WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 21/out/2015 . 19:59

Em Ilhéus, moradores do Alto do Amparo visitam obras do Minha Casa, Minha Vida

O empreendimento possui 2.120 apartamentos e possuirá áreas institucionais, comerciais e de lazer, previsto para inaugurar em março de 2016

Conforme acertado em reunião realizada, na semana passada, o vice-prefeito de Ilhéus, Carlos Machado (Cacá), e o secretário de Desenvolvimento Social, Jamil Ocke, acompanharam moradores do Alto do Amparo, nesta quarta-feira, 21, durante visita às obras de construção dos condomínios do programa “Minha Casa, Minha Vida”, localizado no bairro Nossa Senhora da Vitória. Esse grupo de moradores reside em área de risco no alto do Amparo e ainda sofre os efeitos do temporal que atingiu a cidade no final do ano de 2013 e no ano passado.

De acordo com o vice-prefeito, a visita aos condomínios Sol e Mar I e II foi uma proposição do governo municipal, como forma de demonstrar aos moradores do Amparo que o poder público tem trabalhado para solucionar os problemas enfrentados por essa população. No bairro Nossa Senhora da Vitória, estão sendo construídos 2.120 apartamentos pelo Programa Minha Casa Minha Vida. Outras duas mil unidades residenciais são edificadas em outros bairros da cidade.

As residências que estão próximas aos locais em que houve desabamentos de terras durante o período chuvoso de 2013, no Alto do Amparo, foram notificadas e interditadas pela Defesa Civil, no entanto, os moradores alegaram não ter para onde se mudar. Diante disso, a Prefeitura disponibilizou parcelas do programa Aluguel Social, o que não se configura como solução definitiva.

O vice-prefeito Cacá destacou os esforços que o prefeito Jabes Ribeiro tem empreendido junto ao Ministério da Integração Nacional para a liberação de recursos da ordem de 5,6 milhões de reais, cuja verba será destinada às obras de contenção de encostas, e outros serviços, no Alto do Amparo, um dos mais prejudicados pelas chuvas.

Alternativa – “Atendendo aos pedidos dos moradores e ouvindo suas reivindicações, nos colocamos à disposição para encontrarmos uma solução para estes problemas, desde a realização dos cadastros do Minha Casa, Minha Vida, ao acompanhamento do processo burocrático de liberação do aluguel social e trazê-los para conhecer de perto a estrutura desses apartamentos”, afirmou o vice-prefeito Cacá.

Conforme as regras de aquisição de residência popular do programa federal, famílias que moram em áreas de risco, como encostas e regiões alagadiças, têm prioridade na compra desse tipo de imóvel.

O secretário Jamil Ocke relata que os moradores já estão cadastrados no programa de residência popular, pois se encontram em vulnerabilidade e foram notificadas pela Defesa Civil. “Como o Alto do Amparo vem sofrendo muito com as chuvas, essas onze famílias se enquadram nos critérios, como de vulnerabilidade, e provavelmente serão contempladas”.

Empreendimento – Os condomínios em construção no bairro Nossa Senhora da Vitória possuirão um Centro de Referência de Assistência Social  (CRAS), Unidade de Pronto Atendimento, farmácia, uma escola com doze salas de aula, três quadras poliesportivas, parques, quiosques, casa lotérica, centros comunitários, rede de tratamento de esgoto, ligação de água e energia individuais, pavimentação asfáltica e rampas para acessibilidade. O gerente de obras da empresa Kubo Engenharia, Augusto Rocha, relata que a construção está sendo realizada com padrões de última geração, pensando na comodidade e no bem estar dos moradores. 

O presidente da Associação de Moradores do Alto do Amparo, Netto Souza, ficou muito feliz com a estrutura e disse que marcará uma reunião com os moradores para ouvir a opinião deles e chegar a uma conclusão. Já Gleisa Neves, gostou de todos os espaços e principalmente da segurança do local. “A comunidade está resistindo na mudança, acham o local distante, mas após essa visita, gostei muito daqui e prefiro morar um pouco mais distante, mas num local seguro, sem risco de desabamento”.

Secretaria de Comunicação Social – Secom. – Ilhéus, 21.10.15

O VENENO DA NOITE !

sonso

Algumas articulações em Ilhéus, nem merecem créditos.

São natimortas…

PARAGUAI SE REPAGINA E VIRA CHAMARIZ PARA EMPRESAS BRASILEIRAS.

interface

A soma de benefícios fiscais, baixos custos de energia e de mão de obra e estabilidade das regras para investimento, entre outros fatores, tem feito o Paraguai se transformar em “rota de fuga” para empresas brasileiras que querem ampliar seus investimentos. Camargo Correa, JBS, Riachuelo, Vale, Bourbon, Eurofarma e Buddemeyer estão entre as companhias que encontraram no país vizinho uma opção de crescimento.

A lista inclui empresas que, seja por causa da alta carga tributária, da burocracia, da letargia atual da economia brasileira ou por outros motivos, não conseguem investir no Brasil. De acordo com dados do Banco Central do Paraguai, os investimentos brasileiros no país somaram 403 milhões de dólares no triênio 2012-2014. Isso fez do Brasil o país com maior volume de investimento em terras paraguaias nesse período. Se considerados os investimentos em estoque, que incluem aportes feitos no passado, o Brasil aparece em segundo lugar, com 856 milhões de dólares no fim de 2014, atrás apenas dos Estados Unidos.

Entre os grandes empreendimentos que devem ser inaugurados nos próximos meses está um frigorífico da JBS, em construção no distrito de Concepción, no centro do país. O projeto, que conta com 800 trabalhadores na obra, teve investimentos de cerca de 60 milhões de dólares, com previsão de empregar 1 500 trabalhadores no início de suas atividades, no ano que vem. A lista inclui também a possível duplicação da capacidade de uma fábrica da Intercement, que tem como acionista a construtora brasileira Camargo Correa. O projeto teve investimentos de cerca de 150 milhões de dólares – o maior do Brasil feito no Paraguai – e ajudou a Intercement a deter 40% do mercado de cimentos do país vizinho. :: LEIA MAIS »

Mutirão de saúde marca Dia D do Outubro Rosa em Ilhéus, nesta sexta-feira

Evento será realizado na Praça Dom Eduardo (em frente a Catedral de São Sebastião), a partir das 8h, e vai disponibilizar atendimentos médicos, marcação de exames, aulas de dança, maquiagem e orientações nutricionais

Outubro Rosa

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), realiza nesta sexta-feira, 23, o Dia D da campanha Outubro Rosa, que alerta para a necessidade de prevenção, detecção e tratamento do câncer de mama. O mutirão de atendimentos médicos que marca a data será realizado na Praça Dom Eduardo (em frente à Catedral de São Sebastião), a partir das 8h.

Durante todo o dia, serão oferecidos atendimentos com médicos especialistas em ginecologia, mastologia, marcação de consultas odontológicas, realizados exames preventivos ginecológicos e clínicos das mamas e disponibilizados testes rápidos para detecção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST).

Segundo o secretário de saúde de Ilhéus, Antonio Ocké, o mutirão também tem a intenção de trabalhar com a autoestima da mulher, por isso, será oferecida orientação nutricional, assim como espaço para alongamentos físicos e aulas de dança, massagens, estande para maquiagem e palestras sobre como prevenir e tratar o câncer de mama.

Bairros – As atividades do Outubro Rosa em Ilhéus foram iniciadas na primeira semana deste mês e têm ocorrido nas unidades de saúde localizadas nos bairros, com palestras sobre os cuidados com a saúde da mulher, exames de detecção do câncer. Comunidades como o Teotônio Vilela, Ilhéus II, Nossa Senhora da Vitória já receberam a programação especial.

Mama – De acordo com os especialistas, o câncer de mama é a causa mais frequente de morte por esse tipo de mal nas mulheres, embora existam meios de detecção precoce que apresentam boa eficiência, a exemplo do exame clínico, autoexame, mamografia e ultrassonografia.

Segundo a coordenadora da campanha Outubro Rosa  em Ilhéus, Bárbara Magalhães, não existe uma causa única para o câncer de mama, que é mais comum em mulheres (apenas 1% dos casos são diagnosticados em homens) e tem na idade um dos mais importantes fatores de risco para a doença. Cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos.

Diversos fatores estão relacionados ao câncer de mama: fatores ambientais e comportamentais (obesidade após a menopausa, sedentarismo, consumo excessivo de bebida alcoólica, exposição frequente a radiações ionizantes); fatores da história reprodutiva e hormonal (primeira menstruação antes de 12 anos, não ter tido filhos, primeira gravidez após os 30 anos e não ter amamentado); por fim, fatores genéticos e hereditários (história familiar de câncer de ovário, vários casos de câncer de mama na família e alteração genética, especialmente nos genes BRCA 1 e BRCA 2, entre outros).

Secretaria de Comunicação Social – Secom. – Ilhéus, 21.10.15

ESPAÇO DO LEITOR – AVENIDA SOARES LOPES.

nome: Emerson
Empresa: SEC e CNSV
Atividade: Educaçao
email: el_sinho@hotmail.com
Telefone: 8834-0906
Endereço: Rua Santa Clara 273
Bairro: Conquista
Cidade: Ilhéus
Estado: Bahia
Pais: br
Cep: 45650-810
Teor: elogio
mensagem: Sou amplamente a favor não só da limpeza, mas também da revitalização da Avenida Soares Lopes, pois o espaço poderia ser o nosso cartão postal, entretanto tenho vergonha durante o verão ou feriados quando a cidade encontra-se cheia de visitantes   e a nossa principal orla está sempre imunda. Infelizmente em Ilhéus nunca tivemos um governante de verdade, pelo menos desde que me entendo por gente!

SERÁ QUE CONSEGUE, OU É PANTOMIMA ELEITOREIRA?

PSOL INGRESSA COMO AMICUS CURIAE EM AÇÕES NO SUPREMO PARA CASSAR PENSÃO VITALÍCIA DE EX-GOVERNADOR

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) ingressou, no último dia 13 de outubro, como amicus curiae nas Ações Diretas de Inconstitucionalidade nº 5346 e 5309, ajuizadas pelo Ministério Público Federal no STF, contra, respectivamente, a Lei que permitiu a utilização de serviços de motorista e segurança, e a emenda constitucional que instituiu pensão vitalícia, todos em benefício de Ex-governadores do Estado da Bahia que tenham exercido o cargo por 04 anos ininterruptos ou 05 anos intercalados.

O Presidente do PSOL na Bahia, Marcos Mendes, disse que a medida foi tomada como apoio à iniciativa do Ministério Público Federal, pois tais benefícios não têm previsão constitucional. Na visão do partido, além de ferir a moralidade administrativa, os citados benefícios não têm correspondência na legislação federal, porque inexistem em relação a Ex-Presidentes da República. Para o psolista, a pensão consiste num benefício previdenciário concedido à viúva, aos herdeiros menores ou incapazes de segurados pelo sistema da Previdência Social no país que tenham falecido. Logo, não poderia ser pago a pessoas vivas, como os Ex-Governadores da Bahia.

O Supremo tem julgado inconstitucionais as leis que instituíram pensões para Ex-Governadores de diversos estados brasileiros. Ao todo, tramitam no STF 12 ações que visam derrubar pensões concedidas a ex-governadores. Além da Bahia, o Acre, Amazonas, Mato Grosso, Rondônia, Rio de Janeiro, Pará, Paraíba, Rio Grande do Sul, Piauí, Sergipe e Paraná também instituíram o aludido benefício e, conforme precedentes do Supremo, todos devem ser declarados inconstitucionais.

*ASCOM PSOL BA Jaqueline Barreto (71)8788-7261\91337802

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

outubro 2015
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia