INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA22 de Julho de 2019

Em transmissão pela internet, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, Tarcísio Gomes de Freitas disse que concessão à iniciativa privada deve ser feita no início de 2020

POR REDAÇÃO GLOBO RURAL

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou, na última quinta-feira (18/7), que as obras da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) estão indo bem e a concessão para a iniciativa privada deve ser feita no início de 2020. Ele participou da transmissão semanal pela internet feita pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Deve ser concessionada no início de 2020, mas as obras vão ter continuidade com recursos garantidos pelo governo federal”, disse o ministro, ao lado do presidente.

+ Sindag cobra Petrobras sobre normalização do abastecimento de combustível
Paranaguá prevê ganho operacional de 25% com aumento de calado

Estão previstos também outros 505 quilômetros de estradas de ferro entre Barreiras e Figueirópolis (TO) o Fiol 3, em fase de revisão de estudos e projetos. A expectativa é de que, quando concluída, a obra beneficie os exportadores de minério de ferro da região sul da Bahia e de grãos do oeste do Estado e sudeste de Tocantins.

O plano de concessão do governo federal inclui apenas o trecho Fiol 1. O Ministério da Infraestrutura informou que o processo está na fase final de audiências públicas na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para posterior envio da documentação ao Tribunal de Contas da União (TCU).

Veja a matéria completa, clicando aqui.