WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 30/nov/2017 . 18:50

VICE-GOVERNADOR CONVIDA ALBAGLI PARA INTEGRAR COMITIVA QUE VAI À CHINA

O Vice-Governador e Secretário de Planejamento do Estado, João Leão, convidou o presidente do PR de Ilhéus, Isaac Albagli, a integrar a comitiva que irá à China participar de um Fórum Internacional a se realizar entre os dias 6 e 8 de dezembro na cidade/estado de Tianjin. O tema do encontro versará sobre conectividade terrestre e marítima para o desenvolvimento, objetivando a oportunidade de fortalecer a cooperação em curso entre a Bahia e Tianjin, sobretudo nos setores portuário e de logística. Paralelo a esse encontro, haverá uma rodada de negócios em torno da ZPE de Ilhéus, onde estarão presentes vários empresários interessados no projeto.

O presidente da Associação Brasileira de Zonas de Processamento de Exportação – ABRAZPE, Helson Braga, em correspondência enviada ao Vice Governador, manifestou satisfação com o convite feito a Albagli, destacando que o mesmo “foi um dos pioneiros na luta pela implantação das Zonas de Processamento de Exportação no Brasil, ainda no final dos anos 80, e foi o grande responsável pelas tratativas que levaram à criação da ZPE de Ilhéus.” Braga destacou ainda que Albagli “poderá dar uma contribuição significativa nas conversações a serem mantidas com as autoridades e empresários chineses”.

Atrair indústrias e promover a geração de emprego e renda para Ilhéus e região é o principal objetivo da ZPE (Zona de Processamento de Exportação) no município. Vale ressaltar que a Zona de Processamento foi instituída em 1987, durante a primeira gestão do ex-prefeito de Ilheus, Jabes Ribeiro.

O VENENO DA NOITE!

Desde junho que junto dinheiro pra fazer ‘compras de mês’ no ASSAI…

PP-BA nega articulação pró-ACM Neto: ‘Caminho natural é reeleição de Rui e Leão’

Quinta, 30 de Novembro de 2017 – 12:00

PP-BA nega articulação pró-ACM Neto: ‘Caminho natural é reeleição de Rui e Leão’

por Fernando Duarte Fonte: Bahia Notícias

Jabes Ribeiro | Foto: Reprodução/ Ilhéus 24h

O secretário-geral do PP na Bahia, Jabes Ribeiro, negou que existam articulações que possam eventualmente deslocar o partido da base aliada do governador Rui Costa (PT) para o arco de alianças do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), tendo em vista as eleições de 2018 (veja aqui). “Estamos tranquilos. Estamos trabalhando para consolidar a reeleição de Rui e João Leão. Nosso esforço é para ampliar a bancada federal e a bancada estadual”, assegurou o ex-prefeito de Ilhéus. A hipótese de uma intervenção no PP nacional no diretório estadual, diante das negociações para que o PP assumisse o Ministério das Cidades com Alexandre Baldy, também foi rechaçada por Ribeiro. “Nós estamos absolutamente alinhados com a Executiva nacional, com o presidente Ciro Nogueira. Todas as decisões estão totalmente alinhadas. Se não há possibilidade de intervenção, imagina uma articulação do Rodrigo Maia, por mais que seja uma figura importante no cenário nacional, do DEM? O presidente Ciro Nogueira tem uma aliança com o PT no estado dele. As alianças estaduais obedecem as peculiaridades de cada estado. O PP tem o vice-governador da Bahia. Temos uma aliança com o governador Rui Costa, como tínhamos com o governador Jaques Wagner”, ponderou o secretário-geral da legenda, que relatou falar em nome dele e também do vice-governador, João Leão, que preside o PP na Bahia. “O partido tem uma aliança com o governo [Michel] Temer, mas isso não interfere em nada no estado. O caminho natural é apoiar a reeleição de Rui, com João Leão como vice”, assegurou Ribeiro.

IDEOLOGIA DE GÊNERO – Butler em recuo estratégico

Uma resposta aos argumentos de Judith Butler em sua recente entrevista à Folha de S. Paulo

Judith Butler

 Autoria:

*** Pe. José Eduardo de Oliveira e Silva ***

“Escrevi essas notas por ocasião da leitura do artigo de Judith Butler na Folha de São Paulo em 20 de novembro de 2017, numa breve meditação filosófica. O texto é maior que as postagens habituais, mas penso que valha a pena sua leitura atenta e reflexão”

I. RECUO ESTRATÉGICO

Professora do departamento de retórica e literatura comparada da Universidade da Califórnia, em Berkeley, e diretora do Consórcio Internacional de Teoria Crítica, não é de se admirar que Judith Butler remodele seu discurso para torná-lo mais palatável ao ouvido sensível dos brasileiros, sobretudo após a onda de protestos causados por sua última vinda ao Brasil.

“Um passo em frente, dois pra trás”. Este é o título do livro que Vladimir Lênin publicou em 1904, e que, de certo modo, marcou sempre o modus procedendi de toda a esquerda quando pretende avançar por cima dos obstáculos.

Quando Fidel Castro assumiu o poder em Cuba em nome da democracia e contra a ditadura batistiana, em seguida, implantou a sua ditadura. Hugo Chávez fez a mesma coisa, apresentou um discurso democrático para, na sequência, impor seu totalitarismo.

Até mesmo o ex-presidente Lula fez isso. Quando tentava se eleger, nos anos 90, era rechaçado pela população. Então, com o auxílio do marqueteiro Duda Mendonça, repaginou-se, dando à luz o “Lulinha paz e amor”, que o elevou à presidência da república em 2002.

Agora, Butler segue a mesma estratégia. Reapresenta a sua teoria em recortes mais essencialistas e até moralistas, para fazê-la avançar.

II. A TEORIA DE GÊNERO BUTLERIANA :: LEIA MAIS »

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out   dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia