WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 5/abr/2019 . 18:00

O VENENO DA NOITE!

Um Prefeito fraco, ainda assim é uma autoridade.

Se convocar para participar de pantomimas, tem que ir…

Greve de professores não vai trazer soluções, só ‘promover lideranças sindicais’, diz Rui

Petista disse que a posição se deve à situação orçamentária do Estado, que está no limite

Foto : Manu Dias/GOVBA

Por Juliana Almirante no dia 05 de Abril de 2019 ? 13:00

O governador Rui Costa (PT) criticou, durante coletiva à imprensa, neta sexta-feira (5), a greve de professores das universidades estaduais, deflagrada pela categoria em assembleia na quinta-feira (4).

“Nós não encontraremos soluções com manifestações grevistas. Você pode ter no máximo fortalecimento de liderança sindical que busca se afirmar nesse momento. A única coisa que conseguiremos com a greve, eventualmente, é promover lideranças sindicais. Fora isso, a situação, na minha opinião, só vai se agravar”, avaliou o governador, durante o lançamento do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023.

O petista disse que a posição se deve à situação orçamentária do Estado, que está no limite, segundo ele. 

“Temos sete estados que arrecadam mais que a Bahia, seja valor absoluto, seja per capita, e estão com decreto de calamidade financeira. Outros não estão com decreto, mas estão no fio da navalha. Estamos no limite da nossa capacidade financeira no sentido de contratação e remuneração de pessoal”, disse Rui. 

Os professores, que contam com apoio de estudantes, pedem reajuste salarial e o cumprimento dos direitos trabalhistas, a exemplo das promoções na carreira, progressões e mudança de regime de trabalho.

Eduardo Salles afirma que Decreto publicado pelo governo federal decepcionou a agropecuária

DEPUTADO ESTADUAL EDUARDO SALLES

Publicado nesta quinta-feira (4) no Diário Oficial da União, o Decreto 9.744/2019 foi classificado de “decepcionante” pelo deputado estadual Eduardo Salles. O parlamentar afirma que o novo documento não resolve os problemas.

Na última quarta-feira (3) o parlamentar baiano participou na Câmara dos Deputados de audiência da Comissão de Minas e Energia e teve do governo a promessa que o problema seria solucionado.

Eduardo Salles explicou, em vídeo divulgado nas suas redes sociais, que o Decreto “só minimiza o problema neste momento, permitindo a cumulatividade somente para o grupo B (abaixo de 75 kilowatts), mas depois de cinco anos o produtor volta a perder o subsídio, o que vai inviabilizar a agropecuária brasileira com aumento de 43% na conta de energia”, explica o parlamentar.

Eduardo Salles diz que é necessário suprimir o artigo primeiro do parágrafo quatro do Decreto 9.642/2018, que retira 20% ao ano o subsídio na conta de energia até zerar o benefício em cinco anos.

“A lei que permite o horário reservado noturno oferece desconto aos grandes produtores (acima de 75 quilowatts) de 90% e aos pequenos (abaixo de 75 quilowatts) de 73%. É lei. O Decreto 9.642 acaba com a cumulatividade dos descontos, retirando 10% para os maiores (grupo A) e 30% para os pequenos (grupo B)”, esclarece Eduardo Salles.

“O que fez a equipe econômica com o Decreto 9.744: o grupo A ele não mudou nada, deixando igual ao Decreto 9.642, e o grupo B acabou com a cumulatividade e não revoga o parágrafo 4 do artigo primeiro que reduzia o desconto anual de 20% ao ano, deixando o produtor, daqui a cinco anos, com a perda de 43%”, reclama.

“Nós não aceitaremos essa situação. Queremos que o governo revogue o artigo 4 do primeiro parágrafo do Decreto 9.642/2018. Vamos lutar ao lado dos deputados federais, senadores e as entidades. Iremos às ruas e faremos pressão para revogar esse absurdo que prejudica a agropecuária brasileira”, garante Eduardo Salles.

O deputado estadual culpa exclusivamente a equipe econômica do governo federal pelo problema causado à agropecuária.

“Gostaria de ressaltar a importância do trabalho da ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Ela sempre esteve ao lado dos produtores e se mantém na luta para derrubar esse Decreto absurdo”, finalizou.

ASCOM – Deputado Estadual Eduardo Salles

CURTA A FANPAGE – www.facebook.com/eduardosalles2014

SIGA NO INSTAGRAM – @eduardossalles

ACESSE O SITE – http://eduardosalles.com.br/

CONTATOS – (71) 3115-5543 / (71) 3115-5588

SOBRE A DEMISSÃO DOS SERVIDORES.

Alto lá !

Está mais do que na hora de uma mobilização na mídia da capital , manifesto de entidades da sociedade civil, atos na Porta da Assembleia e outros espaços.
O tempo está passando , o prefeito desrespeita o Tribunal e protela a decisão. As movimentações jurídicas do governo indicam o fim desejado, o desemprego de centenas de famílias.
As lideranças sindicais, por mais que digam ao contrário, agem de forma tímida diante da gravidade do quadro.
É só lembrar, em 2013 paralisaram a cidade em uma greve geral de quase 100 dias.
E não havia demissão de um único servidor.
O ato desumano desse governo está se consumando.
Sem forte mobilização não haverá VITÓRIA.

Jabes Ribeiro

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
abril 2019
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia