WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 28/fev/2019 . 18:00

O VENENO DA NOITE!

Dizem que os opostos se atraem.

Será que os traquinos também?

O PROSCRITO MST USANDO PARTIDECOS INEXPRESSIVOS PARA SUAS MANIFESTAÇÕES TERRORISTAS

“Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sofre atentado e quase linchamento em Porto Seguro na Bahia”


Nesta quarta feira(27/02) próximo as 12:00 na saída do Ministro Ricardo Salles a uma visita em uma unidade de conservação em Porto Seguro no Estado da Bahia, o Ministro juntamente com mais 3 integrantes do MMA, foram surpreendidos e abordados por vários integrantes do MST e Partido da Causa Operária que iniciaram uma forte ofensiva contra as autoridades que estavam dentro de um veículo oficial federal e quase, por pouco não foram linchados pelos elementos(MST-PCO) armados de foices, facões e porretes e de forma muito agressiva praticamente destruíram a carro oficial;
Felizmente as vítimas entre elas o Ministro só não foram agredidos fisicamente por terem conseguidos evadir do local;
Isso é uma vergonha!!!
Um afronta é um desrespeito contra uma autoridade ministerial do Governo Federal, da Presidência da República!!!
Esses elementos infelizmente ainda são defendidos por certas pessoas e até autoridades que se acham acima da Lei e da visão da população brasileira que nestas eleições mostrou que quer mudanças imediatas!!!
Como cidadãos do bem exigimos justiça da autoridades instituídas e punição a esses bandidos foras da Lei.
*Nabhan Garcia*

 

ESTÁDIO, SHOPPING CENTER, AFINAL O QUE VAI ACONTECER?

Particularmente sou favorável à ideia. Restam dúvidas e esclarecimentos.

O Prefeito Mário Alexandre, em recente programa radiofônico, levantou hipóteses de um futuro Shopping Center e que inclusive já estava em tratativas com as lojas Le biscuit.

Devido a recentes fatos, fotos abaixo, queremos saber se o Shopping Center vai ser no abandonado Estádio Mário Pessoa?

 

 

Após quatro anos de prejuízo, Petrobras volta a dar lucro

Publicado em 27/02/2019 – 20:36

Por Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil  Rio de Janeiro

A Petrobras voltou a dar lucro, após quatro anos de prejuízos. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (27) pela estatal, em seu balanço anual. O lucro líquido foi de R$ 25,8 bilhões, o maior desde 2011.

“O primeiro resultado anual positivo em cinco anos é também o maior desde 2011. A empresa registrou dois recordes financeiros: Ebitda [Lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização, do inglês Earnings before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization] ajustado de R$ 114,9 bilhões e, pelo quarto ano consecutivo, fluxo de caixa livre positivo, de R$ 54,6 bilhões”, diz nota da estatal.

Em carta enviada ao mercado, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, comentou o bom resultado da empresa. “A performance da Petrobras, em 2018, foi indiscutivelmente a melhor em muitos anos, o que inclui a obtenção de alguns recordes históricos, envolvendo fluxo de caixa livre e Ebitda ajustado, e a interrupção de quatro anos seguidos de prejuízos”, disse Castello Branco.

De acordo com a Petrobras, o resultado reflete fatores como maiores margens nas vendas de derivados no Brasil e nas exportações de petróleo, acompanhando o aumento da cotação do Brent e a valorização do dólar. “Houve, ainda, recuperação de participação de mercado no diesel e queda de despesas gerais e administrativas. Também contribuíram para o resultado a redução de gastos com juros, fruto da queda do endividamento, e a regularização de créditos com a Eletrobras.”

Ainda segundo a nota, a remuneração total aos acionistas relativa ao exercício de 2018 alcançará R$ 7,1 bilhões, considerando as antecipações feitas durante o ano. No ano passado, a Petrobras gerou R$ 151,5 bilhões em tributos municipais, estaduais e federais, além das participações governamentais. Também será paga participação nos resultados para os empregados.

Produção

A produção de óleo e gás alcançou 2,63 milhões de barris de óleo equivalente por dia (Mboed), sendo 2,53 Mboed no Brasil e 101 mil boed em outros países, 5% menor do que em 2017.

“Esse desempenho reflete desinvestimentos realizados e o declínio natural de campos maduros. Outro destaque é a entrada em operação de seis novos sistemas de produção (até fevereiro de 2019), sendo cinco no pré-sal – P-74, P-75 e P-76 no campo de Búzios e P-69 e P-67 no campo de Lula — e um em Tartaruga Verde, na Bacia de Campos”, destacou a empresa.

“A entrada das novas plataformas nos dá confiança sobre nossa meta de crescimento da produção, de 5% ao ano até 2023”, disse Castello Branco. Houve também retomada da atividade exploratória com a contratação de 11 novos blocos em 2018.

Edição: Nádia Franco

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia