WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 20/jan/2014 . 23:04

CDL DE ILHÉUS GANHA TERRENO DA CICON

Diretoria da CDL com a família Lemos

Diretoria da CDL com a família Lemos

CAMINHA O PROJETO DAS LANCHAS ILHÉUS-PONTAL E LOCALIDADES RIBEIRINHAS.

clclogo

Algumas empresas, de fora de Ilhéus é claro, já fizeram contato com a CLC – Agencia Marítima demonstrando interesse.

Uma delas tem 30 anos de experiencia no ramo, atuando em vários locais do País e com diversos tipos de embarcações.

Imagem ilustrativa do Google.

Imagem ilustrativa do Google.

O PREFEITO ACM NETO FAZ, E O POVO APLAUDE.

Prefeitura segue com operações para ordenamento na Orla

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), segue com as operações para ordenamento da atividade comercial na Orla. Os equipamentos apreendidos nas ações poderão ser retirados pelos proprietários após pagamento de multa, cujo valor varia de acordo com o tipo e quantidade do material, no Setor de Guarda de Bens (Segub), localizado na Avenida San Martin (pátio da Guarda Municipal), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Cerca de 340 equipamentos apreendidos no sábado entre as praias do Porto da Barra e Piatã aguardam seus proprietários.

São freezers, churrasqueiras, sombreiros, cadeiras, mesas e materiais cortantes utilizados por barraqueiros e ambulantes não credenciados. Em Piatã, a Transalvador rebocou um trailer que vendia alimentos e bebidas. Esse tipo de equipamento não é permitido na Orla. Foram encontradas ainda terceirizações de licenças, o que é proibido, além da cobrança de mesas, cadeiras e estipulação de consumação mínima, práticas ilegais ou que ainda serão regulamentadas pela Prefeitura. Chamaram a atenção ainda apreensões de facas, facões e garrafas de vidros, objetivos proibidos também pelos licenciados.

A utilização de mesas e cadeiras de alumínio, em substituição às de plástico, começará a ser fiscalizada tão logo for concluída a entrega dos novos equipamentos pelas cervejarias, que ocorrerá ao final de janeiro. “Flexibilizamos esse quesito porque os novos permissionários ainda não possuem as novas mesas e cadeiras, que serão concedidos pelas cervejarias sem qualquer custo para a Prefeitura. Os novos objetos, além do benefício estético, ocupam menos espaço, oferecendo, portanto, maior conforto aos banhistas”, considera a secretária Rosemma Maluf.

Por determinação da Justiça Federal, apenas 200 barraqueiros estão autorizados a trabalhar na Orla. No caso da Barra, onde não havia barraca, estão autorizados 60 ambulantes entre o Porto e o Farol. Todos irão atuar de forma padronizada, de acordo com a Portaria 202/2013, publicada no dia 2 de dezembro no Diário Oficial do Município (DOM). As tendas padronizadas onde irão atuar os barraqueiros credenciados começam a ser distribuídas a partir do final deste mês e até o início de fevereiro.

Após a distribuição dos kits, só as tendas autorizadas poderão atuar nas praias entre Ondina e Ipitanga. Para as demais áreas da Orla, a Prefeitura está promovendo o credenciamento de vendedores ambulantes. Ficou estabelecido ainda que as tendas terão que manter uma distância mínima de dez metros e terão, no máximo, 40 cadeiras de alumínio para os frequentadores. Quem não obedecer poderá perder a concessão. Durante a semana, a Prefeitura começa a emitir o DAM (Documento de Arrecadação Municipal) para os novos permissionários.

Agecom 

Sara/Telma
2201-6106

Prefeitura de Ilhéus apresenta relatório para obter recursos da Defesa Civil Nacional.

Se publicidade também é informação, velório também é evento.

Publicada em 

A primeira reunião de 2014 tinha sido ótima. Surgiram ideias apetitosas para o ano que se inicia.

Depois do encontro com a equipe, o André Rosa e eu caminhávamos a passos lentos até o restaurante. No caminho, o tema era o mesmo da reunião: comunicação. Só havíamos mudado o enredo. Falávamos agora do mercado de jornais impressos e suas tentativas desesperadas de sobrevivência num mundo cada vez mais online.

Numa afluente do assunto, o André me perguntou de sobressalto se eu já tinha ouvido uma campanha institucional de uma rádio de São Paulo, que resumidamente prega que “publicidade também é informação”.

Devo ter feito cara de espanto. Tentei fazer comparações. Putz, que raciocínio sem pé nem cabeça. Isso é como… é como…?

É como dizer que velório também é evento ? o André me socorreu.

Se tivesse tuitado, usaria a hashtag #rialto. Mas foi o André quem instantaneamente postou no microblog:

Tuíte do Andre

A afirmação da emissora é ardilosa porque é possível defender que publicidade seja, de fato, informação. Afinal, não deixa de informar, apesar do cunho comercial.

Acontece que, numa rádio jornalística, a palavra informação remete imediatamente ao que se espera do jornalismo: informação neutra, livre de interesses comerciais. É nessa informação que as pessoas confiam, é por ela que ligam o rádio. A publicidade é o outro lado da moeda. É necessária, bem-vinda e fundamental, desde que ocupe claramente o seu lugar. :: LEIA MAIS »

REUNIÃO PEQUENOS AGRICULTORES E FAEB.

PEDÓFILO TARADO NA PRAIA DO CRISTO EM ILHÉUS.

Chegou denúncia ao blog, que um individuo encosta sua bicicleta e fica olhando e se masturbando, perto das crianças na Praia do Cristo em Ilhéus.

Cabe aos pais tomarem conta de suas crianças, e ao perceberam os atos obscenos chamarem a polícia.

Praia do Cristo, em Ilhéus - Foto Google.

Praia do Cristo, em Ilhéus – Foto Google.

IMPRENSA OFICIAL DA PREFEITURA DE ILHÉUS (DIÁRIO OFICIAL)

logo_prefeitura

Está em pleno funcionamento o Diário Oficial do Município de Ilhéus.

Qualquer cidadão que estiver interessado nos atos do dia a dia do Executivo, e também do Legislativo, tem livre consulta ao site.

http://ioe.org.br/prefeitura/ilheus/

http://www.camara.ilheus.ba.io.org.br/diarioOficial

“FARRA DAS DIÁRIAS”: MAGAL DENUNCIA JABES AO MINISTÉRIO PÚBLICO.

Vereador Fabio Magal.

Vereador Fabio Magal.

 

Na sexta-feira, 17, o vereador Fabio Magal (PSC) apresentou denúncia ao Ministério Público Estadual em Ilhéus sobre a “a farra das diárias” do prefeito Jabes Ribeiro (PP).

Fabio Magal lembra que, no último dia 22 de outubro, a Câmara de Vereadores aprovou seu requerimento para que o prefeito apresentasse toda documentação sobre os gastos com diárias. Jabes ignorou a solicitação.

Segundo Magal, a falta de transparência levanta suspeita sobre a utilização irregular do erário como forma de enriquecimento ilícito. Além do mais, “Jabes desrespeita a Lei Municipal n° 3.520, que obriga o gestor a apresentar relatórios das viagens realizadas em nome do município”, completou.

O vereador critica o desprezo do prefeito às prerrogativas do Poder Legislativo. “Isso fica claro toda vez que ele ignora uma solicitação da Câmara e fere a Lei Orgânica do Município, em seu artigo 33”. De acordo com essa lei, ao recusar ou não atender solicitações do Plenário Jabes comete uma infração político-administrativa.

Magal afirma que diante das intransigências do prefeito Jabes Ribeiro não teve outra opção e, por isso, recorreu ao Ministério Público.

Ascom Fabio Magal

20/01/2014

            E.G.

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
janeiro 2014
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia