DSC_0096

Por meio de apresentações com música, reflexões sobre a paixão e ressurreição de Jesus Cristo,  a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Ilhéus realizou a Festa da Páscoa na Escola Flor do Cacau para alunos, pais e professores, e contou com a primeira apresentação do grupo “Sei sim teatrar”, mais uma inovação trazida pela atual gestão.

A missionária Maysa Oliveira fez reflexões sobre a história da Páscoa, envolvendo os alunos com cantos e perguntas e respostas. Em seguida, professores e alunos do Programa Pedagógico Específico, Educação de Jovens e Adultos e Grupos Externos intercalaram com apresentações de canto e dança, com o tema páscoa.

O último momento da programação da festa de páscoa na Escola Flor do Cacau, contou com um momento que emocionou a todos os presentes. O grupo de teatro da Apae de Ilhéus “Sei sim teatrar” entrou em cena pela primeira vez. Dirigido pela professora Sandra Margarete dos Santos, que há 23 anos atua na Apae de Ilhéus, o grupo encenou com esquetes que envolveram expressão corporal, falas, as representações da Santa Ceia e da ressureição de Jesus Cristo. Segundo a diretora do grupo “Sei sim teatrar”, Sandra Margarete, “o objetivo é fazer com que os alunos desenvolvam suas habilidades e despertem o gosto pelo teatro, para que eles possam ser incluídos por meio da arte”.

Os alunos foram presenteados com chocolate, adquiridos por meio da venda das tortas no dia da síndrome de down no dia 21. Na sequência, foi oferecido um almoço coletivo para alunos, pais, professores e funcionários, ocasião que contou com a presença do Presidente da Apae de Ilhéus, Cel. Albervan Neves de Almeida e sua família.

“Esse almoço demonstra a importância da integração da equipe Apae de Ilhéus, e a valorização de todos os funcionários, sem distinção. O que vale é o compromisso com o desenvolvimento dos alunos. Afinal, inclusão se conquista com o compromisso de todos”, destacou a diretora geral, Vitória Penalva.