Castello balbuciava admirado: “…muito jovem, muito jovem…” Aí o secretário garotão complementou,. confessando: “…e genro, presidente!” Castelo Branco deu uma sonora gargalhada. Estava diante de Dário Macedo, jornalista que depois faria carreira de sucesso em Brasília.

Santo candidato

Santo candidato

Em visita à Bahia, nos idos de 1936, quando o País especulava sobre sucessão presidencial, Getúlio Vargas ouviu o governador Juracy Magalhães, em um discurso, traçar o perfil ideal de candidato, que para ele deveria ser paciente, honesto, corajoso, empreendedor, prudente, generoso etc. Na viagem de volta, dia seguinte, Getúlio cutucou o genro Amaral Peixoto: “Já sei quem é o candidato de Juracy….” Peixoto arriscou: “Acho que é ele mesmo”. Getúlio concluiu, às gargalhadas: “Não, só pode ser o Senhor do Bomfim!”

Ministro Luiz Eduardo Ramos lança nova identidade visual da EBC

Publicado em 21/11/2019 – 16:37

Por José Romildo – Repórter da Agência Brasil  Brasília

Em cerimônia realizada simultaneamente na sede da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) em Brasília, no Rio de Janeiro e em São Paulo, e com a presença de dezenas de empregados, o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Luiz Eduardo Ramos, lançou hoje (21) a nova identidade visual da empresa.O ministro parabenizou o presidente da EBC, Luiz Carlos Pereira Gomes, pela gestão que vem implementando e pela nova identidade visual da empresa. “É uma alegria eu me sentir parte de uma equipe vitoriosa”, afirmou. “Eu, como ministro da Secretaria de Governo, sei que a Empresa Brasil de Comunicação é uma joia rara, que nós todos amamos”, acrescentou Ramos. O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, também participou do lançamento.

O presidente da Empresa Brasil de Comunicação, Luiz Carlos Pereira Gomes,A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) ganha hoje (21) uma nova identidade

O ministro Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, o presidente da EBC, Luiz Carlos Pereira Gomes, e o porta-voz Otávio Rêgo Barros – Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A nova identidade visual engloba todos os seus veículos de comunicação da EBC, entre eles, a Rádio Nacional, a Agência Brasil, a Rádio MEC e o aplicativo EBC Play. “Os objetivos da mudança foram proporcionar mais força à marca e aumentar a unidade da EBC. As marcas ganham a partir de agora uma similaridade gráfica que as consolidam como membros de uma mesma família”, destacou Pereira Gomes.

Segundo o presidente, as mudanças por que passa a empresa “estão inseridas nos objetivos de alcançar a modernidade, a eficiência, a sustentabilidade econômico-financeira e a ampliação e melhoria dos serviços públicos de radiodifusão prestados à população brasileira.”

O presidente da Empresa Brasil de Comunicação, Luiz Carlos Pereira Gomes,A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) ganha hoje (21) uma nova identidade

O presidente da EBC, Luiz Carlos Pereira Gomes – Marcello Casal Jr./Agência Brasil

As novas marcas são resultado de um processo de alinhamento estético e conceitual realizado desde abril de 2019, mês em que foi lançada a logomarca da TV Brasil, considerada a matriz da identidade. O objetivo é construir uma unidade visual que facilite o reconhecimento da EBC e gere uma aproximação com o público.  Participaram do processo de alinhamento as diretorias de Jornalismo, de Tecnologia, de Programação e a Diretoria-Geral.

Homenagem

Durante a cerimônia, o ministro Luiz Eduardo Ramos e diretores da EBC fizeram uma homenagem aos funcionários mais antigos da empresa. Em Brasília, o homenageado foi o empregado Edson de Jesus Nery, que tem 53 anos de casa. Em São Paulo e no Rio, os homenageados foram, respectivamente, Priscila Eugênia Trevisan Cestari  e Antonio Paulo Gonçalves Souza.

Edição: Juliana Andrade

Aliança pelo Brasil faz questão de se definir como partido de direita, e democrático

Secretário-geral Admar Gonzaga destacou que ser de direita não é atentar contra a democracia

O presidente Jair Bolsonaro fez questão de definir claramente a cor ideológica do Aliança pelo Brasil, partido que criou nesta quinta (21). “Trata-se de um partido de direita”, afirma o secretário-geral Admar Gonzaga, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), “que fique bem claro!” Quando criados, os mais de trinta partidos no Brasil sempre citaram “compromissos sociais” para fingir que não são conservadores. O Aliança nasce com a pretensão de se transformar no maior do País. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Em seu programa, o partido anunciou que será o primeiro a adotar regras de compliance, como uma blindagem à corrupção.

