equipe-de-triagem-apae-de-ilheus-psicologa-edna-queiroz-assistente-social-neildes-melo-e-a-psicopedagoga-kalinca-felix

A cada dia, a atual gestão da Apae de Ilhéus dá passos importantes para a elevação do nível de atendimento no serviço social, psicológico e psicopedagógico oferecido pela instituição. Com a atuação da equipe multidisciplinar na realização do procedimento da triagem, quem ganha com isso é a clientela de alunos e também os familiares, que encontram na instituição amparo profissional e maiores possibilidades para o desenvolvimento do aluno que possui deficiência intelectual.

Com atendimento todas às terças-feiras no período da tarde, das 13h20 às 17h, a equipe multidisciplinar da Apae de Ilhéus, formada pela Assistente Social Neildes Melo, a Psicóloga Edna Queiroz e a Psicopedagoga Kalinca Felix, realiza a triagem por meio de procedimentos de avaliações e anamneses, que visam averiguar inicialmente se o usuário possui o perfil para estudar na Apae de Ilhéus, isto é, se possui a deficiência intelectual, e, em caso positivo, é feita a identificação do programa pedagógico adequado.

“A triagem representa vários olhares provenientes das áreas social, psicológica e psicopedagógica, sobre um mesmo caso, fundamental para realizar uma avaliação mais completa”, explica a Coordenadora Pedagógica e Psicopedagoga, Kalinca Félix. Para a Psicóloga Edna Lúcia Queiroz, “além de orientar a família e inserir o indivíduo em um programa segundo suas necessidades e possibilidades, a triagem possibilita um melhor desenvolvimento e desmistifica a ideia de que a Apae é um lugar somente para Síndrome de Down. E não é”. A Assistente Social, Neildes Melo, concorda, “somos muito rigorosos na questão do laudo neurológico, para identificar a existêncida da deficiência intelectual”. Podem ser atendidos na triagem crianças, jovens e adultos, não há restrição de idade.

“Entrem em contato com a Apae de Ilhéus, e tragam seus filhos parentes ou conhecidos para realizar a triagem, pois temos vagas para todos os programas educacionais oferecidos”, destacou a Diretora Geral e Pedagógica, Vitória Penalva.

Como funciona – O primeiro atendimento na triagem solicita e exige a apresentação do laudo médico neurológico atualizado, com, no máximo, 1 ano de expedição, que especifique o tipo da deficiência por meio do Código Internacional de Doenças (CID). É possível conseguir o laudo por meio de consulta com Médico Neuropediatra, no atendimento particular, ou Psiquiatra, pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Para que o aluno apresente perfil para ser atendido na Apae de Ilhéus, precisa-se estar constatado pelo laudo médico, a existência de deficiência intelectual/mental, independentemente da presença de outras deficiências.

O primeiro atendimento ocorre com a Assistente Social Neildes Melo, por meio de uma avaliação social, onde será conhecida a situação familiar do usuário, o que a família sabe sobre a deficiência, levantamento de dados pessoais e uso de medicamentos, para ser elaborada a anamnese social, que traz dados mais aprofundados, como o relacionamento com a mãe, pai e demais familiares, acesso a benefícios sociais etc.

Em seguida, é feito o agendamento da Avaliação Psicológica com a mãe, membros da família ou pessoa responsável, da Avaliação Psicopedagógica, feita individualmente com o aluno, realizadas simultaneamente. “A Anamnese Psicológica vai investigar o histórico da criança e como foi a gravidez, para saber se durante a gestação ocorreram alguns casos ou transtornos que possam ter influenciado para ter sucedido numa deficiência, se há algum tipo de transtorno na família, questões emocionais da mãe etc”, explica a Psicóloga Edna Lúcia de Queiroz.

Já a Avaliação Psicopedagógica, verifica a relação do aluno com a aprendizagem, como ele se posiciona frente aos desafios oferecidos, a interação do aluno com as pessoas, a coordenação motora e outros aspectos. De acordo com a Psicopedagoga, Kalinca Félix, “são feitos testes para verificação de desenvoltura e de habilidades, como está o nível cognitivo, a relação com a família, com quem ensina, o aprender, e, por fim, os níveis de escrita, leitura, desenho”.

O Estudo de Caso é feito com a compilação de todos os dados, para a identificação do programa mais adequado e indicado de acordo com a idade e condições do cliente. Em seguida, a escola entra em contato com a família para apresentação de toda a documentação necessária para ser feita a matrícula e o Atendimento Psicológico individual com o aluno.

Ajude a Apae de Ilhéus a continuar cumprindo a sua missão. Seja doador e sócio contribuinte! Banco do Brasil Agência 0019-1 Cc 55308-5

Acesse: www.facebook.com/apaeilheus http://apaeilheus.wixsite.com/apaeilheus Contato: (73) 3632-3157 apaedeilheus@hotmail.com | Caminho 1, nº 64, Térreo, Hernane Sá, Ilhéus-BA. CEP: 45.656-500. 

CNPJ (MF) 14.802.771/0001-07 – UTILIDADE PÚBLICA FEDERAL Dec. 91.108/85 de 12.03.85 – Registro no CNAS nº. 239.944/800-82 Cartório do 1º Ofício de Títulos e Documentos nº. 18.492 de 01/08/80