WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: set/2018

EDIFÍCIOS ICÔNICOS DE ILHÉUS.

O coronel Virgílio Amorim construiu o edifício abaixo, um misto de comercial e residencial.

Lembro da Madona Modas, Caixa Econômica e outros comércios. Nele também morou Dr. Antonio Carlos Souto, pai do ex-governador Paulo Souto, que também ali morava.

O Edifício Primavera foi construído pelo Engenheiro Dr. Osório de Carvalho, e era estritamente residencial.

Nele moraram figuras conhecidas na cidade, tais como Dr. Hamilton Ignácio de Castro, Dr.  Afonso Barral e também Albérico Armede.

INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTE PARA O BRASIL VOLTAR A CRESCER

https://portogente.com.br/

Infraestrutura de transporte para o Brasil voltar a crescer
Editor Portogente
04 de Setembro de 2018 às 00:09
Em entrevista, o especialista em engenharia ferroviária Rafael Barros Pinto de Souza afirma que o “mercado brasileiro carece, cada vez mais, de melhoria de sua infraestrutura de transporte para que a vertente de um crescimento econômico volte ao País, com estabilidade, de forma que a nossa economia apresente índices de crescimento aceitáveis com o escoamento de nossa safra agrícolas, produtos agropecuários, minério etc.”.

Trem – Porto

Leia ainda
* Ferrovias no Brasil: longe dos trilhos  
* Atual gestão ferroviária favorece modelo cartorial

Apesar do atraso nacional, o especialista está otimista e cita diversas obras ligadas à área de infraestrutura, várias delas voltadas ao transporte ferroviário, como os programas do Governo Federal: o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 1 e 2; o Programa de Investimento em Logística (PIL) 1 e 2; e, atualmente, o Programa de Parceria de Investimentos (PPI) que possui orçamento 2018/2019 previsto de R$ 114 bilhões, sendo que destes, R$ 45 bilhões serão para área ferroviária.

Para ele, a única saída para o País voltar aos “trilhos” do crescimento econômico de forma estável é investindo em infraestrutura de transporte, “de forma que tenhamos um aumento do número de ferrovias operacionais para transpor as barreiras da dificuldade encontrada pelo transporte rodoviário em superar distâncias maiores que 500km, como é o caso da nossa soja e milho, que sai do Mato Grosso e vai até o Porto de Santos percorrendo mais de 2.000km”.

Barros Pinto prossegue: “Também deverão ser feitos investimentos em outros meios de transporte, como o aquaviário, de forma que nossas bacias hidrográficas sejam melhores exploradas e sirvam como alternativa logística de qualidade para um país como o Brasil, que possui dimensões continentais e que não poderá se destacar no cenário internacional apenas com transporte rodoviário. Esta mudança de paradigma tem que ser urgente, de forma que maiores e melhores investimentos em ferrovia saiam logo do papel e se tornem realidade no Brasil.”

Aposta errada
O engenheiro lamenta que, desde a década de 1950, os governantes brasileiros tenham optado “por direcionar os grandes investimentos para obras de infraestrutura, única e quase que exclusivamente, para o modal rodoviário, numa clara imagem de formação de grupos de interesses ligados a este meio. E, na contramão do desenvolvimento, vimos o modal ferroviário, desde os anos de 1970, sofrer com a falta de investimento em melhorias de suas estruturas, caindo o montante investido de R$ 900 milhões em 1971 para pouco mais de R$ 11 milhões no ano de 1995, fazendo com que o Governo Federal privatizasse a nossa malha ferroviária pertencente à antiga RFFSA (Rede Ferroviária Federal) entre os anos de 1996 e 1999. Muitas concessionárias priorizaram a manutenção dos trechos considerados rentáveis com maior volume de carga transportada por km útil (MTKU), abrindo mão daqueles trechos ou ramais com pouco volume de carga, gerando com isso a deterioração dos ativos existentes (locomotivas, vagões e trilhos), o roubo de materiais por terceiros e até o extermínio total da malha existente, e tudo isso aconteceu ao longo dos últimos 20 anos”.

Ele lamenta: “Vivemos épocas em que pátios ferroviários de manobra, como mais de 15 linhas, foram demolidos em sua totalidade, fazendo com seu material fosse enviado para a área de suprimentos que abasteciam as malhas mais rentáveis das companhias.”

