Antes de ser preso novamente, José Dirceu esteve em Ilhéus, junto com seus correligionários, traçando estratégias e ditando as coordenadas.

O lançamento do livro foi só um álibi.

José Dirceu (PT) e correligionários.