Cosme Araujo e Thadeu Muniz

Um grupo de filiados do PDT ilheense, liderado por Rogério Rodrigues, vai bater na porta do presidente do diretório estadual da legenda, Felix Mendonça Jr., pra pedir a expulsão do ex-vereador e pré-candidato a deputado federal, Cosme Araújo. Na esteira, deve ser afetado também o vereador Thadeu Muniz.

O grupo vai alegar ao diretório estadual que a dupla vem sendo infiel ao partido, por apoiar, na eleição deste ano, candidatos que não são da legenda.

O pré-candidato a deputado federal Cosme Araújo vai apoiar o presidente da Câmara de Salvador e postulante a uma vaga na Assembleia Legislativa, Léo Prates, filiado ao Democratas. Da mesma forma, Thadeu Muniz vai apoiar a reeleição do já deputado federal João Bacelar, do PR.

O líder do grupo que vai pedir as expulsões alega ainda que, no caso de Araújo, o agravante fica por conta de seu apoio ao candidato do DEM a governador, Zé Ronaldo, enquanto seu partido, o PDT, ocupa a secretaria de Agricultura do estado e firmou apoio à reeleição do petista Rui Costa.

Assim, o grupo espera que o diretório Estadual acate a representação, o que inviabilizaria a candidatura de Cosme Araújo, que, uma vez expulso, ficaria sem legenda partidária.