Entrevista Clóvis Júnior – presidente da CDL de Ilhéus

Clóvis Oliveira Gomes Júnior,nasceu em Brasília, mas se considera ilheense de coração, já que há 29 anos escolheu a cidade para viver e participar ativamente de causas sociais e políticas. Administrador de empresas, empresário do ramo de materiais para construção, está no segundo mandato como presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, foi vice-presidente do Sindicato do Comércio e da Associação Comercial e Industrial e é membro-diretor do Rotary Clube de Ilhéus.

1-     O senhor a assumiu a CDL novamente como presidente em 2017, ano muito difícil para o Brasil, sobretudo, economicamente, e o comércio foi muito afetado. Como foi presidir a entidade nesse primeiro ano desse atual mandato?

“Na realidade tive que assumir em 2016, um mandato tampão já que Paulo Ganem, presidente na época, estava almejando ser candidato a prefeito de Ilhéus e tinha que cumprir as determinações da lei eleitoral. Então nas eleições da nova diretoria 2017, a nossa chapa “Juntos Somos Mais Fortes”, foi eleita por aclamação. Um ano economicamente difícil para a maioria dos brasileiros, mas para nós, micro e pequenos empresários não é permitido a depressão, tivemos e temos que continuar a lutar!!”

2-     A CDL sempre teve um calendário fixo de eventos, campanhas, palestras, percebemos que ficou um pouco prejudicado tanto em 2016, quanto no início de 2017. Faltou apoio? O que aconteceu?

“Surgiram algumas demandas dos nossos associados e da comunidade, em relação à luta pela defesa dos lojistas em relação ao aumento abusivo no IPTU e nos Alvarás de funcionamento do comércio da cidade. Então ocorreu um desvio de foco e realizamos campanhas mais simples, sem o apoio do poder público, o agente que mais se beneficia, politicamente, com o sucesso do comércio.”

3-     No final de 2017 a CDL lançou a campanha promocional de natal, até ousada em relação às de outras cidades da região. As coisas estão melhorando, a CDL está conseguindo retomar as atividades de forma mais expressiva?

“2017 a diretoria eleita chegou com todo gás para cumprir a agenda das campanhas. Fizemos a campanha Tríplice, que engloba dias das mães, namorados e São João e depois focamos na de Natal, que podemos considerar a melhor campanha já realizada pela entidade! Além de toda animação e movimentação no comércio, premiamos 106 pessoas com notebooks, vales- compras de R$250,00, R$ 500 e até de R$ 1 mil reais; ingressos pra shows do Batuba Beach Sound, bolsas para curso de qualificação dos profissionais do comércio, na Faculdade de Ilhéus, além de um carro zero km, que sempre é o mais desejado pelos consumidores. Importante salientar que tudo foi possível graças ao apoio das entidades de classe ACI, Sicomércio, das empresas privadas e do apoio do Prefeito Mário Alexandre.”

4-     Então podemos dizer que o balanço da Campanha de Natal foi positivo? Superou as expectativas?

“O Natal é considerado o melhor período para o varejo. Oportunidade de fechar as contas do ano no azul. Temos a responsabilidade de motivar os consumidores a comprarem no comércio e, por isso, somamos forças, nos debruçamos para realizar uma campanha que cumprisse esse objetivo. Além do poder público,dos lojistas que aderiram à campanha, contamos com os patrocinadores: Supermercados Meira, Loja Gardênia, Faculdade de Ilhéus, Plansul, Cristal, Daten, além do apoio do Batuba, DoutorFix, Gabriela Fm, Imapel e Ilhéus FM.Estamos muito felizes com o resultado e com o ganhador do carro que foi o jovem João Vitor Silva Amorim, cliente da Skala Modas, morador do bairro Nelson Costa. O cupom do carro, geralmente é sorteado pelo presidente da entidade no stand da campanha, na presença da imprensa, lojistas, diretores e membros da comunidade. Por vezes, passamos a bola para a maior autoridade do município, este ano o Prefeito Mário Alexandre,nosso parceiro, numa demonstração de total transparência, como ocorre há mais de 40 anos.”

5-     Quais os planos pra 2018?

“O próximo evento que estamos planejando é o Feijão Companheiro, um agradecimento à imprensa e aos lojistas que prestigiaram a entidade nas campanhas de 2017. Vamos tentar cumprir e ampliar a agenda de eventos da entidade, buscar palestras motivacionais, cursos profissionalizantes pra comerciantes e comerciários, além de lutar para a construção da sede própria.”