Está aí a matéria de página da Folha de São Paulo, de 10 de agosto de 2002, mostrando que o PT queria Armínio Fraga, que hoje Dilma ataca só para ganhar votos, para ajudar o governo de Lula. É para o ver o quanto a campanha petista é suja. Eles querem reescrever a história. São caluniadores contumazes, assassinos de reputações, pregadores do ódio e da desunião. Vejam os trechos abaixo da matéria da Folha:

O PT praticamente estava implorando por no mínimo uma “consultoria informal”. Até um “conselho” seria montado apenas para contar com a genialidade e a competência de Armínio Fraga no governo Lula. Queriam Armínio como um “embaixador econômico informal” junto ao FMI, BID e Banco Mundial. E agora Dilma e sua campanha baixa, vil e mentirosa atacam o ex-ministro tucano. É como a carta que ela escreveu para FHC, cheia de elogios. Que a desmascarou diante de todo o Brasil nos últimos programas eleitorais.

Armínio 1
Armínio 2