WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 15/out/2018 . 16:01

CIDADE TURÍSTICA? SEI NÃO!

Sem sinalização horizontal, sinalização vertical deficiente, e semáforos defeituosos?

Serviço feito aos ‘tiquinhos’…

RESGATE DO SATÉLITE REMO

Satélite Remo

Estamos resgatando o Satélite Esporte Clube – Remo, Mas a cada passo que damos encontramos um entrave deixado por Dero, que nem só se assenhorou do patrimônio do Satélite, como deixou débitos pendentes e continuou gerando outros.

Para quem não está acompanhando de perto nossas ações, Dero é o ex-vereador pelo PT de Ilhéus, nascido na cidade de Belmonte e que foi presidente do Satélite Esporte Clube – Remo. No ano de 2004 seus pais, José Bispo dos Santos e Maria do Carmo Costa Farias, ao que tudo indica, em conluio com aquele, formularam ação trabalhista se dizendo empregados do clube, requerendo despedida indireta por não vir, há anos, recebendo seus direitos trabalhistas. Dero, presidente da agremiação e filho dos “reclamantes”, acata sem contestar o quanto requerido, propõe um acordo para pagar o suposto valor devido e não paga nem a primeira parcela o que acarreta a transferência dos bens do Satélite para seus pais como forma de quitar o improvável débito laboral.

CADA ENXADADA UMA MINHOCA. Buscando as necessárias certidões negativas de débitos que nos habilite nas diversas ações de resgate do clube que estamos encetando, a cada vez, em cada órgão público vamos encontrando as marcas deletérias de Dero e agora não está só. Primeiro encontramos débito com a Receita Federal que tivemos que pagar, débito com a Justiça do Trabalho, Execução de Débito com a Fazenda municipal. Por ai já se somam mais de trinta mil reais que tivemos que assumir o pagamento, valores que deveriam estar sendo destinados para a retomada das atividades esportivas do clube.

A última “minhoca” é um débito de exatos $ 12.875,20 (doze mil, oitocentos e setenta e cinco reais e vinte centavos) de taxas para funcionamento do bar existente na área que o Satélite foi despojado. Em 2006, os bens tirados do Satélite pela maquinação urdida, foi passado para o nome de José Bispo dos Santos e Maria do Carmo Costa Farias, pai e mãe de Dero, que juntos com esse, continuaram explorando o bar e toda a área do clube, mas na Prefeitura não fizeram a devida transferência no cadastro do imóvel, deixando que o débito se acumulasse, vinculado ao CNPJ do Satélite e não nos seus nomes como seria devido.

Juntos com a sociedade ilheense, vamos superar mais este obstáculo.

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
outubro 2018
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia