A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna recebeu ontem, 09/07, a doação de um respirador para a UTI Neonatal do Hospital Manoel Novaes. A doação foi uma iniciativa da FASA – Faculdade Santo Agostinho, que integra o Grupo Afyia Educacional e foi entregue pelo diretor geral, Dr. Lácio César Gomes da Silva e pela Dra. Mércia Margotto, coordenadora do curso de Medicina.

Para a diretora técnica do Novaes, Dra. Fabiane Chávez, a vinda de mais um aparelho respirador vai contribuir muito para os bebês, em especial, os prematuros, que possuem dificuldade para respirar sozinhos. “Esse é um aparelho que não temos em quantidade suficiente pra atender todas as crianças. Com certeza, vai ajudar bastante o nosso trabalho”, diz. 

Segundo ela, os bebês que nascem com peso abaixo de 1000 gramas dependem do aparelho para respirar durante muito tempo. “Temos 21 leitos de alto risco em funcionamento e 10 respiradores. É uma quantidade insuficiente para o número de pacientes”, conta.

O diretor da FASA de Itabuna, Lácio Silva disse que esse é um compromisso assumido pelos antigos donos da faculdade e agora pelo grupo Afya. “Uma faculdade de medicina tão importante para a Bahia e para essa região tem que ter a possibilidade de retorno à comunidade através de equipamentos, projetos sociais e ações. O equipamento vai contribuir de forma significativa para a saúde das crianças de Itabuna”, comenta.

Dra. Mércia falou que o Grupo Afya cumpre mais uma vez o seu papel social e o seu compromisso com a comunidade. “Esse aparelho representa a salvação de muitas vidas de crianças”, pontua.

O provedor da Santa Casa, Eric Júnior, expressou sua gratidão pela doação do Grupo Afya e da Faculdade Santo Agostinho. “Quero agradecer ao Dr. Lácio e Dra. Mércia, pois, esse equipamento vai servir para a nossa UTI Neonatal, que é a única da região que atende crianças recém-nascidas que precisam de um suporte intensivo de vida”, destaca.

Eric comentou ainda, que o respirador chegou em boa hora para fazer um tratamento de excelência em crianças que não conseguem respirar sozinhas e precisam de um equipamento para esse auxílio. “A gente fica muito feliz com essa parceria. A Santa Casa está contente e de portas abertas para a Faculdade Santo Agostinho”, conclui.

Chegada do respirador neo-natal.