Em 2018, temos, segundo dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e do Anuário da Confederação Nacional do Transporte (CNT), ambos de 2017, um montante aproximado de 29.000km de ferrovias construídas no Brasil. Em 1950, tínhamos um montante aproximado de 36.000km de ferrovias construídas no Brasil. Do montante atual, 29.000km, podemos citar que pouco mais de 15.000km se encontram operacionais e rentáveis, sendo utilizados em grande proporção pelas empresas concessionárias, ao passo de que os demais 14.000km se encontram em estado de desativação, lento abandono ou pouca utilização.

COMO ASSIM?

Tem um carro de som, circulando em Ilhéus, anunciando a Marcha para Jesus com diversas atrações.

JESUS sabe disso?

Explica aí…

Cacá Colchões participa de caminhada da “Caravana Correria pela Bahia”, em Ilhéus

Na manhã da quinta-feira (06), Ilhéus recebeu o candidato a reeleição ao governo da Bahia, Rui Costa, junto com o vice-governador João Leão,  e a caravana  “Correria pela Bahia”.   O candidato a deputado estadual, Cacá Colchões, a deputado federal, Cacá Leão, e ao senado, Jaques Wagner e Ângelo Coronel,  integraram  a comitiva  que passou pelas  principais ruas do centro da cidade e empolgou os ilheenses.

Acompanhado de lideranças, correligionários e simpatizantes, Cacá Colchões reafirmou o compromisso com Ilhéus e o de manter diálogo com o governador Rui Costa e o Vice João Leão para lutarem pela reabertura do Hospital Regional, equipamento que possui importância fundamental para Ilhéus e Região. Além de junto a Cacá Leão, buscar recursos para o fortalecimento das Santas Casas de Misericórdia de Ilhéus e Itabuna.

O vice-governador João Leão destacou a importância de Ilhéus eleger Cacá Colchões e ter uma representação forte na Assembleia Legislativa. “Cacá é como um filho para mim. Jovem, inteligente, empreendedor, batalhador e acima de tudo é ficha limpa. Ilhéus só tem a ganhar com Cacá como deputado Estadual. Ele já mostrou que possui compromisso e amor pela sua terra e é disso que Ilhéus precisa”.

Durante o seu discurso, Rui destacou as obras realizadas em Ilhéus, como a nova ponte Ilhéus-Pontal, Saneamento básico da Zona Sul e a Construção do Hospital da Costa do Cacau. “Nunca na história dessa região nós tivemos tantas obras juntas e articuladas, para garantir emprego, renda e desenvolvimento”, afirmou o candidato que complementou afirmando que as ações vão continuar.

Ainda na quinta-feira, Cacá Colchões seguiu com a Caravana “Correria pela Bahia” para as cidades de Ibicaraí e Itabuna, acompanhado do provedor da Santa Casa de Itabuna, Eric Ettinger, de Roberto Minas Aço e Klaus Farias.

SEPULCRO CAIADO!

A pintura da Policlínica da Conquista, retrata bem o que é um Sepulcro Caiado.

Cadê o equipamento de Ultrassonografia? Segundo relatos tem um ano e quatro meses que sumiu.

Será que desceu a ladeira? Vamos nos cotizar para comprar um novo!

O POVO ‘DELE’ TÁ SENTINDO FALTA.

Desapareceu do cenário político…

O MINHA CASA MINHA VIDA EM ILHÉUS, VAI TERMINAR NA POLÍCIA.

A Caixa Econômica já não aguenta tantas denúncias e reclamações. Aguardem o desenrolar dos acontecimentos.

Reunião com a Caixa sobre irregularidades do MCMV. Foto Clodoaldo Ribeiro

Correria pela Bahia vai passar por Ilhéus e Itabuna na quinta (6)

Na quarta semana do “Correria pela Bahia”, o candidato à reeleição pelo PT, Rui Costa, vai percorrer dois municípios do Litoral Sul. A caminhada começa na quinta-feira (6), quando a comitiva da Coligação “Mais Trabalho por Toda a Bahia”, formada também pelos candidatos a vice-governador, João Leão (PP), e a senador, Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel (PSD), visita às 9h, a cidade de Ilhéus e às 15h, Itabuna. Na primeira cidade, a concentração será na Catedral de São Sebastião e em Itabuna, no Jardim do O.

Rui falando para o povo.

A SAÚDE EM ILHÉUS ESTÁ NA UTI, E PIORANDO!

Perto de completar 2 anos, e já na 4ª titularidade.

Só mimimi e blablablá, e nada de positivo foi realizado!

Fazer política DE saúde, não é a mesma coisa de fazer política COM a saúde.

Acorda meu povo…


O VENENO DA NOITE!

Assina tudo e não faz nada.

Novo Goebbels agarrado no saco.

Atacadistas e distribuidores do Nordeste se  encontram na Bahia a partir desta quinta (06)

Começa nesta quinta-feira (06), em Guarajuba, no litoral norte baiano, o 2º Encontro Anual dos Agentes de distribuição do Nordeste. Até o dia 09 de setembro, no Vila Galé Marés Resort, atacadistas e distribuidores de toda a região participam do evento, que contará com a presença de cerca de duas mil pessoas, incluindo ainda representantes dos principais players da indústria e do varejo, além de autoridades e convidados.

Antonio Cabral, presidente da Associação dos Agentes de Distribuição da Bahia (ASDAB) – entidade que coordena a organização do evento -, destacou que o encontro reúne feira de negócios, palestras e ações de integração. “É uma ocasião para trocar experiências e debater as oportunidades do setor. Serão quatro dias para aprimorar o conhecimento, fortalecer network e fazer negócios”, afirmou.

O segmento atacadista e distribuidor do Nordeste representa cerca de 25% do faturamento nacional do setor, que é de aproximadamente R$ 260 bilhões, segundo estimativa da consultoria Nielsen (2017). As cerca de 600 empresas baianas representam aproximadamente 5% do mercado nacional, com uma movimentação anual da ordem de R$ 13 bilhões.

         As empresas de atacado e distribuição na Bahia atendem a cerca de 70 mil pontos de venda no estado, inclusive nos lugares mais longínquos, através de uma frota de mais de 13 mil veículos. Os agentes de distribuição atendem a quase 90% do varejo alimentar independente e dos pequenos mercados, além de 40% dos mercados médios, 85% dos bares e 45% do mercado fama-cosmético.

Palestras – Os jornalistas Ricardo Boechat (08) e Eliane Cantanhêde (07) farão as palestras magnas do evento. Eles falarão aos presentes sobre o atual momento político e econômico do país, mostrando suas expectativas quanto ao quadro. Já as palestras técnicas incluem temas como gestão na era pós-digital, e-Social, frete e fatores críticos de sucesso na atualidade.

Uma feira de negócios também acontece no evento, onde grandes marcas vão expor as novidades em relação a produtos e serviços. “A expectativa é que haja uma movimentação da ordem de R$ 10 milhões em negócios”, citou Antonio Cabral.  Segundo ele, os participantes de todo o Nordeste poderão, além de conhecer as novidades da indústria e dos prestadores de serviço e estreitar relacionamento.

Entre as marcas que estarão presentes estão Mondelez, Gallo, Man/Volkswagen, PC Sistemas, Iveco, Bombril, Serasa, Pitu, Teiú, Bravo Caminhões, Banco do Nordeste, ASA, Compex, Máxima Sistemas, Desodor, Italac, Goiás Verde, Nutricash, Still, DH Mais Dados, Alterdata, Raimundo da Fonte, GSA, Jarderfrog, Valfilm, Fusion/DMS, Ion Sistemas, Solarchio, CheckRota, Inquisa, Pergola, Pernod Ricard, Natural Gurt, entre outras.

Assessor de Comunicação – Jornalista Pedro Carvalho
Tel.: (71) 3342.4977 – Cel.: (71) 99165.6391

OS FORASTEIROS NA TERRA DE NINGUÉM.

Vai acontecer novamente a enxame de candidatos forasteiros e copa do mundo em Ilhéus.

E não é novidade, agora ainda mais com o agravante do Prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, acintosamente encher a Prefeitura da cidade com elementos de outras cidades, talvez para servir de cabos eleitorais. Quem sabe?

Vamos conferir o resultado da estratégia, na totalização das urnas. Os ilheenses afrontados também!

Ilhéus, cidade de cancela arrombada

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia