O Ministério Público Estadual, na pessoa do Dr. Pedro Nogueira Coelho, titular da Promotoria Estadual de Saúde; após ter constatado in loco – com a presença do então presidente do CMSI e do Núcleo Regional de Saúde -, a questão estrutural, sanitária e o completo sucateamento do SAMU; além das inúmeras ocorrências relatadas na imprensa; ajuizou Ação Civil Pública.

Parabéns ao Ministério Público!!!!