WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 11/set/2015 . 19:01

NOTA PÚBLICA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHÉUS.

Prefeitura de Ilhéus investe na aquisição de medicamentos

A aquisição de medicamentos, que beneficia milhares de pessoas todos os meses, é implementada no âmbito do Programa Municipal de  Assistência Farmacêutica Básica

Farmácia Pública Municipal está com estoques abastecidos para atender à população. - Foto Alfredo Filho Secom Ilheus

Farmácia Pública Municipal está com estoques abastecidos para atender à população. – Foto Alfredo Filho Secom 

Somente em 2015, a Prefeitura de Ilhéus, por meio do Programa de Assistência Farmacêutica Básica, já investiu cerca de 1,5 milhão de reais na aquisição de medicamentos. A informação é do secretário de Saúde, Antônio Ocké. Segundo ele, com esse valor já empenhado, a Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF), que se encontra em funcionamento desde julho no bairro Cidade Nova, vem realizando as solicitações de remédios de acordo com a demanda observada na Farmácia Pública Municipal e também nas unidades básicas e de saúde da família.

Após destacar a determinação do prefeito Jabes Ribeiro para que não falte medicamentos à disposição da população dos perímetros urbano e rural de Ilhéus, Antônio Ocké comenta a logística que permeia parte do processo. “Muitas vezes, por uma questão de controle e abastecimento de estoque, o usuário procura o remédio horas antes da unidade voltar a receber aquela determinada medicação. Em virtude disso, estamos trabalhando o atendimento no sentido de melhorar a comunicação dos nossos servidores com a população”, garantiu o secretário.

O secretário lembra que, além da Farmácia Pública Municipal, que é um espaço de referência instalado na rua Teodoro Sampaio, no bairro Cidade Nova, o município possui, ainda, 14 dispensários distribuídos na sede e mais cinco instalados no interior (Inema, Pimenteira, Couto, Banco Central e Castelo Novo). “Dentro das nossas atuais condições, as comunidades que ficam distantes são atendidas pelos chamados mutirões itinerantes”, completa o secretário, salientando que o Programa Municipal de Assistência Farmacêutica Básica trabalha com 260 medicamentos padronizados e conta com financiamento do Ministério da Saúde, da Secretaria Estadual de Saúde e da própria Prefeitura de Ilhéus.

:: LEIA MAIS »

NOS ESTERTORES DA VIDA, O PT CONTRA ATACA!

Usa para sua defesa uma super metralhadora giratória, de brinquedo….

brinquedo

Tac tac tac tac…….

Reforma do Centro de Controle de Zoonoses de Ilhéus está em fase final

Unidade tem como objetivo retirar animais das ruas, oferecer vacinas contra doenças em bichos e combater doenças

Reforma do CCZ de Ilhéus - Foto Alfredo Filho Secom Ilhéus

Reforma do CCZ de Ilhéus – Foto Alfredo Filho Secom Ilhéus

 A Prefeitura de Ilhéus, através das secretarias de Saúde (Sesau) e Infraestrutura (Seintra), está executando, com recursos próprios, as obras de reforma e ampliação do Centro de Controle de Zoonozes,  localizado no bairro Teotônio Vilela, nas proximidades da Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR 415). O equipamento é voltado para o controle populacional de animais errantes e prevenção de doenças que podem ser transmitidas à população, como raiva, leptospirose e leishmaniose.

De acordo com o coordenador da unidade, Aloísio Leite, todo o equipamento está passando por melhorias nas suas instalações elétricas e hidráulicas e os trabalhos seguem em bom ritmo. Envolve uma revisão geral nos forros e telhados e a recuperação ou substituição das esquadrias internas e externas. “O esforço contempla, ainda, a reforma da sala cirúrgica, do setor administrativo, do curral, das baias, do almoxarifado, dos banheiros e das salas de vacina, necropsia e isolamento”, informa.

:: LEIA MAIS »

CURIOSIDADES SOBRE O CHÁ DE AYAHUASCA. (Santo Daime)

Fala-se que em Ilhéus, uma senhora foi tomar o chá pela primeira vez, e o resultado foi desastroso.

Vomitou, defecou, se obrou, urinou, tudo dentro do carro, um horror.

Não teve lavagem nem limpeza que tirassem a ‘catinga’ do carro, teve que vender.

pics01

RECESSÃO AFASTA VAREJO ESTRANGEIRO, QUE TROCA BRASIL POR VIZINHOS LATINOS.

interface

 

A retração econômica do Brasil, que deve se arrastar até o ano que vem, está fazendo o país perder atratividade para as grandes redes de varejo estrangeiras. Em busca de expansão no mercado latino-americano, elas estão trocando o Brasil por seus vizinhos no continente, que registram crescimento e ainda têm juros menores. É o caso da sueca H&M, que chegou a estudar o mercado brasileiro, mas não tem definição de quando — nem se — vai se instalar no país. O Brasil não está na lista de novos mercados que a varejista de moda cita em seu plano de expansão. A H&M entrou na América do Sul pelo Chile, em 2013, e, em maio, abriu sua primeira loja no Peru.

— Nesses outros países, as condições macroeconômicas estão mais favoráveis e, em alguns setores, como o de vestuário, a concorrência é menor. Isso faz algumas redes testarem outros mercados enquanto olham o desenvolvimento do Brasil — explica Esteban Bowles, diretor da consultoria A.T. Kearney.

Outro fator que contribui para que as redes de varejo, assim como empresas de outros setores, olhem para esses países é o fato de eles terem uma inflação mais controlada. Enquanto no Brasil a projeção é que o índice oficial, o IPCA, encerre o ano a 9,3%, em Colômbia, Peru e Chile os preços devem subir em torno de 4%, já considerando o efeito da apreciação do dólar. Quanto maior a inflação, menor o poder de consumo da população, o que faz o Brasil perder pontos.

A alta taxa de juros — a Selic está em 14,25% ao ano — é outro agravante, já que os investimentos feitos no país precisam ter, no mínimo, essa rentabilidade para serem viáveis. Os juros no Chile estão em 3% ao ano, enquanto Peru e Colômbia têm taxas de 3,25%.

Mineração impulsiona Chile e Peru

:: LEIA MAIS »

ACELERA RUBINHO, BYE BYE DILMA……

Blog do Josias de Souzajosias-souza

Em menos de 24 horas, 350 mil apoiam impeachment em abaixo-assinado na web

Josias de Souza

Criado na manhã desta quinta-feira pelos defensores da interrupção do mandato de Dilma Rousseff na Câmara, o site do movimento suprapartidário pró-impeachment revelou um inusitado potencial para tornar-se fonte de constrangimento para a presidente. Em menos de 24 horas, mais de 350 mil brasileiros subscreveram um abaixo-assinado eletrônica em favor do afastamento de Dilma do cargo.

Às 6h15 desta sexta-feira, 350.037 pessoas haviam aderido à peça. O número supera largamente a expectativa dos antagonistas de Dilma. Os organizadores do site esperavam para essa fase inicial algo como 100 mil subscrições.

Pesquisa Datafolha veiculada em 8 de agosto revelou que 66% dos brasileiros gostariam que a Câmara abrisse processo de impeachment contra Dilma. Um sinal de que o abaixo-assinado pode mesmo tornar-se um incômodo para a presidente da República.

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

setembro 2015
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia