O deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) publicou em seu blog que a ex-assessora da Presidência em São Paulo, Rosemary Noronha, desembarcou em Portugal com 25 milhões de euros durante uma viagem junto com Lula ao país europeu. Segundo o deputado, uma “fonte” o informou sobre o episódio. Ainda de acordo com Garotinho, Rosemary — afastada de seu posto após ser deflagrada a operação Porto Seguro — teria afirmado que levava o dinheiro em uma mala, que não poderia ser aberta por questões diplomáticas. Um carro forte teria sido contratado, então, para transportar o valor a ser depositado no Banco Espírito Santo, na cidade do Porto. Garotinho levantou a suspeita de que o beneficiário da apólice, em nome de Rosemary, fosse o ex-presidente Lula. “Na apólice do seguro feito no Porto está escrito: ‘Responsável pelo transporte: Rosemary Noronha’. E o beneficiário, o felizardo dono dos 25 milhões de euros, alguém imagina quem é? Será que ele não sabia? A coisa foi tão primária que até eu fico em dúvida se é possível tanta burrice”, escreveu.