Luiz Henrique Uaquim – Foto: Google

A despeito dos últimos governos instalados em Ilhéus, há mais de trinta anos só temos pinturas em meio-fios, reformas meia-boca de postos de saúde e escolas, troca de lâmpadas e contratação de empresas dos seus próprios apaniguados. Dos governos estaduais, só ganhamos uma QUASE ponte, um QUASE hospital e fechamentos diversos de escolas, hospitais, Cesta do Povo, etc.
Acreditamos que não devemos avaliar essas administrações pela péssima qualidade dos seus feitos, mas pela eficiência com que cuidaram das tesourarias. Devemos questionar sim, o destino que se deu às arrecadações, tão prejudicadas pela falta de desenvolvimento econômico.
Ao que tudo indica, incompetentes em amealhar fundos em proveito próprio, nossos últimos governantes municipais não foram.
1- O que tem sido feito para melhorar a mobilidade da população, principalmente nos morros, nos novos bairros e nos distritos?
2- O que tem sido feito pela zona rural, que necessita de estradas para desenvolver-se?
3- O que tem sido feito pela geração de novos empregos?
4- O que se tem feito pela recuperação da lavoura cacaueira, o maior vetor de desenvolvimento cultural, social e econômico da cidade?
5- O que se tem feito para evitar os grandes e vergonhosos alagamentos em todo centro e lugares importantes dessa cidade, como Av. Soares Lopes, Av. Bahia, Av. Canavieiras e tantas outras localidades, senão gambiarras sem responsabilidade alguma com a solução definitiva dos problemas?
6- O que se tem feito para se mitigar a insalubridade da nossa Central de Abastecimento, senão promessas e mais promessas? Sequer um guarda-corpo fora colocado ao longo do canal de fezes que margeia a feira de alimentos da população.
7- O que se tem feito pela saúde nesses últimos trinta anos, senão as intermináveis reformas, superfaturadas, e a irresponsável atuação permitindo o fechamento dos hospitais Sta. Isabel e Regional? Perdemos 320 leitos que funcionavam e ganhamos 180 que ainda não funcionam.
8- O que se tem feito, para incrementar o turismo, que gera renda e empregos?
9- O que se tem feito para resgatar o esporte profissional da nossa cidade? Hoje, nem a iluminação do ginásio de esportes Herval Soledade nem a grama do estádio Mário Pessoa estão em condições da prática esportiva.
Ex-prefeito e prefeito, o sujo falando do mal lavado, induzem o povo a optar pelo menos ruim, de novo.
Logo, ou aprendemos a votar ou continuaremos vendo o suor dos ilheenses e baianos se esvaírem pelo ralo.
Estas as nossas convicções
Luiz Uaquim