WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 3/nov/2016 . 19:27

Jardim Atlântico o sabor da nossa Terra

Visitar Ilhéus, seu Centro Histórico e as coloridíssimas fazendas de cacau implica comprar passagem para várias datas do passado. Resquícios dos tempos de bonança podem ser encontrados em todas as partes. Afinal, o cacau deu fortunas aos coronéis e situação confortável à gente de Ilhéus até o começo da década de 1990, quando a praga da vassoura de bruxa se alastrou pelas lavouras. Depois disso, muitos viram suas riquezas escorrendo pelos dedos enfeitados em pesados anéis de pedras preciosas.

Visitar Ilhéus é ter a possibilidade de viver uma deliciosa experiência gastronômica, principalmente para quem é apaixonado por chocolate. A cidade, a 460 quilômetros de Salvador, conhecida como a terra do escritor Jorge Amado, é uma das mais importantes produtoras de cacau e pretende se tornar a capital do chocolate fino brasileiro.

É nesse contexto que o Jardim Atlântico Beach Resort lança sua Campanha Institucional de 2017, voltada para o sabor da nossa terra, o Chocolate Gourmet.

jardimatlantico

Sinta o sabor da Terra do Chocolate Gourmet!

 

Consulte OUTRAS Promoções Aqui!  :: LEIA MAIS »

Mais concursados são chamados pela Prefeitura de Ilhéus nas áreas de Saúde e Assistência Social

sede-administrativa-do-municipio-de-ilheus_foto-secom-ilheusAtravés das portarias 510, 511 e 512/2016, a Prefeitura de Ilhéus está convocando mais candidatos aprovados no último concurso público municipal. Assinadas pelo prefeito em exercício Carlos Machado (Cacá) e pelo secretário de Administração, Ricardo Machado, as portarias nomeiam candidatos nas áreas de Saúde e Assistência Social. Na oportunidade, de modo a não gerar solução de continuidade nos serviços públicos, o prefeito ressaltou o acordo entabulado com o Ministério Público Estadual e com o Ministério Público do Trabalho.

Nos Decretos, por meio da nomeação dos candidatos aprovados, o prefeito ressalta o compromisso da Administração Pública em reorganizar a área de pessoal do município. Os concursados devem comparecer, no prazo improrrogável de 30 dias, contado da data de publicação das portarias (26 de outubro), ao Departamento de Recursos Humanos, instalado no Anexo Único de Secretarias, localizado na Rua Santos Dumont, centro da cidade.

Na oportunidade, eles deverão apresentar os seguintes documentos: RG (xerox e original), CPF (xerox e original), CTPS (xerox e original), Título de Eleitor (xerox e original)/Certidão de Regularidade Eleitoral, Certificado de Reservista, Certidão de Estado Civil/Dependentes, carteira do conselho para os cargos definidos em pré-requisito, Regularidade do Conselho Profissional (xerox e original), Comprovante Atualizado de Residência (xerox e original), Declaração de Bens (Imposto de Renda), Registro no PIS/PASEP (caso tenha), Duas fotos recentes 3×4, Diploma de Conclusão do Curso referente à escolaridade mínima exigida para a função, expedido por Instituição de ensino autorizada por Secretaria da Educação ou IES reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e devidamente registrado.

Ainda, Atestado de Antecedentes Policiais e Criminais, Declaração de NÃO acumulação de cargos ou incompatibilidade de carga horária, caso tenha acumulação, declaração de carga horária e escala dos últimos três meses em exercício, Atestado de Saúde Ocupacional e Laudo Médico de Sanidade Mental e Capacidade Física expedidos pelo Serviço de Medicina Ocupacional sob a responsabilidade da Administração, comprovando estar o candidato apto, física e mentalmente, a assumir as atribuições da Função (Encaminhamento após a entrega de documentação).

Nomeados – Na área de saúde, foram nomeados os seguintes candidatos, aprovados no concurso homologado em 1º de julho de 2016, por meio do Decreto 50/2016: (médico clínico – 20 horas), Reyli Maria Cubillo Obregon e Kátia Maria França Araújo; (médico clínico – 40 horas), Danielle Costa Rodrigues, Pedro Antunes de Santana Pereira, Lucas Vinícius Silva dos Santos, Leonardo Firmo de Carvalho Ceo, Luiz Daniel N. da Silva, Ricardo Marques dos Santos, Ana Cláudia Costa Maciel e Kely Cristina Silva Cruz.

Ainda, (médico socorrista – 24 horas), Luciano José Alcântara Sampaio, Herlanderson Gustavo Picoli, Fernanda Athie Goulart, Fernando Alves Pereira Júnior, Caio Cesar Calixto Gomes, Caíque de Santana Santos e Carlos Eduardo Bispo dos Santos; (médico ginecologista e obstetra – 20 horas), Cíntia Maria Freire Silva e Daniela de Lima Costa; (médico pediatra – 20 horas), Luciana Apda Rocha de Souza Albuquerque e Maria Ferreira Bittencourt; (médico geriatra – 20 horas), Carlos Henrique Rodrigues Castro; (médico cardiologista – 20 horas), Rod Maiko Praga Xavier de Brito; (médico proctologista – 20 horas), Irany Santana Salomão; (medico urologista – 20 horas), Bruno Rafael Figueiredo Foeppel Cardoso, Pedro Roberto Silva e Silva e Luiz Carlos de Oliveira; (médico dermatologista – 20 horas), Hermínia Chaves Pedro Barreto Cardoso; (enfermeiro – 30 horas), Paula Menezes Fonseca Isensee e Gabriela da Costa Giron Margalho.

Por fim, o Decreto 512/2016 nomeia Edio Vinícius Santos de Sá, Daniela Guimaraes Martinez, Thais Moreira Santos de Jesus, Paloma de Castro Brandão e Lais Tailla Cardoso Régis, (enfermeiro socorrista – 30 horas); Helder Ramos Santos (psicólogo – 30 horas); Jacqueline Fernandes Padre e Juliana Froes Piropo de Oliveira (nutricionista – 30 horas); Camila Fontes Farias (terapeuta ocupacional – 30 horas); Yanna Santos Rodrigues (fisioterapeuta – 30 horas); Lina Jurema Cardoso Lopes e Mikale Moreira Bitar (assistente social – 30 horas); Valter Dias dos Santos Júnior e Gledes Soares da Silva (auxiliar de serviços gerais – 40 horas); Débora Andrade Rodrigues de Faria e Naiana Maria Souza Cabral (técnico em enfermagem – 40 horas); Bárbara Maria Faria Kruschewsky e Simone Costa Santos Santana (técnico em enfermagem socorrista – 30 horas); Aline da Silva (auxiliar de saúde bucal – 40 horas); Jorge Miguel Vargas Duplat, Edinalvo Silva Santana Júnior, Jerfson dos Santos Meira, Hernando Sena dos Santos, Luis Cláudio Catarino da Silva e Nelson Francisco de Souza (condutor socorrista – 40 horas); Reislene de Jesus Santos                            e Alana Barreto Braga (auxiliar de regulação – 40 horas).

Já na área de assistência social, o Decreto 511/2016 nomeia, para o cargo de cuidador – 40 horas, os seguintes candidatos: Andrea Cardoso Cordeiro, Lucimar Lopes Santos, Euza Souza dos Santos, Rosângela Silva Santos, Vanuza Maria Alves, Cláudia Souza Coelho, Adriana Agostinho de Lima, Ana Lúcia Santos Silva Navarro, Viviane Jesus Silva, Shirlei Santos do Nascimento, Zélia Santos Coelho, Joseane Santana dos Santos, Elinaldo Soares Santos, Rosane Cruz Oliveira Pereira, Lidiane da Costa Alves, Hellen de Jesus Góes, Tatiane Gomes Pereira, Joelma Santana dos Santos, Maria Madalena Simões de Oliveira e Alexa Souza dos Santos.

Secretaria de Comunicação Social – Secom. – Ilhéus, 03.11.16

O VENENO DA NOITE!

sonsopsiu

Ilhéus tem o que merece.

E não tem o que não merece.

Fica combinado assim…

FMT comemora avaliação do curso de Direito pelo MEC

Curso ficou próximo a nota máxima em avaliação in loco

Faculdade Madre Thaís

Faculdade Madre Thaís

O curso de Direito da Faculdade Madre Thaís (FMT), Ilhéus – BA obteve nota 4 no diagnóstico realizado pelos avaliadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), designados pelo Ministério da Educação. A notícia foi comemorada pelos alunos, professores  e diretores da instituição de ensino superior. A nota máxima da avaliação do MEC é 5.

De acordo com a diretora Acadêmica da Faculdade Madre Thaís, Tatiana Barcelos, o ótimo desempenho do  curso no processo avaliativo evidencia as boas práticas realizadas pela instituição. O curso de Direito foi analisado em três áreas: Organização didático-pedagógica , Corpo Docente  e Infraestrutura . Da média dos três conceitos resultou a nota final da graduação.

Portaria nº 686, de 31 de outubro de 2016, foi publicada  na edição nº 210, de terça-feira (1). Como parte integrante do seu projeto pedagógico, o curso de Direito da FMT possui o desenvolvimento de um perfil profissional diferenciado, a partir de uma visão humanista do Ensino Jurídico, com aprendizados e conhecimentos obtidos por meio de atividades nos eixos de ensino, pesquisa e extensão.

“As  atividades são planejadas e desenvolvidas buscando construir o conhecimento, o desenvolvimento de competências e a aquisição de habilidades para que o acadêmico atue no mercado como transformador da realidade social, utilizando-se da instrumentalidade do Direito como fator de integração e justiça. As práticas pedagógicas envolvem aulas, projetos de pesquisa, eventos científicos, atividades de monitoria, atividades de extensão, projetos comunitários e sociais, consultas à biblioteca, visitas orientadas, estágios, estudo de caso e outras atividades voltadas à sociedade, explica o professor Jesevandro Ferreira do Nascimento, coordenador do Curso.

Vestibular 2017.1

:: LEIA MAIS »

Aleluia sai em defesa de presidente do TST

25558872193_17d8c6d245_z

“O rei está nu e a culpa é da criança que vê e aponta o problema”. Lembrando-se do conto de fada “A roupa nova do rei”, de Andersen, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) sai em defesa do presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Gandra Martins Filho, contra os ataques de associações de advogados trabalhistas.

“O ministro Gandra Filho apontou apenas um fato que é de conhecimento público: a existência de ‘um desbalanceamento’ nas decisões a favor dos empregados, causando certo desequilíbrio e pesando demais para um lado da balança. Bastou isso para ser acusado de má-fé pela Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas, que, pelo jeito, tem todo o interesse em estimular essa fábrica de processos”, explica o parlamentar baiano.

Para Aleluia, o ministro está certo, quando defende que o papel da Justiça do Trabalho é conciliar os interesses de trabalhadores e empresários, e não proteger um dos lados. “É inadmissível que, neste ano, se alcance a marca de três milhões de processos na Justiça do Trabalho, um volume de reclamações inexistente em todo o mundo”, observa.

O deputado democrata entende que essa avalanche de processos só contribui para dificultar a vida das empresas, estimular o desemprego e servir de argumento para aumentar os gastos públicos na ampliação do número de varas e contratação de servidores. “Demonstrando coerência e zelo pela coisa pública, o ministro Gandra Filho ainda requereu a retirada dos projetos que estavam na Câmara Federal para criação de novas varas do trabalho, provando ser um homem público comprometido com um novo Brasil”.

DATA: 03/11/2016 – ASCOM: 71 99994 4411

BATENDO E CHEIRANDO.

Cheirando pra sobreviver...

Cheirando pra sobreviver…

Tem quem esculache com os vereadores, mas ficam cheirando o furico deles em troca de trezentinhos…

Ilhéus envia representantes para debate sobre transferência da gestão das praias da União para os municípios.===>>>24-08-2016

Fotos: Alfredo Filho

Fotos: Alfredo Filho

 

Representantes da Prefeitura de Ilhéus participam nesta quarta-feira, dia 24 de agosto, em Salvador, de uma audiência pública para discussão sobre a transferência da gestão das praias da União para os municípios, prevista pela Lei Federal 13.240/2015. A audiência pública acontece na sede do Ministério Público Federal (MPF) na Bahia, situada na rua Ivone Silveira, 243, bairro de Doron.

Coordenado pelo procurador da República Pablo Barreto, o evento conta com a participação do Procurador Geral do Município, Otávio Augustus Carmo, do secretário de Administração, Ricardo Machado, e de Meio Ambiente e Urbanismo, Antonio Vieira. O secretário Ricardo Machado admite que o município de Ilhéus vê possibilidades concretas de avançar nessa questão e assumir algumas das áreas em questão, como as praias da avenida Soares Lopes e as praias do Sul, na zona urbana.

Segundo a coordenação do evento, a proposta da audiência pública é conhecer e aprofundar a viabilidade e as condições de gestão das praias, considerando os aspectos jurídicos, técnicos e de gestão participativa. O encontro busca ainda esclarecer pontos relacionados à futura implementação da norma, entre eles, a garantia de que os espaços costeiros serão usados, inclusive por quiosques  e vendedores ambulantes, conforme o uso e a ocupação das praias.

O evento é uma iniciativa do “MPF pelo Gerenciamento Costeiro”, projeto da 4ª Câmara de Coordenação e Revisão (meio ambiente e patrimônio cultural), que tem como proposta central desenvolver modelos de atuação para auxiliar os membros que agem na região costeira do país. O MPF Gerco pretende facilitar o trabalho integrado na proteção da costa brasileira e na solução e prevenção de conflitos, aproveitando, quando possível, os mecanismos do Projeto Orla.

Secretaria de Comunicação Social – Secom. – Ilhéus, 24.08.16

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
novembro 2016
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia