Depois do ‘baculejo’ feito pelo Ministério Público, com apoio da Polícia Militar, na Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Juntando a isto, as apurações feitas a partir de 2009.

É de se supor, pela ampliação dos fatos, que um novo nome deva ser trocado para a operação.

Baculejo