Assembléia de Deus

Recebemos informação de pessoa ligada a Igreja, que em deliberação da  CEADB – Convenção Estadual da Assembléia de Deus da Bahia, e corroborada pela CGADB – Convenção Geral da Assembléia de Deus do Brasil.

Que não iriam prejudicar as candidaturas postas de parlamentares tentando a reeleição, porém, não vão apoiar os que de alguma forma não contribuíram para aumentar a visibilidade positiva da Igreja. A estratégia é aumentar o leque político da Igreja, e para isso novos membros serão lançados.

Podem até tentar desmentir essas afirmações, porém o tempo e o desenrolar dos acontecimentos vão confirmar ou não as informações.