Perfuração de poços

Perfuração de poços

 

A Bahia terá disposição o equipamento perfuratriz, utilizado para escavação de poços, que beneficiará 54,1 mil domicílios baianos com água encanada. Um total de  30 municípios da região de Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), localizada em três territórios de identidade do estado da Bahia (Bacia do Rio Corrente, Bacia do Rio Grande e Velho Chico) serão contemplados.  A demanda foi acordada em reunião entre o secretário executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Franscisco de Assis Lopes, o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto e o vice-governador João Leão.

“E esse equipamento mudará a realidade de milhares de pessoas que demandam de um bem tão precioso para a sobrevivência como a água. Pois, será possível, através da perfuração, captar água para consumo humano, agricultura e produção de animais”, comemorou Peixoto, complementando que: “a profundidade máxima de alcance das perfuretrizes é fator decisivo no índice de sucesso destas ações, levando em conta que muitas vezes a camada impermeável que se encontra abaixo da superfície está mais distante do solo”.

Nas localidades de Brejolândia, Canápolis, Cocos, Coribe, Correntina, Jaborandi, Santa Maria da Vitória, Santana, São Félix do Coribe, Serra Dourada e Tabocas do Brejo Velho, que pertencem ao território de identidade da Bacia do Rio Corrente, conforme explica o secretário, existem ainda 5,2 mil domicílios que recorrem a rios açudes e lagos e outros 5 mil que utilizam poços ou nascentes para o abastecimento humano.

Já no território de Bacia do Rio Grande, composto pelas cidades de Angical, Baianópolis, Barrreiras, Catolândia, Cotegipe, Cristópolis, Formosa do Rio Preto, Luís Eduardo Magalhães, Mansidão, Riachao das Neves, Santa Rita de Cássia, São Desidério e Wanderley, existe o desafio de ampliar o acesso à água encanada para 17,4 mil domicílios que ainda são abastecidos através de poços ou nascentes e aos 5,6 mil que ainda recorrem a rios ou açudes.

No território do Velho Chico, que é composto pelas cidades de Bom Jesus da Lapa, Cariranha, Feira da Mata, Paratinga, Serra do Ramalho e Sítio do Mato, não é diferente. Ainda persistem formas de abastecimento com poços e nascentes 16,1 mil domicílios e rios e lagos um total de 4,8 mil.

ASCOM SIHS – 3115 – 6214