WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: set/2018

UNA: Diane mente sobre estrada de Comandatuba e Tiago desafia ex-prefeita a mostrar ordem de serviço

Prefeito Tiago de Dejair

Rebatendo a declaração da ex-prefeita Diane Rusciolelli de que a obra de pavimentação da estrada que liga o distrito de Comandatuba a BA 001 é uma conquista da sua gestão, o prefeito da cidade, Tiago de Dejair, desafiou a ex-gestora a provar que a ordem de serviço foi assinada no governo dela.

“A ex-prefeita é a maior criadora de factoides da história de Una e agora inventou mais um. Toda tramitação para pavimentação da estrada foi realizada na atual gestão, desde a alocação do recurso financeiro pelo governo estadual, a realização de duas licitações, passando pela homologação do contrato, até o início da obra. E para que tudo isso ocorresse foi necessária muita resiliência e dedicação, pois não havia uma palha movida anteriormente”, rebateu Tiago, completando que Diane deve ter esquecido como foi sua administração desastrosa, especialmente para o distrito de Comandatuba, abandonado durante os quatro anos dela como prefeita.

“Diane não fez sequer a manutenção da estrada, quem dirá conseguir a obra de pavimentação. E quem é morador de Comandatuba lembra como a estrada foi abandonada, as ruas escuras, as festas culturais extintas, total descaso e agora ela quer ser mãe de um acontecimento que é uma conquista do povo e não de político algum.  Ela passou quatro anos sem visitar o distrito e pelo visto continua, pois até a foto usada na matéria foi retirada da minha página pessoal no Facebook”, disse o gestor.

“A ex-prefeita deveria estar preocupada em prestar contas da assinatura da ordem de serviço para construção da fábrica Yassuna, realizada com toda pompa e circunstância e que se tratou do maior estelionato eleitoral de toda a história de Una”, finalizou Tiago de Dejair.  Vale ressaltar que a atual gestão realizou mais de 15 intervenções paliativas na estrada como forma de amenizar o sofrimento de moradores e visitantes do distrito.

QUEM EXPÔS AO RIDÍCULO O PREFEITO DA CIDADE DE ILHÉUS? ===>>> 16-09-2017

Boneco de posto

Recursos para implantação do Museu da Capitania de Ilhéus já estão na Caixa Econômica. ===>>> 29-12-2016

 

Imagem Google

O secretário de Planejamento e Orçamento de Ilhéus, Joaquim Bastos, informou que o projeto de instalação do Museu da Capitania de São Jorge dos Ilhéus, que deverá ser implantado no Palácio Paranaguá, ex-sede do Poder Executivo Municipal, teve seu contrato de repasse – Transferência Voluntária – assinado pelo prefeito Jabes Ribeiro e pela Caixa Econômica Federal, no último dia 28.

Os recursos, no valor total de R$ 312.500, são resultado de emenda parlamentar do deputado federal Irmão Lázaro, sendo destinados à aquisição de móveis e equipamentos para montagem dos espaços que integrarão o Museu da Capitania. O repasse é feito Ministério da Cultura, sendo a emenda de 294 reais, e mais o valor total de R$ R$ 22.206, como contrapartida do Município.

Conforme o secretário municipal de Planejamento e Orçamento, Joaquim Bastos, o projeto foi cadastrado pelo governo municipal no início deste ano e aprovado através de dotação orçamentária no Ministério da Cultura. Para Bastos, a aprovação dessa emenda representa um passo importante para a implantação do Museu que contará a história do Município, desde a sua fundação.

Na opinião do secretário municipal de Cultura, Paulo Atto, “a implantação do Museu no Palácio Paranaguá é uma consequência do processo social e histórico de evolução do município”. O equipamento deverá reunir acervo de documentos, móveis e bens culturais que se refiram à história do município, desde o período das Capitanias Hereditárias. A verba de emenda parlamentar poderá ser usada para reforma, construção e aquisição de equipamentos para espaços culturais. 

O secretário Paulo Atto explica que a criação do Museu da Capitania segue um processo natural de alinhamento com as políticas públicas museais e patrimoniais, tanto em nível federal quanto estadual. “Por esta razão, uma das primeiras providências tomadas pela Secretaria de Cultura de Ilhéus foi estabelecer uma assessoria com o IPAC – Instituto do Patrimônio Artístico e Cultura da Bahia e a DIMUS – Diretoria de Museus da Fundação Cultural do Estado da Bahia”, disse.

Secretaria de Comunicação Social – Secom. – Ilhéus, 29.12.16 

***********************************************

Nota à Imprensa

Setur muda de endereço

A Secretaria Municipal de Esporte e Turismo informa que mudou de endereço. Deixou a casa alugada que ocupava na rua Vereador Marcos Paiva, 236, no bairro Cidade Nova e está atendendo no Palácio Paranaguá, centro, no antigo gabinete do prefeito.

 Secretaria de Comunicação Social – Secom

Ilhéus  – 16.06.17

VERGONHA NACIONAL, VERGONHA BAIANA TAMBÉM….

museufecha

Isto é uma vergonha!

Enquanto isso, o deputado federal do PT, Walmir Assunção, quer abrir na Bahia um museu para Carlos Marighella.

 

 

marighella

E aqui?

