WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 14/fev/2014 . 21:15

Dirigentes do DEM e PMDB dizem que Pelegrino representa especuladores.

Os presidentes estadual do Democratas, deputado Paulo Azi, e municipal do PMDB, deputado Bruno Reis, criticaram duramente hoje (14) a disposição do petista Nelson Pelegrino “de prejudicar de forma cabal Salvador” ao defender “ricos e especuladores” e tentar derrubar a cobrança do IPTU. Para os dirigentes partidários, Pelegrino já viu o sonho de ser prefeito desmoronar quatro vezes e, por isso, quer se vingar da boa gestão de ACM Neto, considerado pelo Vox Populi como o gestor municipal mais bem avaliado do país. 

“Pelegrino foi o mesmo que, na campanha do ano passado, tentou chantagear Salvador com a tese de que o prefeito tinha que ser do mesmo partido do governador e da presidente. Agora, raivoso, tenta atingir a administração de Neto, mesmo que isso custe prejudicar a própria cidade, sobretudo os mais pobres, que ganharam a isenção do IPTU. São mais de 230 mil isentos. Quem não quer o IPTU é um pequeno grupo de especuladores que não querem pagar imposto. Pelegrino está representando esse grupo”, disse Paulo Azi. 

Bruno Reis afirmou que Nelson Pelegrino é um “derrotado” e que ainda não se recuperou das eleições do ano passado. “Lamento que o deputado Pelegrino tenha passado a representar os interesses de um grupo que quer impedir as transformações que a cidade tanto precisa. Isso por mero capricho político, pensando na próxima eleição. Ele quer acabar com a popularidade do prefeito ACM Neto, mas não vai conseguir. Só vai se afundar ainda mais no poço sem fim daqueles que não aceitam a derrota”. 

Nota pública PMDB – DEM – PPS – PSDB – PTN – PV – PROS

NOTA PÚBLICA

 

Quando a cidade experimenta os efeitos positivos de uma administração planejada, contemporânea e focada na boa prestação dos serviços públicos, que em pouco tempo é reconhecida pela sua população como a de melhor desempenho do País, vemos o quanto a velha forma de fazer política ainda tenta colocar os interesses partidários acima dos interesses do povo de Salvador.

A tentativa de judicialização do IPTU, movida direta e indiretamente pelo Partido dos Trabalhadores e apoiada por alguns partidos e outras entidades, vem na contramão do que a sociedade exige dos seus representantes políticos e se mostra inadequada ao momento que vive não apenas a cidade, mas o próprio Brasil. Ao defender os grandes empresários, os proprietários e especuladores de terras urbanas, o PT pratica uma injustiça com o povo soteropolitano, especialmente o mais necessitado de atenção e amparo dos poderes públicos.

Ainda inconformados com a derrota eleitoral, e buscando um terceiro turno, esses partidos contestam uma decisão tomada pelos vereadores, representantes populares legítimos, incumbidos dessa prerrogativa, que tiveram a sensibilidade de compreender as necessidades da administração para empreender o projeto de mudança que Salvador experimenta, que devolve ao povo, em obras e serviços eficientes, os impostos recolhidos. Um projeto legitimado nas urnas, representante da maioria do pensamento da população, e que por isso merece mais responsabilidade na apreciação.

Os questionamentos em relação ao IPTU, e suas eventuais distorções, podem ser objetos de recursos administrativos, ou até judiciais, porém, inviabilizar a nova Lei como um todo não contribui com a cidade e serve apenas para impedir as ações planejadas pela prefeitura, com o nítido interesse eleitoreiro, da politicagem oportunista, que busca espaços para obter vantagens, mesmo que isso represente prejuízos para a população da cidade.

Os partidos da base de apoio da prefeitura de Salvador vêm a público repudiar essas práticas políticas antiquadas, feitas com o nítido intuito eleitoral, que afrontam quem foi eleito, e legitimado democraticamente, para tomar essas decisões, e destoam da conduta do prefeito, e da sua administração, como facilitadores de qualquer ação que represente algo positivo para o cidadão soteropolitano, independente das posições políticas.

Não podemos aceitar que nossa cidade mais uma vez pague o preço cruel das disputas políticas com a interrupção do projeto administrativo que foi legitimado nas eleições de 2012. Por isso, confiamos que as entidades sérias da sociedade possam compreender a situação financeira delicada da prefeitura e acatem um diálogo colaborativo, e que o Poder Judiciário mantenha sua conduta isenta habitual, reconhecendo a legitimidade do processo, para o bem da cidade, para o bem da população de Salvador, que não pode ser vítima de interesses políticos ou do poder econômico, pois já percebe e aprova os resultados de um trabalho competente, que precisa ser apoiado e continuado.

PMDB – DEM – PPS – PSDB – PTN – PV – PROS

UMA NOVA COMUNIDADE EMERGE EM SERRA GRANDE.

Talvez seja o embrião do ‘Centro de Meditação’ sonhado pelo Professor Lelé e sua ONG Piupiu.

Escolinha para os guris, e mestrado para os adultos.

E a comunidade vai isolar-se do mundo, tal qual a historia picaresca da novela abaixo, até celulares já não funcionam mais…..

Professor Lelé é muito CRIATIVO, não patrocinou a novela......

Professor Lelé é muito CRIATIVO, não patrocinou a novela……

O QUE SERÁ QUE ACONTECEU? (republicando)

De uma hora pra outra, a combativa e as vezes barraqueira Associação Ação Ilhéus, lutadora com todas as armas que dispunha contra o Porto Sul, foi abandonada por toda a sua equipe, e fundaram sob intenso foguetório o Instituto Nossa Ilhéus?

Auditorio da Pousada La Dolce Vita

Quando é acessado o site da Associação Ação Ilhéus, encontramos este aviso abaixo:

 

REUNIÕES, CONVERSAS, EU QUERO VER AÇÃO. CHEGA!!!

Reunião 2

Dragagem de Manutenção do Porto de Ilhéus.

 

A Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) está iniciando nesta sexta-feira (14), a dragagem de manutenção no Porto de Ilhéus, licenciada pelo IBAMA  para retirada de 160.000m³ de sedimentos que serão  dispostos em área do aterro hidráulico do próprio Porto.

A necessidade da dragagem de manutenção justifica-se pelo deslocamento de sedimentos de sul para norte nesta região de Ilhéus, sul da Bahia, que causa o acúmulo de sedimentos na área do Porto. Em função disso é necessária a realização de dragagens periódicas, para manter as profundidades de projeto do leito marinho do Porto.

A área a ser dragada compreende o canal de acesso ao porto, bacia de evolução e berços de atracação e tem por  objetivo alcançar a profundidade original, em torno de 10 metros.

Desta forma, vai melhorar a acessibilidade das embarcações do Porto e ampliar a capacidade de carga dos navios, além de dar maior segurança à navegação.

Ela será executada pela Ster Engenharia Ltda, com recursos próprios da ordem de R$5 milhões, e sua  conclusão está prevista para o mês de abril.

Ascom – Codeba

BBOM TENTA APAGAR SEU RASTRO NO FACEBOOK.

BBom tenta apagar críticas do Facebook

Empresa conseguiu obrigar rede social a fornecer dados cadastrais de quem publicou o que considera calúnias; caso será decidido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo

Vitor Sorano –  iG São Paulo | 

Divulgação

João Francisco de Paulo, dono da Embrasystem, responsável pela BBom, acusada de ser pirâmide

BBom foi à Justiça para tentar exigir que oFacebook apague publicações que atacam o negócio, parcialmente bloqueado por suspeita de ser uma pirâmide financeira. A empresa já conseguiu uma decisão que obriga a rede social a apresentar os dados de quem tem publicado informações que não lhe agradam.

As publicações, feitas em dois perfis e duas páginas, acusam a BBom de ser um golpe e divulgam informações sobre o negócio e seus sócios.

Procurado, Gustavo Kfouri, um dos advogados da BBom, diz que a ação tem por objetivo tirar do ar conteúdos difamatórios e caluniosos e impedir o uso indevido da marca. O advogado ressaltou ainda a decisão que obriga o Facebook a entregar os dados dos responsáveis pelas publicações.

Uma discussão sobre qual órgão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) deve julgar o pedido da BBom tem prolongado o processo, iniciado em julho de 2013.

A Embrasystem – dona da marca BBom – exige a exclusão do que consideram “conteúdos caluniosos e difamatórios” publicados no Facebook e que estariam “causando danos à sua imagem e prejudicando o seu faturamento” segundo decisão no processo, que tramita na 30ª Vara Cível de São Paulo.

A juíza Maria Rita Rebello Pinho Dias, responsável pela primeira decisão no processo, considerou a solicitação uma tentativa de censura.

“Cercear o cidadão de tal direito, de fundamental importância, consiste em censura ao livre exercício de sua opinião e expressão, o que apenas pode ser admitido em Estados Autoritários”’, escreveu a juíza, em sentença de julho de 2013.   :: LEIA MAIS »

AMASSANDO BARRO PARA FARAÓ!

Já passou da hora, dos professores inteligentes criarem um outro sindicato, mais moderno, mais dinâmico, mais ágil.

Não perceberam ainda que este modelo sindical  de aparelhamento está falido, o professor sempre é o mais prejudicado.

Não perceberam ainda que estão amassando barro para faraó? 

Amassando barro para faraó.

Amassando barro para faraó.

 

“Apertem os cintos, o governo sumiu!”, por José Serra.

13 de fevereiro de 2014

 

jose-serra-foto-george-gianni-psdbGovernos existem para controlar as circunstâncias, não para ser controlados por elas; governos existem para irem adiante, e não atrás dos acontecimentos; governos existem para cercar as margens de erro, antecipando-se aos problemas, não para elaborar desculpas implausíveis; governos existem para informar-se sobre o futuro e as consequências dos seus atos – não com bola de cristal, mas com os dados objetivos fornecidos pela realidade -, não para confundir a embromação com o otimismo.

Isso tudo é querer demais? Pode ser. Mas, digamos, nosso problema principal não é o tamanho do superávit primário, a seca que vai subtrair água e energia, o tapering do Banco Central dos EUA ou as matérias de duvidosa qualidade da The Economist e do Financial Times, mais alarmistas que o devido. A questão essencial no Brasil de hoje é outra: a excessiva distância entre o que o governo deveria ser e o que é. Essa distância, que não para de se ampliar, é o nosso problema número um.

Estamos colhendo, literalmente, o que temos plantado. :: LEIA MAIS »

ONDE TEM EXPLORAÇÃO DE PETRÓLEO, EMPREGO NÃO FALTA!

Notícias e empregos em MACAÉ -RJ.

Notícias e empregos em MACAÉ -RJ.

 

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
fevereiro 2014
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia