WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 15/fev/2017 . 17:10

EM ILHÉUS TEM LABORATÓRIOS FECHANDO AS PORTAS.

Não estão aguentando o calote da Secretaria Municipal de Saúde.

O ‘dotô não tá cuidando de mim’. 

Imagem ilustrativa do Google.

Para Prêmio Nobel o “ aquecimento global é uma nova religião”

Por  em 

Ivar Giaever, Prêmio Nobel de Física 1973.

Ivar Giaever, Prêmio Nobel de Física 1973 renunciou à famosa American Physical Society (APS) em 13 de setembro de 2011 como forma de condenar a posição oficial da associação em favor do “aquecimento global”.

Giaever é professor emérito do Rensselaer Polytechnic Institute, em Troy, Nova York, e da Universidade de Oslo.

Em 2007, a APS adotou uma declaração oficial segundo a qual as atividades humanas estão mudando o clima da Terra.

“As evidências são incontestáveis: O aquecimento global está ocorrendo”, afirmava o documento repelido pelo Prêmio Nobel.

“Se não forem empreendidas ações mitigadoras provavelmente acontecerão rupturas significativas nos sistemas físicos e ecológicos da Terra, nos sistemas sociais, atingindo a segurança e a saúde humana. Precisamos reduzir as emissões de gases de efeito estufa a partir de agora”, martelava o documento.

Giaever enviou na oportunidade um e-mail para Kate Kirby, chefe da APS, explicando que “ele não pode conviver com essa declaração” quando a temperatura global continua “surpreendentemente estável”.

Na APS, explicou o cientista, pode-se discutir todos os temas científicos, menos um que é tratado como tabu intocável: “o aquecimento global deve ser tratado como evidência indiscutível?”

“A alegação de que a temperatura da Terra passou de 288,0 para 288,8 graus Kelvin em cerca de 150 anos, se for verdade significa que a temperatura tem sido surpreendentemente estável, e a saúde humana e a felicidade melhoraram indiscutivelmente neste período de ‘aquecimento’”, acrescentou o Prêmio Nobel.

“Aquecimento global”, guerra ao desmatamento, etc.: dogmas de uma nova religião

Para o Prêmio Nobel, “o aquecimento global se tornou uma nova religião”

“Ouvimos muitas advertências semelhantes sobre a chuva ácida, há 30 anos e o buraco de ozônio de 10 anos atrás ou o desmatamento”, defende ele apontando profecias catastrofistas que não se verificaram.

“O aquecimento global tornou-se uma nova religião. Nós frequentemente ouvimos falar do número de cientistas que o apoiam. Mas o número não é importante:… Só importa saber se os cientistas estão corretos. E, realmente nós não sabemos no que é que consiste o efeito real da atividade humana sobre o temperatura global”, acrescentou.

Giaever é um dos cientistas mais proeminentes citados em Relatório hoje histórico da Comissão do Meio Ambiente e Obras Públicas do Senado dos EUA.

Ele figura entre os 400 “cientistas dissidentes” que denunciaram em manifesto o mito do “aquecimento global” e que hoje aumentaram para 700.

Giaever também foi um dos mais de 100 signatários da carta de 30 de março de 2009 ao presidente Barack Obama, criticando sua postura sobre o aquecimento global.

É de se desejar que o novo presidente americano Donald Trump que mostra sensibilidade para posições afastadas do utopismo “verde” reconheça agora os méritos de cientistas como Giaever.

Ele é figura de destaque numa legião de cientistas objetivos que vêm sendo menosprezados e até punidos pelo radicalismo ambientalista instalado na administração pública americana.

 

DISCUSSÃO ENTRE LULA E MARISA EM RAZÃO DE LULINHA TERIA SIDO O ESTOPIM DO AVC E DA MORTE DA “GALEGA”.

www.cidadesdomeubrasil.com.br/busca/lulinha  

O maior temor de Lula e de seus advogados era ver Marisa Letícia e Lulinha prestando depoimento na Lava Jato. O risco de um tropeço de ambos nos depoimentos era grande e poderia colocar todas as teses e argumentos defendidos pelos advogados de Lula na lata do lixo. Lula e seus advogados lutaram com todas as armas para evitar que Marisa ou Lulinha fossem prestar depoimentos, mas sabiam que uma hora ou outra, isso seria inevitável.

Não era segredo que a relação de Lula com Marisa não era das melhores e já vinha se deteriorando em razão da Lava Jato. Lula e principalmente Marisa, sentiam os efeitos das investigações que ameaçavam Lula, Lulinha e a própria Marisa, de passarem alguns anos na cadeia. Noites de tensão e nervosismo não evitaram discussões entre o casal. Marisa temia pela prisão do filho, envolvido por Lula em diversos crimes de corrupção e estelionato. Marisa seguia um calvário ao lado de um homem que por duas vezes a tinha traído com outras mulheres. O desconforto era grande e porque não dizer, humilhante. Marisa levava uma vida sedentária, fumava em excesso, sofria de pressão alta e diabetes e já não era mais a mesma pessoas falante de antes. Depois que a Lava Jato desvendou os golpes e as maracutaias de Lula, a vida mudou de rumo.

As discussões entre o casal eram homéricas. O bate bocas em altos brados, com direito a quebra quebra, mexiam com a tranquilidade dos vizinhos. A tensão era grande e em crescente quadro geométrico. Segundo vizinhos, uma violenta briga entre Lula e Marisa explodiu semanas atras, tendo como pano de fundo, um assunto que há muito colocava casal em pé de guerra. Os filhos…Todos eles envolvidos em falcatruas e usados como laranjas nos esquemas de Lula para amealhar dinheiro da corrupção. Envolvida na Lava Jato, juntos com os filhos, Marisa teria ameaçado Lula de abrir a boca e contar tudo o que sabia.
A noticia que os dois filhos seriam presos foi o estopim que levou Marisa a passar mal e ser levada para O Sírio Libanês. O Centro do Conflito; teria sido Fábio Luis. Clinicamente diagnosticado com evidente limitação, idade mental aquém da cronológica, incapaz de gerir os mais elementares dos problemas da rotina do dia, vendido como Empresário bem sucedido e dono de fortuna considerável, Fábio era um homem Indefeso, que se caísse nas mãos de Investigadores, seria destroçado. Comprovada a incapacidade do filho, Lula teria muito a explicar na Polícia Federal. Blindado, e sempre longe de holofotes, protegido de todas as formas por Lula, Fábio Luis se tornou o “Calcanhar Daquilo”, que o “mais honesto” tenta esconder do país.

:: LEIA MAIS »

Ilhéus: postos de combustíveis devem iniciar licenciamento ambiental até 28 de fevereiro

A Prefeitura de Ilhéus alerta aos proprietários de postos de combustíveis no município sobre o prazo para a regularização das licenças ambientais necessárias a esses estabelecimentos comerciais. Para iniciar o processo de licenciamento, os respectivos responsáveis devem comparecer à Superintendência do Meio Ambiente até o próximo dia 28 de fevereiro.

A Superintendência do Meio Ambiente é um órgão da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, localizada na Praça Antônio Viana, bairro Cidade Nova, no centro, próximo ao Fórum Epaminondas Berbert de Castro.

De acordo com o órgão, a venda de combustíveis requer monitoramento da qualidade do solo e dos recursos hídricos das áreas de influência dos postos. Em Ilhéus, o licenciamento é feito conforme convênio firmado com o Estado da Bahia, por meio do plano de gestão ambiental compartilhada.

Vale salientar que, caso não regularizem as licenças ambientais, os empresários poderão ser notificados e sofrer punições. A superintendência também enviará as notificações à Agência Nacional de Petróleo (ANP).       

           Secretaria de Comunicação Social – Secom – 15.02.2017

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
fevereiro 2017
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia