WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 2/nov/2019 . 17:00

Reforma administrativa deve mudar estabilidade de novos servidores

“A ideia é daqui para frente, para os futuros concursados não teria estabilidade”, disse o presidente ao deixar o Alvorada

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (2) que está quase tudo pronto para a apresentação da reforma administrativa ao Congresso e que o governo estuda mudar a estabilidade dos novos servidores públicos. “A ideia é daqui para frente, para os futuros concursados não teria estabilidade, essa é a ideia que está sendo estudada”, disse ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã deste sábado.

De acordo com o presidente, para algumas carreiras típicas de Estado, entretanto, esse direito seria preservado. “Eu não posso formar, por exemplo, um sargento ou um capitão das forças especiais e depois mandar ele embora. Tem que ter formação específica para aquela atividade, bem como outras dos servidores civis.” Atualmente, os servidores públicos estatutários têm direito à estabilidade no cargo após três anos de atividade.

Na próxima semana, Bolsonaro pretende ir ao Congresso entregar novos projetos para serem analisados pelos deputados e senadores. Ele não detalhou, entretanto, qual reforma será apresentada primeiro. “A que for menos difícil tem que ir na frente. O [ministro da Economia] Paulo Guedes gostaria que as três [previdenciária, administrativa e tributária] já tivessem aprovadas”, disse. Um novo pacto federativo com estados e municípios também é prioridade para o governo e deve ser proposto em breve.

NotíciasRelacionadas

As medidas do governo para simplificação da máquina pública e desregulamentação do ambiente de negócios, segundo Bolsonaro, objetivam o aquecimento da economia e a geração de empregos. “Quem cria emprego é a iniciativa privada e, para tal, quem produz tem que ter menos burocracia. Temos que botar de forma mais competitiva nos portos produtos para exportação”, disse.

A diminuição da carga tributária também está no radar do Ministério da Economia, segundo o presidente, mas não deve ser feita “de uma hora para outra”. “Essa reforma tributária é muito importante. O que encarece no Brasil são os impostos. Vou apelar aos governadores, se for possível, sei que vivem apertados, [para que] diminuíssem essa média de 30% de ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços] no combustível, cria mais emprego, se consome mais o que é nosso aqui dentro. Por isso que o etanol de fora é competitivo, lá fora quase não tem imposto”, disse, lembrando que parte do etanol consumido no Brasil é importada.

Nova moto

Jair Bolsonaro deixou a residência oficial hoje acompanhado do ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, que estava pilotando uma moto da marca Harley-Davidson. O presidente foi retirar uma moto nova que comprou em uma loja no Setor de Industria e Abastecimento, a cerca de 20 quilômetros do Palácio da Alvorada.

Jair M. Bolsonaro

?@jairbolsonaro

Hoje busquei minha moto na concessionária. Motocicleta, paraquedismo e mergulho sempre foram minhas paixões. Bom fim de semana a todos. Irrúúú!

7.889 pessoas estão falando sobre isso

Bolsonaro disse que pagou a moto com o próprio dinheiro, uma Honda NC 750x, na cor azul. O preço anunciado no site da Honda é R$ 33.980. (ABr)

NÃO É UMA BOA IDEIA PROCESSAR BLOGUEIRO.===>>>05-02-2011

As vezes o assunto já está quase enterrado, esquecido, e um processo pode trazer tudo à tona, e com riquezas de detalhes.

Vejam o caso da Deputada Ângela Sousa processando Emílio Gusmão.

Isto suscitou uma série de indagações, como:

Por onde anda Augusto Macêdo?

Foi exonerado, alguém viu no Diário Oficial?

Por que Mário Alexandre se desvencilhou rapidamente da companhia do seu fiel escudeiro, e agora anda serelepe ao lado do novo secretário?

Tudo o que aconteceu, acontece e pode ainda acontecer, dentro da Secretaria de Assistência Social, é de responsabilidade sim, da Deputada Ângela Sousa e de seu filho Mário Alexandre-Vice Prefeito.

Pois na extrema gulodice por cargos, a SAS é de porteira fechada do comando da dupla.

Tribunal Marítimo pode mandar arrestar navio grego que derramou óleo

Decisão, caso seja tomada, deve ser cumprida em qualquer porto ou país em que o Bouboulina atracar

Cabe ao Tribunal Marítimo do Brasil julgar os acidentes e fatos da navegação e pode também aplicar penas como multas e arresto.

O presidente do Tribunal Marítimo é o Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, da Marinha brasileira.

Cada país tem o próprio tribunal marítimo, mas todos estão subscritos à Organização Internacional Marítima, órgão das Nações Unidas.

Satélites dos EUA e até a CIA ajudaram o Brasil a identificar navio poluidor

Boa relação entre Bolsonaro e Trump foi fundamental para uso de satélites militares

Satélites norte-americanos sobre o Atlântico ajudaram autoridades brasileiras a identificar o navio petroleiro grego que inundou o mar de petróleo, poluindo a costa brasileira. A CIA, agência central de inteligência dos Estados Unidos, que monitora o bloqueio econômico à ditadura da Venezuela, também foi acionada pelo presidente Donald Trump, em atenção ao amigo Jair Bolsonaro, para ajudar na busca. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

São de natureza estratégica (militar) e meteorológicos os satélites que auxiliaram o Brasil a identificar o petroleiro grego Boubloulina.

Para fornecer rotas de petroleiros satélites americanos continuam a “refinar” imagens captadas entre de julho e setembro.

A agência de segurança de aviação dos EUA foi muito demandada na época do desastre do Airbus da Air France, que desapareceu no mar.

O desastre do Airbus levou os EUA a refinarem dispositivos de leitura ótica dos satélites, melhorando muito a qualidade das imagens.

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
novembro 2019
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia