Voltou a esculhambação, mocó de bandidos, coió de drogados. Moradores da Rua Mário Alfredo e adjacências em pânico.

Sede da Secretaria de Assistência Social