WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 23/nov/2017 . 20:20

ATÉ HOJE É UM MISTÉRIO ESTA APA LAGOA ENCANTADA RIO ALMADA. ===>>> 22-09-2014

Era somente APA da Lagoa Encantada, de repente ficou enorme, gigantesca, e nada é feito.

Ou melhor, projetinhos mambembes de ONGs, e turmas de Oba Oba, brincando de rodinha.

APA Lagoa Encantada Rio Almada.

APA Lagoa Encantada Rio Almada.

Ciranda cirandinha, vamos todos cirandar.....

Ciranda cirandinha, vamos todos cirandar…..

Quadrilha ‘guardava’ ou diminuía rotas de ônibus escolares para reter verbas, diz PF

Quinta, 23 de Novembro de 2017 – 11:40

Quadrilha ‘guardava’ ou diminuía rotas de ônibus escolares para reter verbas, diz PF

por Francis Juliano – Bahia Notícias

Foto: Reprodução / Caminhos da Escola

O esquema fraudulento desbaratado nesta quinta-feira (23) pela Polícia Federal na Bahia previa até o não uso de ônibus escolares, já prontos para servir às populações. Mas não “só” isso. Os veículos também tinham a rota diminuída para reter os recursos em benefício da organização criminosa. As fraudes foram reveladas pelo superintendente da PF na Bahia, Daniel Justo Madruga. “Tinha prefeitura que adiava o uso dos ônibus amarelos. Não colocavam o ônibus para rodar. Nos contratos de deslocamento, havia linhas de 20 quilômetros, mas na verdade só percorria 10 km. Então, aqueles estudantes que não eram alcançados tinham que se deslocar até um ponto. Tinham que fazer um esforço extra para estudar ”, declarou.  As irregularidades foram detectadas pela Operação Lateronis, feita pela PF, em parceria como Ministério Público Federal (MPF) e Controladoria Geral da União (CGU). As cidades em que o grupo agia no estado são: Barra do Choça, Cândido Sales, Condeúba, Encruzilhada, Ribeirão do Largo, Gandu, Itambé, Jequié, Piripá, Vitória da Conquista, Tanhaçu, Ipirá, Salvador, Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e Formosa do Rio Preto. Conforme a ação, entre 2010 a 2016, o grupo investigado firmou contratos com 35 municípios da Bahia, tendo recebido um total de R$132 milhões nesse período. Desse montante, cerca de R$63 milhões correspondem a recursos federais, sendo R$11 milhões do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate) e R$52 milhões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Sihs avança nos Planos Municipais de Saneamento Básico na Bahia

Os municípios de Itaparica, Vera Cruz, Jaguaripe, Pojuca e São Sebastião do Passé estão em fase avançada das atividades para a elaboração de seus Planos Municipais de Saneamento Básico (PMSB) com iniciativa e apoio técnico da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento Básico. As próximas atividades serão as oficinas participativas para elaboração do diagnóstico – dias 27 e 28 de novembro, em Itaparica  e dias 13 e 14 de dezembro, em Vera Cruz.

A Sihs, em conjunto com a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A (Embasa) e a Agência Reguladora de Saneamento Básico (Agersa), também já firmou Acordo de Cooperação Técnica com a Prefeitura Municipal de Feira de Santana. A partir de hoje (23), até o próximo dia 29 de novembro acontecerão as oficinas participativas para elaboração de diagnóstico. Os produtos de diagnóstico técnico físico-biótico, sócioeconômico, abastecimento de água e esgotamento sanitário, feitos pela Fundação Escola Politécnica (Fep) já foram entregues e estão em análise pelos entes cooperados.

Em breve serão assinados os acordos com as prefeituras de Vitória da Conquista e Barra do Choça, envolvendo os componentes de Abastecimento de Água Potável, Esgotamento Sanitário, Limpeza Urbana e Manejo de Resíduos Sólidos, além de Drenagem, Manejo de Águas Pluviais e Fiscalização Preventiva das Redes Urbanas. O Termo de Referência para início do processo licitatório foi encaminhado para a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para análise e parecer. “Os PMSB são importantes instrumentos que visam ordenar os serviços públicos de saneamento, considerando as funções de gestão para a prestação dos serviços, a regulação, fiscalização, controle social e sistemas de informações”, explica o secretário Cássio Peixoto. “Para isso, o apoio e o suporte técnico da Sihs, Embasa e Agersa vão oferecer as tecnologias apropriadas, considerando as peculiaridades regionais e locais dos municípios, incluindo a capacidade de pagamento pelos usuários e as medidas economicamente sustentáveis”.

Conforme prevê a Lei Federal n°11.445/2007, a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) deve alicerçar-se nos princípios da universalização do acesso e integralidade de cada componente dos serviços de saneamento básico. Devem ainda estar em consonância com os objetivos e as diretrizes dos Planos Plurianuais (PPA), com os planos de bacias hidrográficas em que estiverem inseridos, dentre outros como, Plano de Meio Ambiente, Plano de Educação Ambiental, Plano de Mudanças Climáticas, Zoneamento Econômico Ecológico, Planos Diretores Municipais, Planos de Habitação e outros, quando existentes, abrangendo um horizonte de 20 anos e com revisão em prazo não superior a 04 anos, observando o conteúdo mínimo definido por lei. “Ressalte-se que o PMSB deverá envolver todo o território urbano e rural do município, contemplando as quatro componentes do saneamento básico, buscando suas inter-relações com as ações de combate e controle de vetores e reservatórios de doenças”, enfatiza o Superintendente de Saneamento da Sihs, Carlos Fernando Abreu. “Vale lembrar também que a elaboração e edição do plano são de responsabilidade do titular dos serviços, ou seja, dos municípios e o Governo do Estado está promovendo todo o suporte técnico para viabilizar os PMSB”, finaliza.

Ascom Sihs. 23.11.17.  Tel:3115-6214/6218

ESPAÇO DO LEITOR – RONDAS ESCOLARES

Álvaro Júnior <…………@outlook.com.br>

Foto Jamesson Araújo – Blog AGRAVO (colhida no Google)

Bom dia !

Gostaria que publicassem algo que vem me incomodando a bastante tempo !

O Colégio Paulo Américo situado no Parque Infantil vem ocorrendo várias brigas de alunos na porta da escola, além de alunos jovens  que moram por perto e não tem comportamentos lícitos perante a lei por muitas vezes se envolvem nessas brigas e até mesmo  chegando a andar com armas brancas na porta da escola.

Ontem uma adolescente ao sair da escola foi abordada por meninas que voltavam da praia, e essas meninas passavam a golpear com socos e chutes a aluna do Paulo Américo que por sinal foi confundida por tais agressoras .

Não conheço a diretora do Paulo Américo, mas de certeza ela tem ciência disso e eu creio que ela tenha  procurado providências, pois são vários ocorridos que vem acontecendo no local, venha apenas alertar novamente pois grandes é a preocupação com os jovens de Ilhéus, pois ali no meio tem pessoas de bem correndo sérios risco .

Tenham um bom dia  !

Agradecido !

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
novembro 2017
D S T Q Q S S
« out   dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia