Várias Prefeituras estão raspando o fundo do tacho, chorando a falta de recursos.

Algumas só na semana passada conseguiram pagar o mês de novembro/2017 aos hospitais, clínicas, laboratórios e prestadores do SUS.

Mas o palanque de salvar a saúde continua, até com a contratação de médicos com recursos próprios.

Vá entender um ‘bagulho’ desse?