Baba 19

NOTÍCIAS DA AVEP
GOLEADAS DAS EQUIPES DOS CAPITÃES ALEX DE MOISES E CESINHA DA NACIONAL MARCAM A 19ª RODADA
Fazendo parte da 19ª rodada de “babas de praia” da Temporada 2017 da Associação dos Verteremos de Esporte Praiano –AVEP, no Campo Grimaldo o quadro do Capitão Alex de Moises goleou o do Capitão Alvinho pelo elástico placar de 9 a 0. Os gols foram marcados por Ralio da Contabilidade (3), Charles II(2), Alex de Moises(3) e Eldon. No Campo Martial o time do Capitão Cesinha da Nacional sapecou 5 a 2 no do Capitão Melgaço. Marcaram para o vencedor Alan Dias Firula(3) e Duda Pantera(2), para o perdedor Carlão do Taxi e Larocca. Receberam Cartão Amarelo os beques de meio Alvinho e Marcondes Corretor; Azul, Alvinho. Os jogos foram apitados por Vinicius Pereira Vieira (Campo Grimaldo) e Alex Sandro Oliveira de Jesus, ambos pertencentes à Liga Ilheense de Futebol e tiveram boa atuação conforme as opiniões dos olheiros de árbitros. Como de costume aconteceram na praia da Av. Soares Lopes(imediações do espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus); na manhã de domingo do dia 19.11.2017.
Equipes no Campo Grimaldo
(Cap. Alex Moises): Maranhão(Rosivaldo entrou no intervalo), Luís Eduardo, Heckel Januário, Prof. Jorge Reis e Sizinio Barros; Podão, Zugaib da Ceplac, Eldon, Charles II, Alex de Moises e Ralioda Contabilidade.
(Cap. Alvinho): Zeca da Barrica, Haroldo(Djalma Peludo entrou no intervalo), Alvinho(Claudio Filho de Guy do Blog entrou aos 25’ da 2ª etapa), Waldemar daCodeba e Marcondes Corretor; Adauto Negocinho, Souza da Polícia, Pescador, Nilton do BB, Everaldo Cabeça de Flandes(SilmarEspanhol entrou aos 20’ da 2ª etapa) e Carqueija(Sena entrou aos 27’ da 1ª etapa)
Equipes no Campo Martial
(Cap. Cesinha da Nacional): Marcelo da RF, Geraldo da Ceplac, Paulô da Bitway, Eduardo Japonês e Correia do HSBC; Cesinha da Nacional, Danilo, Zé Eduardo, Luís Humberto, Duda Pantera e Alan Dias Firula
(Cap. Melgaço): Irineu, Mario Cabeça Branca, Dinho da Van, Robson e Vado do Bradesco(Paulinho da AFC entrou no intervalo); Melgaço, Silva, Passos de Uruçuca, Carlão do Taxi, Garrancho 100 Anos de Praia(Larocca entrou no intervalo) e Mario Filho.

COMENTÁRIOS
Registramos dos observadores que no papel (Campo Grimaldo) a equipe do Cap. Alvinho se equilibrava em qualidade à do Cap. Alex de Moises, mas em campo o que se viu foi –com uma marcação encaixada– a desde comandante ir aos poucos dominando a do adversário e aplicar uma sonora goleada de 9 a 0. Ressaltaram também que os onze da vencedora, todos fizeram um bom jogo. No Campo Martial anotaram que embora a equipe do Cap. Melgaço insistisse em contra-ataques perigosos, principalmente na 2ª etapa, não fora além disso, frente uma maior organização da equipe comandada pelo Cap. Cesinha da Nacional. Evidenciaram mais uma vez o destaque para centromédio Correia do HSBC.

NOTAS
Os capitães Alex de Moises e Cesinha da Nacional, neófitos escolhedores de “babas”, se deram bem na estreia com a ‘tarja’ de comandante.
Disseram os olheiros de plantão que o estreante de capitão Cesinha da Nacional estava tão entusiasmado com a vitória que ao chegar na residência depois do “baba” ingeriu um ‘litrão’ inteiro de cerveja, de vez e no gargalo.
Anotaram também que o estreante Alex de Moises, apesar de sua religião não permitir o consumo, andou lá tomando uns e outros ‘sucos de cevada’ para comemorar a estreia vitoriosa como capitão.
Os olheiros parabenizaram os neófitos capitães que estrearam com vitórias, mas também os aconselharam a não se entusiasmarem demais não, haja vista na AVEP já acontecer o chamador de ‘baba’ ganhar a primeira, ficar eufórico e depois tocar cacete em sucessivos ‘babas’.
Reclamaram muito da foto que o presidente Djalma Peludo –ajudando o fotógrafo oficial avepiano, Marconi– bateu do time do Cap. Melgaço. Rapaz! Uma desarrumação da porra!!
Texto do associado Heckel Januário. Fotos dos “babas” de Marcone Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos desta entidade e seu Secretário.

Resenha do blogueiro: Apesar da reverencia cerimonial de Paulo Gois, D. Peludo aplicou-lhe uma suspensão, o que gerou muitas saudades a sua ausência.