O prefeito Mário Alexandre enviou para a Câmara de Vereadores o Projeto de Lei nº 003/18 com o objetivo de“impedir” um aumento do IPTU no exercício de 2018. Trata-se em verdade de uma manobra eleitoreira e ineficaz, uma vez que o Código Tributário do Município aprovado em 2015 já contempla o benefício.

No Projeto de Lei nº 003/2018, o prefeito Mario Alexandre pediu à Câmara de Vereadores para alterar a Lei nº 3274/14, incluindo nesta, matéria já contemplada pela legislação tributária do Município de Ilhéus. Ou seja, com intuito de criar factoides e parecer que está cumprindo promessa feita em campanha eleitoral, de que baixaria o valor do IPTU, a atual gestão está copiando e sugerindo o mesmo limite de reajuste do tributo que já fora estabelecido pela administração anterior.

Tornou-se discurso repetitivo do atual governo querer atribuir sua incompetência  à administração anterior, mas essa é uma estratégia ultrapassada que não toca a população. O que todos esperam, muitos já desanimados, é o cumprimento das promessas de campanha.

Ainda assim, o Partido Progressista de Ilhéus deseja que o prefeito acerte o passo de sua administração, para minimizar o sofrimento dos ilheenses.

COMISSÃO EXECUTIVA DO PARTIDO PROGRESSISTA DE ILHÉUS