Hoje sai da toca, muito cedo, era madrugada ainda, tinha que dar o recado porque finalmente sai da floresta nacional. Com uma tabuleta nas mãos e sem destino, nesta terra onde o fogo pinga e me deparei com uma área derrubada, devastada e queimada.

Uma placa de 1936, chamuscada pelo fogo, informava que seu apelido era Praça Cairu. No meio dos destroços estava lá o Nêgo Véio, falastrão como sempre, definiu pra mim, aquela situação e nas palavras dele: “esta praça é a rainha da Inglaterra, a intocável, a poderosa e dona do pedaço. Nenhum, no seu juízo normal tenta ou se atreve a incomodá-la.

Aqui Pinga Fogo, tem um aterro sanitário que o governante chama carinhosamente de Feirinha da Guanabara, tem duas praças de fobicas, uma praça de mobiletes com motos sem boys, numa esquina sem dobradiça e um montão de mascate, que entre eles mesmos e o povão de Deus, se enganam no meio dos urubus. Ah! Seu Pinga Fogo, aqui o bicho corre solto com a pule na mão e um copo de mingau na outra.

Seu Pinga, se seu tempo de estreia for de 24 horas, vai assistir neste giratório daqui à pouquinho, os sindicalistas, a polícia militar, a Secretaria da Fazenda Estadual, com apitos, batuques, numa blitz organizada, que inferniza a vida dos que trabalham para sustentar este bando de gente fina.

Seu Pinga Fogo, hoje numa rádio da cidade, o chefe maior, nomeado de Fiscal do Governador da Bahia, repetiu sua promessa de 2016 – VOU ACABAR COM A FEIRINHA DA CAIRU. Seu projeto mixuruca já desbotou dentro de uma gaveta de um consultório médico, e a praça geme de dor.

E Nêgo Véio começa a tremer, prestes a dar uma caruara, só teve tempo pra jogar seu cachimbo fora, enquanto naquele momento munidos de paus e pedras, a tropa de elite do chefão governante, partiu pra cima do Pinga Fogo, e ali mesmo, deram a sentença final.

Na mesma placa de 1936, o Pinga Fogo, debochou com suas escritas com a seguinte frase: se o governo grandalhão, acha que o Tempo ainda é De Alegria é porque tem muita grama no bolso da praça.

Vou girar…

 Pinga Fogo.

Famosa Feirinha do Guanabara -Centro