AGORA É TARDE, PEGOU FOGO.

Museu Nacional pegando fogo. Uma vergonha para o País…

O VENENO DA NOITE!

Fortes emoções nas eleições proporcionais.

Candidatos novatos, tomando o lugar de manjados veteranos na repescagem…

SAUDADES DO ‘BRIMO’, SEMPRE ATUAL.

ATOLAMOS O PÉ NA BOSTA! 

Roberto Rabat Chame (Brimo)

Hoje eu não acordei boa! Dormi mal; Prepúcio, meu marido, “não compareceu”; joguei uma banda de tijolo no cachorro do vizinho que estava latindo muito. Levantei muito cedo, arrumei o café para Prepúcio reforçado com uma gemada de duas dúzias de ovos de codornas. Quem sabe reforçado, ele “compareça” hoje?
Peguei as duas sacolas e um embornal. O dinheiro enrolado num numa embalagem de Café Pelé eu coloquei na parte de trás da calcinha. Os vagabundos estão de “andada”. Não vou dar mole. E la me fui pra central de abastecimento da Marques Paranaguá e adjacências fazer minha feira de carnes, frutas verduras, que estou carente; peixe, farinha, um coxão de porco e uns miúdos pra fazer um sarapatel pro domingo.

Peguei um ônibus lotado por isso preferi ir pendurada na porta. Não tolero que fiquem fazendo terra na minha bunda.

Fiz minhas compras; os preços não estavam bons. Uma carestia danada. Aproveitei pra trocar os óculos de grau que comprei no camelô porque uma lente era de grau forte e outra só pra descanso, imagina? Ele refez o meu exame de vista e me deu outro óculo da China! Não sei se vai funcionar comigo, pois os chineses têm aqueles olhinhos apertados! Como tinham me dito que abriram um Ferro-Velho junto ao banco do Brasil; fui lá pra ver se achava o carburador e o assoalho do Fiat 147 de Prepúcio. O rapaz que me atendeu, disse que as mercadorias só chegam próxima semana. Prepúcio não vai gostar.

Proseei com umas amigas e dei uma volta pelo centro da cidade. Fiquei num arerê danado quando vi que tudo continua a mesma merda de sempre! As ruas sujas e com muito lixo, ruas e passeios esburacados; muita água empossada, carros estacionados em cima dos passeios; materiais de construção sobre os passeios, muita barata e ratazanas passeando e entrando nas lojas; camelôs em tudo quanto é passeio e rua, vendendo de tudo e impedindo da gente andar. Uma bosta. E ainda tem aqueles idiotas com megafones e apitos gritando propaganda nos ouvidos da gente a toda altura! Ah! Comigo não. Meti minha sobrinha no buraco do megafone e mandei ir gritar no ouvido do cu da mãe. Ainda bem que ele só disso: Calma minha senhora! Imagina?

Como eu já estava por ali mesmo entre a Rua Almirante Barroso e a Paranaguá, resolvi dar uma chegadinha na Praça da Prefeitura e da Câmara. Lá parecia um cemitério. Um silencia danado; não se ouvia um burburinho sequer de gente trabalhando por ali! Ainda assim, perguntei a um guarda municipal: _ O Carlinhos tai? – E logo ele respondeu apressado: _ Ta não! Ta no Carandiru. (não foi demolido?)

Olha… Me deixa. Peguei minhas sacolas compras e fui atrás do meu buzú pra voltar pra casa.

Agente sai na rua pra ver a cidade, e volta puta da vida com essa pasmaceira preguiçosa. O Prefeito cansado, prefeitando devagar, quase parando. O vice, vice-prefeitando por aí batendo papos, sorrindo muito e dando tapinhas nas costas dos eleitores; Os secretários vigem Maria, se matando de trabalhar na produção de cera. Eles fazem cera de dia e noite, coitados, verdadeiros zangões na colméia do município. Por fim os assessores, uns mártires, acima e abaixo com dois, três, celulares falando e ouvindo ordens de comando dos secretários exigindo matéria prima para o fabrico de cera. Uma azáfama lazarenta.

Olhei cá de longe pra Câmara, e vi tudo fechado; luz apagada e nenhum som no alto-falante! Nem vou lá. Eles devem estar nas suas bases e alguns, ate lá pertinho da gente, no Malhado, trepados nas bases na Pensão de D. Cremilda, em campanha pare reeleição.
Sei não pra onde vai nossa cidade? Não tenho nenhuma novidade pra contar pra vocês. Fico ate sem graça. Bem que eu gosto duma fofoca, más não acontece nada aqui? E quando acontece, o Ministério Público não fica sabendo de nada!


D. Mijardina Fagundes.

REPERCUSSÃO DA POLÍTICA ILHEENSE NA CAPITAL DO ESTADO.

Recorte de A TARDE.

Recorte do Jornal A TARDE

A OPERAÇÃO CITRUS CONTINUA, AGORA NA 2ª FASE. ===>>> 21-06-2018

Dizem que de posse dos dados conseguidos anteriormente, entra na 2ª fase da operação. Ou seja, apurações e investigações entre os anos de 2009 a 2012.

Tem muita gente já tomando Diazepam com suco de laranja, Rivotril com caldo de cana, e todos literalmente com:

with cu in hand

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia