O equipamento funcionará nas antigas dependências da Coelba, situadas na Avenida Brasil, no Bairro da Conquista, que passam por uma grande obra de reforma. Com a mudança, o Palácio Paranaguá, um dos grandes ícones da cultura e da história do município, será transformado no Museu da Capitania

 

O novo Centro Administrativo de Ilhéus – futura sede da Prefeitura Municipal, que funcionará na Avenida Brasil, no Bairro da Conquista, pode ser inaugurado em novembro deste ano, conforme previsão do prefeito Jabes Ribeiro. Ele visitou as obras que são realizadas nas antigas dependências da Coelba – Companhia de Eletricidade da Bahia, acompanhado pelo secretário de Infraestrutura, Isaac Albagli, assessores e técnicos, e pelos vereadores Luiz Carlos Escuta, líder do governo na Câmara, e Nerival Reis, além do superintendente de Obras da Seintra, Derneval Furtunato, e de representantes da Empresa Itacaré Construções.

Após a obra de requalificação, o novo Centro Administrativo do Município abrigará os gabinetes do Prefeito e do Vice-Prefeito, as Secretarias de Relações Institucionais (Serin) e de Comunicação Social (Secom), além da Procuradoria (Proger) e a Controladoria Geral do Município. A visita aconteceu na última sexta-feira, dia 10. As obras começaram em março e continuam dentro do cronograma estabelecido pela Secretaria de Infraestrutura.

Museu – Na oportunidade, o prefeito Jabes Ribeiro reafirmou a proposta de transformar o Palácio Paranaguá no Museu da Capitania de Ilhéus. “Com a inauguração desta nova sede, além de oferecermos mais conforto para as pessoas que procuram a administração pública, também passaremos a ter um espaço que conte a história dos 481 anos de Ilhéus. Com isso, creio que daremos um passo fundamental para fortalecermos a nossa cultura e preservarmos a nossa história, que, sem dúvida alguma, é uma das mais ricas do país”, disse.

Ribeiro ressaltou que a obra é realizada com recursos próprios. “São frutos dos ajustes financeiros que começamos a fazer desde o início do governo na perspectiva do equilíbrio da contas públicas da Prefeitura de Ilhéus. Mesmo com todas as dificuldades, continuamos avançando. Minha proposta, inclusive, é seguir criando e resgatando espaços capazes de melhorar o dia-a-dia de ilheenses e visitantes. Foi assim com o Bataclan, com o prédio que abriga a Academia de Letras de Ilhéus, com a Casa de Cultura Jorge Amado, com o Teatro Municipal, que também se encontra em reforma, e com a Biblioteca Pública Adonias Filho, entregue à população totalmente recuperada no Aniversário da Cidade. Todos eles ícones e símbolos emblemáticos da nossa cultura e da nossa história”, enfatizou o prefeito.

Sede Futura – Por sua vez, o secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Isaac Albagli, lembrou que, no futuro, outros setores da Prefeitura de Ilhéus também deverão ser instalados no novo centro administrativo. “O desejo do prefeito Jabes Ribeiro é colocar aqui todas as pastas que, atualmente, funcionam em imóveis alugados”, informou.

O arquiteto da Prefeitura de Ilhéus, Paulo Goulart, acrescentou que, somando a parte térrea e o primeiro andar, o novo Centro Administrativo possui 712 metros quadrados de área construída. “Vale salientar que o projeto inicial delimitou uma área total de 3 mil metros quadrados, que, entre outras coisas, contará com estacionamento e com um projeto de jardinagem”, adiantou Goulart.

Segundo ele, além de acomodar gabinetes, secretarias, corregedoria e procuradoria, o prédio também contará com auditório e elevador para portadores de necessidades especiais. “No momento, o trabalho se encontra em fase de conclusão da parte estrutural. A partir daí, entraremos no processo de acabamento”, garante Paulo Goulart. Ele informou que, nesta semana, será realizada uma reunião com técnicos da área de paisagismo para a elaboração de um projeto voltado para o entorno do imóvel, “que possui árvores antigas e muito bonitas e que, por isso, precisam ser cuidadas e preservadas”, finalizou.

Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Ilhéus – 13.07.15