Quando a Prefeitura de Ilhéus, através da Secretaria de Meio Ambiente, juntamente com a EMBASA, fizeram a primeira visita técnica à represa da Esperança, em janeiro de 2013, encontraram o descaso e a irresponsabilidade instaladas.

O desgoverno Newton Lima/Mário Alexandre não se importavam nem um pouco com os recursos hídricos da cidade. 

Assim como os eco-terrorista, ambientalistas meia-boca e principalmente o Ministério Público, tudo estava entregue ‘ao Deus dará’.

A represa chegou quase a secar pelos vazamentos de água, mas a Prefeitura junto com a Embasa, recuperaram os danos causados pelo vandalismo e abandono público, e a represa está cheia, pronta para ser a reserva técnica para o caso de precisar entroncar a sua saída de água à linha de abastecimento da cidade.

Talvez nem precise nada disso, chuvas estão sendo previstas com abundancia, e nem vai precisar acabar as mini-represas nas fazendas como querem alguns….