O partido será conservador nos costumes, na defesa da vida, da família com o “combate à ideologia de gênero e à erotização da infância”.

Notícias Relacionadas

A defesa da democracia é outro princípio do novo partido, diz Admar Gonzaga. Ser de direita, lembra ele, não é atentar contra a democracia.

STF consultou grupo internacional antes do julgamento da polêmica sobre ex-Coaf

Toffoli mandou a Paris comissão de alto nível para esclarecer no Gafi e OCDE a posição do Brasil

Nove dias depois da reunião de Paris, Toffoli recebeu em Brasília, para um olho-no-olho, o eslavo Drogo Kos, dirigente do Gafi. Tudo em paz.

Toffoli mandou a Paris uma comissão formada por um juiz federal, um diplomata e um advogado, para a conversa esclarecedora com o Gafi.

Notícias  Relacionadas

Os assessores do STF foram também à sede da OCDE, por acaso no mesmo prédio do Gafi, para idênticos esclarecimentos. Tudo certo.

O “freio de arrumação” do STF, segundo Toffoli, teve o objetivo de impedir “investigações de gaveta para assassinar reputações”.

Bom desempenho no Enade pode ajudar a conseguir emprego, diz Inep

Publicado em 22/11/2019 – 05:49

Por Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil  Rio de Janeiro

Um bom desempenho no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) pode trazer benefícios na hora de conseguir um emprego, de acordo com o presidente substituto do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Camilo Mussi. Neste domingo (24), cerca de 435 mil estudantes do ensino superior estão inscritos para fazer o exame. As provas serão aplicadas em 1.063 municípios. 

“É importante que o aluno que vai fazer o Enade tenha noção de que o exame é um dos elementos usados para avaliar a instituição em que ele se formou”, disse Mussi. “É importante ter noção de que entrevistas [de emprego] e de mercado de trabalho avaliam isso, se aluno estudou em uma instituição boa”, acrescentou.

O Enade é um exame feito por estudantes – ao final dos cursos de graduação – para avaliar conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso.

O estudante precisa fazer o exame para colar grau e receber o diploma, mas não existe a obrigação de uma nota mínima para que ele seja aprovado. Alguns estudantes acabam, portanto, não se dedicando ao exame, segundo o Inep. 

Na última avaliação, em 2018, a média geral das notas dos estudantes da maior parte dos cursos avaliados foi menor que 50 pontos, em uma escala que vai até 100. 

Esse desempenho reflete na avaliação da qualidade das instituições de ensino superior, já que o exame é um dos componentes dessa avaliação, que leva em consideração também o Questionário do Estudante, de preenchimento obrigatório para quem vai fazer o Enade, a infraestrutura das instituições, o corpo docente, entre outros critérios. 

Mussi incentiva os estudantes a se prepararem para a prova pois, com um bom desempenho, eles podem dizer que saíram “de instituição que teve uma boa nota no Enade e uma boa avaliação institucional”.

Melhores desempenhos

O MEC estuda ainda outras formas de tornar o Enade mais atraente. Uma delas é divulgar os nomes dos estudantes que tiveram os melhores desempenhos no exame. A intenção é tornar público apenas os nomes daqueles que acertaram mais de 60% da prova. Não será divulgada a nota específica, mas a faixa de acertos. 

De acordo com o presidente substituto, isso ainda não deverá ser implementado nesta edição, pois é necessário que os participantes estejam cientes das regras e que permitam essa divulgação. A divulgação deverá ser implementada “nos próximos exames”, disse. 

Para este domingo, Mussi afirmou que já está tudo pronto para a aplicação e que as provas já foram distribuídas. “É importante visualizar o local de prova e planejar com antecedência como chegar a ele, para que não se atrase devido à ausência ou redução do transporte público”, recomendou. 

O local de prova está disponível no Cartão de Confirmação de Inscrição, que pode ser acessado no Sistema Enade.

Neste ano, o Enade avaliará os cursos das áreas de ciências agrárias, ciências da saúde e áreas afins; engenharias e arquitetura e urbanismo; e os cursos superiores de tecnologia nas áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e de segurança.

Edição: Kleber Sampaio

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia