Em Ilhéus, a iniciativa disponibiliza diversos serviços. Entre eles, a realização de exames do câncer de mama e do colo uterino (ginecológico) 

Outubro Rosa

A Campanha Outubro Rosa tem a proposta de alertar a sociedade e as mulheres a partir dos 25 anos de idade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Promovido em Ilhéus pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), o trabalho disponibiliza uma série de atividades que se estenderá até o próximo dia 29, em várias unidades do município.

De acordo com os especialistas, o câncer de mama é a causa mais frequente de morte por esse tipo de mal nas mulheres, embora existam meios de detecção precoce que apresentam boa eficiência, a exemplo do exame clínico, autoexame, mamografia e ultrassonografia.

Segundo a coordenadora da campanha Outubro Rosa  em Ilhéus, Bárbara Magalhães, não existe uma causa única para o câncer de mama, que é mais comum em mulheres (apenas 1% dos casos são diagnosticados em homens) e tem na idade um dos mais importantes fatores de risco para a doença. Cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos. O câncer de mama de caráter genético/hereditário corresponde a apenas 5% a 10% dos casos da doença.

Diversos fatores estão relacionados ao câncer de mama: fatores ambientais e comportamentais (obesidade após a menopausa, sedentarismo, consumo excessivo de bebida alcoólica, exposição frequente a radiações ionizantes);fatores da história reprodutiva e hormonal (primeira menstruação antes de 12 anos, não ter tido filhos, primeira gravidez após os 30 anos e não ter amamentado); por fim, fatores genéticos e hereditários (história familiar de câncer de ovário, vários casos de câncer de mama na família e alteração genética, especialmente nos genes BRCA 1 e BRCA 2, entre outros).

Prevenção – A prevenção do câncer de mama pode ser dividida em primária e secundária: a primeira envolve a adoção de hábitos saudáveis e a segunda diz respeito, primordialmente, a realização de exames de rastreamento com o objetivo de diagnosticar o câncer de mama em estágio precoce.

Segundo médicos especialistas, a maioria das mulheres deve começar a fazer mamografias anualmente após os 50 anos, mas, para quem tem histórico familiar de câncer de mama, o exame deve começar 10 anos antes do caso mais precoce na família. Assim, se um parente próximo teve câncer de mama aos 40, é preciso começar a fazer mamografias anualmente a partir dos 30.

Ilhéus – Um dos pontos altos da campanha em Ilhéus acontecerá no dia 23, em um estande montado na Avenida Soares Lopes, nas proximidades da Catedral de São Sebastião. Segundo a enfermeira Bárbara Christian, coordenadora do Departamento de Atenção Básica, o espaço contará com a participação de cerca de 150 profissionais de saúde, que estarão realizando exames do câncer de mama e do colo uterino, além de ministrarem oficinas e palestras.

As ações e promoções da Campanha Outubro Rosa estarão nas unidades de saúde do Teotônio Vilela, Barra de Itaípe (Igreja Católica), Conquista (Igreja Batista Lindinópolis), SMS Centro, Alto do Basílio (Unidade), Nelson Costa (CAIC Darcy Ribeiro), Ilhéus II (Unidade) e Nossa Senhora da Vitória I, II e III (Unidade), entre outros.

Serviços – A coordenadora informa que diversos profissionais estão envolvidos na Campanha Outubro Rosa, como médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos e nutricionistas. “Vale ressaltar que todos os serviços disponibilizados no estande do dia 23 também estarão sendo oferecidos nas unidades de saúde até o próximo dia 29”, reitera. Além do trabalho voltado para a prevenção do câncer de mama e do colo uterino, o evento também proporcionará avaliações nutricionais, aferição de pressão arterial, distribuição de preservativos e testes de HIV e Sífilis, entre outros.

Segundo a diretora do Departamento de Atenção Básica da Prefeitura de Ilhéus, a campanha busca atrair a atenção do público alvo que reside no município sobre a importância da prevenção e realização do autoexame das mamas. “Em outras palavras, o Outubro Rosa visa incentivar a busca de serviços preventivos de saúde, visando a identificação dos sinais e sintomas do câncer de mama com vistas a um diagnóstico precoce”, acrescenta Bárbara.  

Rosa – A campanha Outubro Rosa surgiu em 1990, na primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, nos Estados Unidos da América. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama, visando estimular uma maior participação da população, empresas e entidades.

Secretaria de Comunicação Social – Secom – Ilhéus – 08.10.2015