Foto: Secom PMI

Foto: Secom PMI

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, autorizou, quinta-feira, dia 15, o pagamento de 50% do décimo terceiro salário de todos os servidores vinculados ao município. As secretarias de Administração (Sead) e Fazenda (Sefaz) tomaram providências imediatas para dividir a folha de pagamento relativa ao 13º salário para o encaminhamento à Caixa Econômica Federal, instituição que processo o pagamento do funcionalismo municipal.

Diante das dificuldades econômicas enfrentadas pelos municípios brasileiro, que sofrem perdas permanentes de arrecadação, aliadas à providências para o encerramento do mandato, o prefeito disse que resolveu adiantar metade do 13º, mantendo o compromisso da administrar de priorizar o pagamento dos servidores públicos.

De acordo com Jabes Ribeiro, o montante reservado para efetuar esse pagamento vem sendo reunido ao longo das últimas semanas, mesmo após a justiça ter sequestrado mais de um milhão de reais para pagamento de precatórios trabalhistas (decisões judiciais já finalizadas) somente neste mês.

“Quitamos hoje metade do décimo e continuamos poupando e nos esforçando para poder, ainda no prazo, no dia 20, pagar o restante. Infelizmente, diante da conjuntura econômica e política nacional, que nos afeta brutalmente, não depende somente da administração municipal, mas assim que houver verba suficiente, sem dúvidas faremos o pagamento”, afirmou o gestor.

O prefeito ressaltou que, além da obrigação de quitar o décimo terceiro salário, há a necessidade de manter a máquina pública funcionando até o último dia de governo. “Isso exige uma determinação sem precedentes do governo em manter suas finanças em ordem, definindo as prioridades a serem cumpridas, pois temos inúmeros serviços públicos que precisam funcionar a contento para a população”.

Recursos – A administração municipal aguarda decisão sobre ação judicial impetrada pelo município, há 20 dias, que pleiteia fatia maior de recursos oriundos das multas de repatriação de ativos. A parcela que caberia a Ilhéus pode reforçar os cofres municipais no intuito de garantir o pagamento da outra parte do décimo terceiro salário, assim como da manutenção dos serviços, afirmou o prefeito Jabes Ribeiro.

Secretaria de Comunicação Social – Secom.  – Ilhéus, 16.12.16