De acordo com a rede “Caracol”, aeronave teria perdido contato com o aeroporto de Medellín quando sobrevoava as cidades colombianas de La Ceja e Abejorral

Por GloboEspoprte.comMedellín, Colômbia 

O avião que transportava a delegação da Chapecoense para a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional caiu na madrugada desta terça-feira na região de Antióquia, na Colômbia. Segundo a rede de “TV Caracol”, a aeronave sobrevoava as cidades de La Ceja e Abejorral quando perdeu contato com a torre de controle do aeroporto José Maria Córdova. Não há informações sobre vítimas fatais. Segundo agências locais, seis pessoas já teriam sido resgatadas. Os goleiros Danilo e Follmann e o lateral Alan Ruschel estão entre os sobreviventes confirmados.

Resgate Chapecoense (Foto: Fabricio Crepaldi)Resgate do avião da Chapecoense (Foto: Fabricio Crepaldi)

A delegação da Chape saiu de Guarulhos para Bolívia em voo comercial com 72 passageiros e nove tripulantes. Após escala técnica, deixou Santa Cruz de La Sierra em direção a Medellín. Quando sobrevoava a região de Antióquia perdeu contato com o aeroporto, que confirmou o acidente. A causa teria uma pane elétrica.

A Chapecoense viajaria diretamente para Medellín em um voo fretado, o que foi desautorizado pela aviação brasileira. Assim sendo, a delegação do time catarinense foi forçada a mudar seus planos e embarcar primeiro para São Paulo. De lá, pegou o voo para a cidade colombiana.

Segundo a imprensa colombiana, o local da queda do avião, próximo ao aeroporto, seria de difícil acesso. Além disso, o mau tempo na região metropolitana de Medellín atrapalharia ainda mais o resgate. Dois helicópteros da força aérea do país sobrevoam a área para auxiliar no trabalho das equipes de resgate. Dois helicópteros estão sendo utilizado no resgate.

De acordo com informações fornecidas pelo aeroporto José Maria Córdova, a aeronave perdeu contato com a torre de controle às 21h33 locais (0h33 de Brasília) e teria caído às 22h15 (01h15 de Brasília).

Acidente Chapecoense (Foto: Caracol Rádio)Imprensa colombiana confirmou o resgate das vítimas (Foto: Caracol Rádio) 
Resgate dos sobreviventes da queda do avião em Medellín (Foto: Teleantioquia)                                                                             

Em nota oficial, a Conmebol suspendeu todas as atividades envolvendo a Confederação, inclusive a partida que estava marcada para quarta-feira às 21h45 (de Brasília) em Medellín deve ser adiada.

“A Confederação Sul-Americana de Futebol confirma que há sido notificada por autoridades colombianas que o avião em que viajava a delegação do Atlético Chapecoense do Brasil sofreu um acidente em sua chegada à Colômbia. Estamos em contato com as autoridades e à espera de informações oficiais. A família Conmebol lamenta enormemente o ocorrido. Todas as atividades da Confederação ficam suspensas até novo aviso.”

Confira a lista dos jogadores que viajaram para a Colômbia

Goleiros: Danilo e Follmann;
Laterais: Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo;
Zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto;
Volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco;
Meias: Cleber Santana e Arthur Maia;
Atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Dentro de instantes mais informações.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/11/aviao-com-equipe-da-chapecoense-sofre-acidente-na-colombia.html